RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net

Ouça pelo Listen 2 My Rádio

Imagem relacionada
Loading ...
Loading ...

segunda-feira, julho 24, 2017

Avaí segura pressão e vence o Cruzeiro pela primeira vez na históri

O Avaí precisou de uma chance para vencer. No primeiro e solitário chute do Leão da Ilha no primeiro tempo da partida contra o Cruzeiro, pela 16ª rodada, Júnior Dutra foi preciso para marcar o único gol da partida: 1 a 0. Antes e depois de sofrer o tento, a Raposa pressionou, martelou, chegou a 21 finalizações, 10 chances reais, 66% de posse de bola e ainda reclamou de três pênalti - um claro e não marcado em Elber -, mas acabou sem pontos na partida deste domingo, na Ressacada, em outra grande atuação do goleiro Douglas Friedrich, com cinco defesas difíceis.


COMO ESTÁ A SITUAÇÃO?
Os três pontos não tiram o Avaí zona de degola, mas o deixa mais perto de fugir o Z-4, em 17º lugar, com 17 pontos - São Paulo, porém, joga nesta segunda tirar uma posição do Leão da Ilha. A Raposa se mantém com 22 pontos, na 8ª posição.
Na próxima rodada, no outro fim de semana, o Avaí viaja para São Paulo para enfrentar o Palmeiras, na Arena, às 19h. Também às 19h, mas de domingo, o Cruzeiro volta a atuar no Mineirão, onde recebe o Vitória, pela 17ª rodada do Brasileirão, antes a equipe celeste recebe o Palmeiras, pelo jogo de volta, das quartas da Copa do Brasil

APROVEITAMENTO
Avaí precisou de apenas uma bola no primeiro tempo para marcar. No único chute em 45 minutos, fez 1 a 0, com Júnior Dutra. Ao todo foram 4 finalizações e apenas 2 chances reais. Já o Cruzeiro saiu de campo com 21 finalizações, 10 chances reais, 23 levantamentos na área, mas nenhum boa suficiente para transpor a defesa do time catarinense.


FOI OU NÃO FOI?
Além das chances perdidas, o Cruzeiro lamentou muito um possível pênalti não marcado pela equipe de arbitragem em cima de Elber, aos 14 minutos do segundo tempo. Arrascaeta lançou o meia na área, o goleiro do Avaí perdeu o tempo da bola e atingiu o atleta celeste. O árbitro mandou o jogo seguir, e na sequência Sassá chutou em cima de Alemão. E aí, o que você acha, foi?

PAROU NA MURALHA
O Cruzeiro fez o que pode para evitar a derrota, mas não conseguiu. O time celeste até dominou o jogo, criou muito mas oportunidades, mas esbarrou nas grandes defesas do goleiro Douglas Friedrich, que fez cinco defesas dificéis, e foi o maior pontuador do time do Avaí, no Cartola FC, com 20 pontos.


VITÓRIA MARCANTE
O Avaí deixou a Ressacada com a vitória simples, de 1 a 0, mas com o fim de um tabu histórico. Pela primeira, a equipe catarinense vence o Cruzeiro, em toda a história dos clubes.


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!