Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

segunda-feira, julho 24, 2017

De volta para casa, Micale celebra retorno: "O Atlético-MG é uma convocação"

Depois de comandar um primeiro treino bastante intenso, Rogério Micale foi oficialmente apresentado como novo técnico do Atlético-MG. Com contrato até dezembro apenas, o treinador terá pouco tempo para mostrar serviço e já tem uma partida decisiva nesta quarta-feira, contra o Botafogo, pelas quartas de final da Copa do Brasil. De alento em meio ao momento ruim no Brasileirão, o Galo venceu o primeiro jogo por 1 a 0 e joga por um empate no Engenhão para chegar às semifinais.
Nas primeiras palavras como técnico atleticano, Rogério Micale não escondeu a satisfação de voltar a um clube onde trabalho por bastante tempo na base. Tratando o Atlético-MG como sua casa, ele não esconde a satisfação do retorno e vê com otimismo a chance de ser campeão com o Galo, seja na Copa do Brasil ou na Libertadores.

- Um prazer enorme voltar para a minha casa, me sinto em casa aqui. Falei com os funcionários sobre como é bom a gente poder chegar no lugar e conhecer as pessoas, vocês da imprensa. Sinto muito à vontade, tranquilo. Sei da pressão que é, sei o peso de vestir a camisa do Atlético, um time muito grande. A expectativa melhor possível. Acompanho o futebol mineiro, fui para o Rio, mas sempre acompanhando, até porque tenho uma torcedora em casa que cobra muito, sempre vendo. Vi o momento, mas vejo assim: com muito otimismo. Olho um clube que está a cinco jogos de ser campeão brasileiro, vejo um clube que esta a sete jogos de levantar um título internacional importante e ainda tem um caminho longo no brasileiro, com condição de recuperar. Vejo com muito otimismo.

Rogério Micale, técnico do Atlético-MG (Foto: Rafael Araújo)
Rogério Micale, técnico do Atlético-MG (Foto: Rafael Araújo)

Tendo o título olímpico, em 2016, como principal marca da carreira, Rogério Micale não trabalhou em nenhum clube após a conquista, mesmo tendo propostas de Goiás e Figueirense. Aproveitou o período para estudar e se aperfeiçoar, além de dar palestra no futebol chinês, de onde saiu correndo após a "convocação" do Atlético-MG.
- Depois do ciclo olímpico, acabei tentando me aperfeiçoar mais no futebol, estudar mais, algumas escolas que ainda quero aprender mais. Um outro idioma (chinês) que é importante, a China mudou totalmente a forma de ver o futebol, não estão contratando mais. Muito poucos jogadores saíram. Se você pagar 10 milhões de euros no jogador, precisa pagar 10 milhões ao Governo. O foco deles mudou. Tive uma reunião com vários treinadores da China, até peço desculpas, foi adiado, sei que isso vai chegar lá. Me comprometi a voltar um dia, quando tiver uma folga. Abri esse mercado não só pra mim, mas pra todos os treinadores brasileiros. Meu tempo estava voltado pra esse tipo de coisa. Conversei com dois clubes diretamente, mas não foi o momento, e agora o Atlético. É uma convocação, não um convite. Me sinto realizado, espero contribuir e alcançar os objetivos que temos pra esse ano ainda - ressaltou Micale.
O novo treinador do Galo convoca o torcedor para ajudar a recuperar o moral do time, que está baixo após a sequência de resultados ruins. Para superar isso e tornar o Atlético-MG um time mais competitivo, Rogério Micale pede tempo, mas se mostra confiante para ver resultados já na quarta-feira, contra o Botafogo, no mata-mata da Copa do Brasil.
- Alguns resultados não tem sido bons, principalmente em casa. Precisamos muito da torcida, foi sempre ela que nos momentos difíceis empurrou, ela que fez toda uma situação ser revertida em prol do clube. É muito difícil as coisas estarem acontecendo e você não ter o torcedor ao lado. Aqui não acontece assim, sempre o torcedor está junto da equipe. A gente quer implantar o que acredita, mas temos que ter cuidado com as caractertícas dos jogadores. Fazer uma equipe mais competitiva, mas isso é um processo. Esperamos que seja o mais rápido possível com os treinamentos, que possam dar uma resposta já na quarta. Vi o jogo contra o Botafogo, foi um excelente jogo. Estou muito confiante pra essa partida.

Nome de Rogério Micale já está no BID (Foto: Reprodução / CBF)
Nome de Rogério Micale já está no BID (Foto: Reprodução / CBF)

Questionado sobre qual será a característica do seu time, se será bastante ofensiva, como a equipe das Olimpíadas, Micale vai avaliar o que tem de qualidade no elenco atleticano e treinará bastante para dar sua cara ao time.
- Pretendo me adequar às características dos jogadores. Não adianta eu querer uma equipe de posse de bola se a característica do meu atleta não é pra isso. Sei as nossas características e o que nosso torcedor quer. Com o elnco que temos, vou tentar ter esse perfil, voltar a ter esse perfil agressivo, dominante em casa. Nossa inteção é essa. Não se faz isso com dois treinos. Vamos mostrar aos jogadores a importância de fazer dessa forma, é nossa característica, nossa cultura. O padrão é esse, fomos campeões assim. Precisamos respeitar as características que temos no elenco. Senão a gente está pensando uma coisa, o atleta talvez não esteja apto. Eu tenho que tirar o melhor de cada um dentro das características de cada um - completou.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!