Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

domingo, julho 02, 2017

Em jogo fraco, Inter revive filme de terror no Beira-Rio e perde para o Boa Esporte


Forte como visitante, mas passivo nos próprios domínios. Neste sábado, o Inter voltou a sofrer na Série B quando atua no Beira-Rio – em cinco jogos, soma apenas uma vitória. Em uma partida péssima tecnicamente, acabou derrotado por 1 a 0 pelo Boa Esporte, na tarde deste sábado, em duelo válido pela 11ª rodada.

Diones foi o autor do único gol da partida, enquanto Júlio Santos acabou expulso no final do segundo tempo. Praticamente sem produzir ofensivamente, os colorados deixaram o campo sob protesto e vaias de torcedores - um cenário comum na campanha que gerou o rebaixamento em 2016.

COMO FICA?
Com a derrota, o Inter cai para quinto, com 17 pontos, fora da zona de acesso. No próximo sábado, volta a atuar no Beira-Rio e tenta a reabilitação diante do Criciúma. Por sua vez, o Boa sobe para 10º, com 15. A equipe enfrenta o CRB no sábado, no Municipal de Varginha.

PRIMEIRO TEMPO
Em casa, com objetivo de fazer as pazes com a torcida, o Inter até tentou pressionar e comandar as ações no Beira Rio. Tinha o controle da partida, é verdade, quando quando se aproximava próximo da meta, as conclusões não se refletiam em chances de gol. Carlinhos e Sasha, por exemplo, isolaram, quando a bola se ofereceu para eles.

Acanhado no início, o Boa sentiu que poderia perder a timidez no gramado adversário. E começou a arriscar, principalmente em jogadas pelo lado direito, às costas de Carlinhos. Com esse propósito, o time de Varginha criaria as melhores chances da primeira etapa. Aos 25 minutos, o lateral Ruan surgiu como homem surpresa e disparou com muito perigo. Já aos 43, Danilo Fernandes precisou se espichar todo para evitar o gol de falta, do pé calibrado de Fellipe Mateus. 

SEGUNDO TEMPO
 Melhor em campo, o Boa abriu o placar aos seis minutos da segunda etapa. Após boa troca, Ramon encontrou Diones na entrada da área, entre os dois zagueiros. Na região do “funil”, o volante tocou na saída de Danilo Fernandes.

Aos 38 minutos, o Boa ficou com um jogador a menos. Ex-Novo Hamburgo, o zagueiro Júlio Santos se envolveu em discussão com Diego e recebeu o segundo amarelo, que resultou na expulsão. Mesmo com um a mais, o Inter não teve força (ou qualidade) para agredir o time adversário a ponto de chegar ao empate.

FOI OU NÃO FOI?
Aos 39 minutos do primeiro tempo, Fellipe Mateus recebeu na área, tentou o giro e caiu, após dividida com Danilo Silva. O árbitro manda seguir, e jogadores do Boa Esporte ficaram na bronca, pedem o pênalti. 

QUE DEFESA!
Como sempre, Danilo Fernandes saiu de campo como um dos principais jogadores do Inter. No final da primeira etapa, espalmou chute calibrado de Fellipe Mateus, em cobrança de falta endereçada para as redes. 

CURIOSO
D'Alessandro ficou na bronca com o árbitro após auxiliar levantar placa indicando 6 minutos. Depois, o juiz corrigiu para três minutos, o que irritou o gringo. 

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!