Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

domingo, julho 09, 2017

Éverton Ribeiro salva jogo feio, e Fla bate o Vasco com muito tumulto em São Januário


O jogo era feio, cheio de erros, marcado muito mais por lesões e excesso de faltas e cartões. Até que Éverton Ribeiro mostrou com quantos toques se faz uma jogada de craque. O giro rápido deixando Henrique na saudade e o cruzamento certeiro para cabeçada do xará Éverton deram a vitória de 1 a 0 ao Flamengo sobre o Vasco, neste sábado, em São Januário. Com o resultado no duelo válido pela 12ª rodada, o time rubro-negro consegue a quarta vitória seguida no Campeonato Brasileiro, subindo para os 23 pontos, e dorme na segunda posição. O Grêmio, com 22, enfrenta o Avaí em casa neste domingo. Já o Vasco permanece com 16.

MUITA CONFUSÃO NO FIM
 No fim da partida, cenas lamentáveis na torcida do Vasco. Tentativa de invasão de campo, confronto com policiais militares, muitos objetos arremessados no gramado, bombas explodindo em meio a torcedores comuns e vendedores ambulantes. Mais uma vez torcedores organizados roubam a cena da pior maneira. Restou a outros torcedores escapar da confusão entrando por janelas das cabines de rádio. Os jogadores do Flamengo foram obrigados a permanecer por longo tempo em campo, sofrendo com o gás pimenta.


PANORAMA
Na próxima rodada, o Vasco tem pela frente o Vitória, quarta-feira, no Barradão, enquanto o Flamengo recebe o Grêmio quinta-feira, na Ilha do Urubu.

UM PRIMEIRO TEMPO SEM MELHORES MOMENTOS
O Fla perdeu Réver - com gastroenterite - ainda no aquecimento. Vaz entrou ao lado de Rhodolfo e viu Guerrero receber cartão amarelo logo no primeiro minuto, por reclamação. A arbitragem de Anderson Daronco priorizou a marcação de faltas e a distribuição de cartões para esfriar os ânimos. Numa primeira etapa com raríssimas oportunidades, o plantão médico chamou mais atenção. Rhodolfo sentiu a virilha e deixou o campo para a entrada de Leo Duarte. Do lado vascaíno, Bruno Paulista teve problema muscular e deu lugar a Andrey.

Com a bola no chão, um Flamengo ligeiramente melhor, levando algum perigo em chutes de Guerrero e Diego. O Vasco levantou a torcida com dois toques de letra em sequência, mas também criou quase nada, sentiu muito a ausência de Douglas e viu Luís Fabiano sair muito da área. O time da casa reclamou de um toque de mão de Éverton Ribeiro. Sem esquecer de Daronco, Nenê e Luís Fabiano foram para o intervalo amarelados.


SEGUNDO TEMPO DE ÉVERTON RIBEIRO
 A baixa qualidade técnica não ficou no vestiário. Rafael Marques reclamou de cotovelada de Guerrero no início do segundo tempo, e a arbitragem de Anderson Daronco esteve mais uma vez nos holofotes. O peruano ganhou um galo na cabeça depois de disputa de bola com Henrique. Ficou tonto e teve que deixar o campo. Damião entrou. Na sequência, o Vasco teve gol bem anulado porque, no início da jogada, Luis Fabiano deu entrada por trás em Léo Duarte. Merecia o cartão amarelo - que seria o segundo -, mas Daronco deixou passar.

O Flamengo só não abriu o placar aos 18 porque Diego perdeu chance claríssima, falhando na finalização. Faltava um toque de qualidade em campo, e este surgiu com Éverton Ribeiro, que deu lindo drible em Henrique e cruzou na medida para o xará Everton cabecear sem defesa para Martín Silva. Luís Fabiano tentou responder com belo voleio da meia-lua, mas Thiago apareceu bem. O Vasco perdeu o segundo jogo em casa, e o Flamengo festeja mais três pontos na parte de cima da tabela.


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!