Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

terça-feira, julho 18, 2017

Homem é preso na PB suspeito de 'gerenciar' grupo especializado em arrombamentos de bancos

Preso em João Pessoa homem suspeito de ser 'gerente' de quadrilha especializada em arrombamento de caixas eletrônicos (Foto: Reprodução/CFTV)Um homem de 38 anos foi preso em João Pessoa suspeito de participar de uma quadrilha especializada em arrombamentos de caixas eletrônicos com atuação em todo o país. Segundo a polícia, ele foi preso logo após renovar o aluguel de um carro que teria sido utilizado em um roubo no fim de semana, em Pernambuco, e percorrer cerca de 14 quilômetros durante perseguição policial entre os bairros de Tambaú e Funcionários II, em João Pessoa.
De acordo com o delegado de Roubos e Furtos da capital, Diego Garcia, nos últimos meses a organização coordenou pelo menos quatro assaltos em João Pessoa, Recife, Goiana e Natal. Com os roubos, estima-se que a quadrilha tenha arrecadado mais de R$ 500 mil. "É um grupo especializado em arrombamento de caixas eletrônicos", informou.
Ainda segundo o delegado, o suspeito foi detido na segunda-feira (17) enquanto renovava o aluguel de um carro que teria sido usado no último roubo da quadrilha, ocorrido no domingo (16), em Recife. Mas a polícia teve acesso a vídeos que mostram a atuação do grupo em uma agência de um banco privado em Manaíra, na capital, que aconteceu no dia 24 de junho. 
"Ele estava renovando o contrato de locação do veículo. Quando viu a polícia, ele entrou no carro e tentou fugir. E a gente fez a perseguição de Tambaú até Funcionários II, onde ele desceu e foi preso", contou.
Preso cuidava da estrutura
O suspeito seria o responsável pela logística das atividades do grupo criminoso. "É como se ele fosse um gerente da quadrilha. É ele quem aluga o carro e as ferramentas, faz a destinação dessas ferramentas e recolhe o dinheiro roubado", explicou o delegado.
Com o homem detido, foram apreendidos R$ 20 mil em cédulas, além de ferramentas industriais utilizadas para arrombar os terminais. A polícia também apreendeu mais R$ 36 mil que estavam depositados em contas ligadas ao suspeito. "Ele pegava o dinheiro dos roubos, depositava em mais de uma conta e ficava com uma parte [em espécie]", informou Garcia.
O homem foi levado para a Delegacia de Roubos e Furtos, na Central de Polícia, no bairro do Geisel, e autuado pelos crimes de furto qualificado e associação criminosa. Em seguida, foi encaminhado para audiência de custódia.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!