Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

domingo, julho 02, 2017

Mulher 'embriagada' pula cerca do Jaburu e é detida após tiros de advertência


Um mulher de 23 anos tentou invadir o Palácio do Jaburu, em Brasília, na madruga deste sábado (1º) depois de ingerir bebida alcóolica e brigar com o namorado, segundo a Polícia Federal informou ao G1. O palácio é a residência oficial da Vice-presidência, onde mora o presidente Michel Temer, a mulher, Marcela Temer, e o filho deles, Michelzinho.
De acordo com o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, a mulher estava "aparentemente embrigada" quando pulou a cerca de segurança, por volta das 3h.
No documento, a Presidência informou, ainda, que "foram realizados disparos de arma de fogo de advertência". Em seguida, acrescenta o GSI, a mulher foi imobilizada pela equipe de segurança e ficou detida no estacionamento interno do palácio até ser levada à Superintendência Regional da Polícia Federal para prestar depoimento.

Presidência da República divulga nota de esclarecimento sobre mulher que invadiu Palácio do Jaburu, em Brasília (Foto: Luiza Garonce/G1)
Presidência da República divulga nota de esclarecimento sobre mulher que invadiu Palácio do Jaburu, em Brasília (Foto: Luiza Garonce/G1)

De acordo com a PF, a mulher estava "desorientada" e assinou o chamado Termo Circunstanciado – registro de infração de menor potencial ofensivo – por desobediência. Em seguida, foi liberada.
Segundo a assessoria da Presidência, Temer estava dormindo na hora que a mulher tentou invadir o Jaburu.
Invasão ao Alvorada
Esta é a segunda invasão a residências oficiais do governo em menos de uma semana. Na última quarta (28), um adolescente de 15 anos entrou no Palácio do Alvadora – residência oficial da Presidência da República – depois de passar com o carro por cima do portão de segurança.
Segundo o GSI, o adolescente foi parado "a tiros" e detido após a invasão. O rapaz ficou sob a guarda do Exército, que faz a segurança da área, até ser detido pela Polícia Federal e encaminhado à Delegacia da Criança e do Adolescente.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!