RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

segunda-feira, julho 17, 2017

Palmeiras sofre, mas bate o Vitória de virada na arena e quebra sequência ruim

A atuação ainda ficou distante daquilo que a torcida imagina, mas o Palmeiras ao menos mostrou muita disposição para bater o VItória por 4 a 2, de virada, neste domingo, na arena, pelo Campeonato Brasileiro. Depois de sofrer com a forte marcação no primeiro tempo, o Verdão aproveitou os espaços no segundo e quebrou a série de três derrotas consecutivas na temporada. O resutado complica o Rubro-Negro baiano na zona do rebaixamento.


COMO FICA?
O Palmeiras tem agora 22 pontos e segue no bloco de cima da classificação. Cuca já jogou a toalha sobre a briga pelo título e quer e uma honrosa campanha para terminar entre os seis primeiros. O Vitória permanece com apenas 12 entre os quatro piores e acumula o terceiro resultado negativo seguido.

POLÊMICA
A partida ficou marcada por um pênalti bastante duvidoso que resultou no gol de empate do Palmeiras. Mina e Wallace disputaram um cruzamento na área, e o zagueiro colombiano caiu. O árbitro Bruno Arleu de Araújo viu falta. Pelas imagens da televisão, porém, é bastante difícil identificar se houve infração. Veja o vídeo:

PRÓXIMOS JOGOS
Os dois times voltam a jogar na quarta-feira. O Vitória busca a reabilitação diante do Vitória, às 19h, no Barradão, enquanto o Palmeiras visita o Flamengo, às 21h45, na Ilha do Urubu.

CARTOLA FC
Dudu foi o maior pontuador do jogo, com 20.60. Mayke, autor de um gol, fez 10.10, sendo seguido por Guerra (8.10), Michel Bastos (6.40) e Róger Guedes (6.20). Fernando Prass (-3.50) e a dupla de zaga Mina (-1.30) e Dracena (-1.60) negativaram.

Pelo lado do Vitória, Uillian Correia foi o maior pontuador, com 13 pontos, seguido por David (8) e Neilton (7.10). O goleiro Fernando Miguel, com quatro gols sofridos, negativou: -5.30.

DESTAQUE
PRIMEIRO TEMPO
O gol perdido por Guerra logo no primeiro minuto deu a impressão de que o Palmeiras não sofreria. Mas não foi isso o que aconteceu. Cuca colocou o time bastante avançado em campo e abriu espaços em demasia. Em sua volta ao time, Felipe Melo errou um passe pelo meio aos nove minutos e armou o contra-ataque. Uillian Correia fez um golaço em chute de longe.

A partir disso, o Rubro-Negro se fechou ainda mais e não permitiu que o Verdão chegasse. O empate saiu aos 36 graças a um erro do árbitro Bruno Arleu de Araújo. Mina se jogou na área em disputa com Wallace, e o juiz marcou pênalti. Róger Guedes converteu. No embalo da torcida, os paulistas viraram aos 45 em falha defensiva que Dudu aproveitou.


SEGUNDO TEMPO

O desempenho do Palmeiras em nada mudou no segundo tempo. O time continuou cometendo muitos erros individuais e, para piorar, voltou apagar na defesa, principalmente com Mina. Aos 15, Neílton recebeu na cara de Prass e chutou para fora. Em seguida, aos 20, Wallace carimbou o travessão em cabeceio após escanteio.

Mas o Vitória cansou, e o Palmeiras garantiu a vitória graças a Dudu. Aos 25, ele disparou pela esquerda e cruzou. Após rebote da trave em chute de Willian, Mayke bateu forte para aumentar. Dudu fez o segundo dele aos 31, completando cruzamento de Michel Bastos. No fim, aos 39, David fez um golaço e ainda diminuiu.


O CARA
Dudu foi o nome do jogo, com dois gols. O capitão do Palmeiras ainda não havia balançado a rede neste Brasileirão! No fim do jogo, ele comemorou muito a vitória, principalmente por ter vindo após sofrida derrota em casa no clássico com o Corinthians.


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!