Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quarta-feira, julho 19, 2017

Pessoas em torno de Temer falam 'demais' e criam 'crise que não existe', diz Maia

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta quarta-feira (19), que há pessoas no entorno do presidente Michel Temer "falando demais" e criando, segundo o deputado, uma crise "que não existe" entre ele e o presidente da República.
Maia deu a declaração em entrevista ao repórter Valdo Cruz, da GloboNews. O presidente da Câmara foi questionado sobre o movimento de Temer de ter tentado atrair para o PMDB deputados insatisfeitos do PSB que negociam ida para o DEM, partido de Maia.
O presidente da Câmara disse que negocia há meses com os dissidentes do PSB e que Temer sabia disso. Maia ainda ressaltou que, da parte dele, não há crise com Temer.
"Esse problema dos deputados do PSB foi um problema que não foi criado aqui. Eu tenho conversado com os deputados do PSB há muitos meses, o presidente Michel Temer sabe disso. Ontem teve esse movimento, eu acho que tem muita gente no entorno do presidente falando demais. E falando em off, que é ruim. E acaba gerando crise onde a crise não existe. Então, da minha parte nunca teve problema", afirmou Maia.
Segundo o blog da Andréia Sadi, Temer participou de café da manhã nesta terça (18) na casa da líder do PSB na Câmara, Tereza Cristina (MS), para tentar atrair os dissidentes do partido para o PMDB. A estratégia serviria para evitar a migração para o DEM e o fortalecimento político de Maia. O presidente da Câmara assume a Presidência da República em caso de afastamento de Temer.
Oficialmente, Temer e Maia são aliados. Minutos após terminar o café na casa de Tereza Cristina, alguns dos dissidentes do PSB participaram de reunião na residência oficial do presidente da Câmara.
No fim do dia, Maia recebeu Temer para um jantar. Segundo ele, outras seis pessoas participaram. O presidente da Câmara disse que o caso dos deputados dissidentes do PSB não foi tratado no encontro, e sim a agenda de projetos para o país.
O presidente da Câmara também afirmou que tem "certeza" que Temer não procuraria a líder do PSB para tentar atrair os insatisfeitos do partido para o PMDB.
"Pelo o que eu vi na imprensa, ele disse que não foi isso. Que a intenção da visita era outra. Agora o problema, como eu disse, tem muita gente no entorno falando e acabou que esse entorno vendeu esse encaminhamento. Que era uma ida do presidente pra tentar atrair do PSB para o PMDB, os deputados do PSB. Eu tenho certeza que o presidente Michel Temer, como presidente do Brasil, nunca entraria nesse tema", concluiu Maia.
"Eu acho que tem muita gente no entorno do presidente falando demais. E falando em off, que é ruim. E acaba gerando crise onde a crise não existe. Então, da minha parte nunca teve problema." Rodrigo Maia, presidente da Câmara

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!