RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net

Ouça pelo Listen 2 My Rádio

Imagem relacionada
Loading ...
Loading ...

segunda-feira, julho 31, 2017

Polícia alemã descarta terrorismo após morte a tiros em boate

Um iraquiano morreu em uma troca de tiros com policiais alemães neste domingo (30) depois de matar uma pessoa a tiros em uma boate na cidade de Konstanz, no sul do país, informou a polícia, descartando o terrorismo como motivação.
"Os motivos do homem que atuou sozinho não estão claros", disse o porta-voz da polícia de Konstanz, Fritz Bezikofer, a um canal de TV.

Policial em frente a boate em Konstanz, no sul da Alemanha (Foto: Felix Kaestle/dpa via AP)

"Ainda estamos investigando, mas as circunstâncias que cercam os eventos na boate na noite anterior ao tiroteio estão um pouco mais claras e isso nos leva a descartar a hipótese de terrorismo".
O iraquiano de 34 anos abriu fogo na boate nas primeiras horas do domingo, matando uma pessoa e ferindo outras três. Ele morreu no hospital por lesões sofridas em um tiroteio com policiais do lado de fora. Um policial também foi ferido.
A polícia disse que o homem morava na Alemanha havia vários anos e não era refugiado. Eles acrescentaram que uma disputa entre criminosos pode ter levado ao tiroteio em uma área industrial da cidade.
Forças especiais da polícia foram enviadas à cidade após o tiroteio ocorrido às 4h30 da manhã (horário local), pois não estava claro se o suspeito agiu sozinho ou teve cúmplices.
Ataque de sexta-feira
Na sexta-feira, um refugiado matou uma pessoa e feriu outras seis em Hamburgo. Funcionários disseram que ele era um islâmico conhecido pelas forças de segurança e psicologicamente instável. O agressor foi detido e mais tarde identificado pela polícia como um homem de 26 anos nascido nos Emirados Árabes Unidos.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!