RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

sábado, julho 08, 2017

Polícia investiga desaparecimento de viúva após velório do marido assassinado na Grande Natal

Câmeras de segurança mostram mulher saindo de velório do marido com suspeitos no Alecrim, em Natal (Foto: Reprodução)

As câmeras de segurança de um centro de velórios mostram o momento que homens fizeram um arrastão e sairam de lá com uma mulher de 24 anos, viúva de um homem assassinado e que estava sendo velado. O caso aconteceu no bairro Alecrim, Zona Leste de Natal, no dia 21 de abril deste ano. Desde então, a polícia investiga o caso e busca encontrar a mulher e os suspeitos.
As imagens mostram o momento em que os criminosos chegam ao local e uma mulher abre a porta para eles. Eles entram e redem todas as pessoas no local. Gerina Ribeiro da Silva estava no velório do próprio marido, Augusto Magalhães de Oliveira, morto a tiros em uma granja em São José de Mipibu, região metropolitana de Natal, na terça-feira 18 de abril. Segundo a polícia, ele era traficante de drogas.
Após pegarem objetos das pessoas, os homens saem do local, junto com a viúva. O fato aconteceu por volta das 2h40.
A polícia tem duas linhas de investigação: queima de arquivo, ou vingança. Segundo os investigadores, Gerina pode ter algum envolvimento no assassinato do marido e os supostos comparsas resolveram se livrar dela. Na segunda hipótese, alguma pessoa ligada a Augusto (o marido assassinado) poderia ter descoberto a suposta participação da mulher e resolvido se vingar.
O delegado Odilon Teodósio, coordenador da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado considera que é cada vez mais difícil encontrar a mulher viva. De acordo com ele, a família não recebeu qualquer contato com pedido de resgate, o que afasta a possibilidade de sequestro.
O delegado diz que a mulher estava separada do marido e ninguém sabe o que ela fazia na granja no momento do assassinado. Ela estava acompanhada do filho do casal. Supostamente eles teriam sido rendidos e levados para outro local, antes de o homem ser morto.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!