Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

sexta-feira, julho 28, 2017

Sob forte esquema de segurança, 27 presos são transferidos de duas penitenciárias de Charqueadas

Movimentação de carros da Susepe e da Brigada Militar começou ainda na madrugada em Charqueadas (Foto: Reprodução/RBS TV)Sob forte esquema de segurança, 27 são foram transferidos da Penitenciária de Alta Segurança de Charqueadas (PASC) e da Penitenciária Modulada de Estadual de Charqueadas, na Região Metropolitana de Porto Alegre, em operação realizada desde o começo da manhã desta sexta-feira (28).
O presos serão levados para presídios federais em Porto Velho, em Rondônia; Mossoró, no Rio Grande do Norte e em Campo Grande, noMato Grosso do Sul. Juntos, os 27 apenados somam 1,2 mil anos de pena.
Entre os presos está José Carlos dos Santos, o Seco, um dos principais assaltantes de bancos e carros-fortes no Rio Grande do Sul. Ele estava na penitenciária desde 2006 e foi condenado a 205 anos de prisão.
Também foram transferidos presos que participaram da escavação de um túnel em direção à Cadeia Pública de Porto Alegre, novo nome do Presídio Central, que poderia gerar a maior fuga da penitenciária.

Planejamento de 4 meses

Secretário de segurança do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer, salientou que planejamento de transferência de presos começou em março (Foto: Renato Soder/RBS TV)
Secretário de segurança do Rio Grande do Sul, Cezar Schirmer, salientou que planejamento de transferência de presos começou em março (Foto: Renato Soder/RBS TV)

O titular da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Cezar Schirmer, observou que o planejamento da operação começou ainda em março e que os presos foram "criteriosamente selecionados a partir de uma estratégia bem definida". Salientou que a transferência de presos é a maior operação de enfrentamento do crime organizado no Rio Grande do Sul.
"Essa operação não termina aqui", pontuou o secretário. "Vamos mostrar que o crime não compensa. Estamos dispostos a quantas medidas forem necessárias. Vamos, em todas as cidades, fazer uma ação integrada, firme, contundente, no sentido de coibir o crime e levar à sociedade gaúcha mais tranquilidade", observou o secretário.
Movimentação teve início na madrugada
A movimentação de agentes penitenciários e policiais na penitenciária iniciou ainda na madrugada. Até mesmo um trecho da ERS-401 foi bloqueado para facilitar a remoção dos apenados. Em seguida, os presos foram levados para a Base Aérea de Canoas, na Região Metropolitana.
As transferências foram solicitadas pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) para as justiças federal e estadual, que autorizaram as remoções. Na quinta-feira (27), também ocorreu a transferência de presos da Cadeia Pública de Porto Alegre.

Presos vão ser levados para Base Aérea de Canoas, mas destino não é divulgado (Foto: Reprodução/RBS TV)
Presos vão ser levados para Base Aérea de Canoas, mas destino não é divulgado (Foto: Reprodução/RBS TV)

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!