Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

Loading ...

sexta-feira, julho 14, 2017

Sport domina, faz dois gols no final do jogo e vence a Chapecoense por 3 a 0



Os ídolos do Sport brilharam nesta quinta-feira. A dupla André e Diego Souza voltou a funcionar. O atacante fez dois gols diante da Chapecoense. O meia, um. Ambos selaram a vitória rubro-negra, por 3 a 0, na Arena de Pernambuco.

COMO FICA?
Com a vitória, o time de Vanderlei Luxemburgo sobe para a quinta posição. Mantém-se, assim, em alta e na zona de Libertadores, com 21 pontos. A Chape, que mostrou aplicação na marcação na primeira etapa , mas deixou espaço no segundo tempo, caiu para 16º, com 15, a um da zona de rebaixamento.

SEQUÊNCIA
Na próxima rodada, o Sport visita o Botafogo. O jogo acontece na segunda-feira, às 20h. A Chape atua no domingo, às 16h, contra o São Paulo, na Arena Condá.

PRIMEIRO TEMPO
No primeiro tempo, sem Diego Souza - Luxemburgo preferiu deixá-lo no banco -, o Sport não foi bem. Tomava a iniciativa do jogo, é verdade, mas faltava criatividade. E errava muitos passes. Já a Chape segui à risca a sua estratégia: fechava atrás e buscava o contra-ataque. Foi assim que teve a melhor chance, com Arthur, mas não aproveitou.

SEGUNDO TEMPO
Na volta para o segundo tempo, mudança de nomes, mas não de postura. Diego Souza entrou no lugar de Sander e, para acomodar o jogador, o Sport teve que se rearrumar em campo. Everton Felipe e Mena mudaram de posição.

A princípio, a mudança não surtiu tanto efeito. Aos 17, porém, o jogo mudou, quando André recebeu passe açucarado de Everton Felipe e abriu o placar. Com isso, a Chapecoense teve de ir para frente.

Não tem jeito: sair para o ataque abre espaços na defesa. Foi isso que aconteceu. Diego Souza fez, de cabeça, o segundo. E André definiu no finalzinho da partida. Mais um 3 a 0 para o Leão, que havia vencido o Coritiba, no último jogo, pelo mesmo placar.


DIEGO SOUZA
Diego poderia não jogar. Perdeu treinos por conta de um problema pessoal e só voltou um dia antes do jogo. Entrou no segundo tempo e decidiu: marcou o segundo gol do Leão e ouviu a Arena gritar seu nome.

PREOCUPAÇÃO
Se tem um aspecto negativo na vitória é o goleiro Magrão. Não pelo que produziu em campo - mas por ter sentido dores musculares no segundo tempo. Deve passar um tempo fora.

AMARELO
O árbitro Dyorgines Jose Padovani de Andrade não economizou nos cartões amarelos. Ao todo foram 10 advertências aplicadas: oito para a Chapecoense e dois para o Sport. Arthur e Wellington Paulista estavam pendurados e desfalcam os catarinenses na próxima rodada.

CONFUSÃO EM CAMPO
Após o terceiro gol do Sport, os jogadores da Chapecoense foram para cima dos atletas adversários. O trio de arbitragem precisou intervir. Depois do término do jogo, os catarinenses repetiram o ato e foram contidos novamente. Os jogadores da Chape alegaram provocações dos rubro-negors. Cenas lamentáveis em época com tanta violência nos estádios de futebol.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!