Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quinta-feira, julho 13, 2017

Vanderlei pega pênalti, joga machucado, e Santos vence Atlético-MG no Independência


Mesmo com vários desfalques, o Santos foi até o Independência, nesta quarta-feira à noite, e venceu o Atlético-MG, por 1 a 0. Graças a um gol de Daniel Guedes, nos acréscimos do segundo tempo, mas principalmente graças a Vanderlei, que defendeu um pênalti, fez outras três defesas difíceis e, mesmo machucado nos minutos finais, se manteve em campo garantindo o placar. Victor também pegou uma cobrança, de Kayke, mas não pôde fazer nada na cobrança de falta perfeita de Daniel Guedes.

COMO FICA?
Com o resultado, o Santos vai a 23 pontos e se mantém entre os quatro melhores do Brasileirão. Já o Galo perdeu o terceiro jogo em casa no Brasileirão e estacionou nos 17 pontos.

GUERREIRO EM CAMPO
Vanderlei foi o grande nome do jogo. Além de ter pegado o pênalti de Fred, fez grandes defesa ao longo da partida (assim como Victor, que salvou o Atlético-MG em algumas oportunidades). No entanto, no fim do jogo, o goleiro do Peixe recebeu um chute na região do glúteo e, mesmo sentindo muitas dores, não pode deixar o gramado porque Levir Culpi já havia feito todas as substituições. Com um jogo com dez minutos de acréscimo, Vanderlei ainda dividiu uma bola com Rafael Moura, levando vários cortes na perna direita.


PÉ NA FORMA
No primeiro tempo, Santos e Atlético-MG tiveram chances claras de abrir o placar, com duas penalidades assinaladas pelo árbtitro Marcelo de Lima Henrique. O Santos desperdiçou primeiro com um cobrança de Kayke, segurada firme por Victor. Na sequência, foi a vez de Vanderlei pegar a penalidade de Fred. E com uma curiosidade: antes da cobrança disse aos companheiros para ficarem atentos ao rebote.


PÉ CALIBRADO
No entanto, quando o placar já se encaminhava para o 0 a 0, Daniel Guedes cobrou falta com muita categoria e deu a vitoria ao Peixe, aos 48 minutos do segundo tempo. Foi o primeiro gol do lateral com a camisa do Santos.


PRIMEIRO TEMPO
O primeiro tempo foi eletrizante, para espantar o frio da capital mineira. Lá e cá, Atlético-MG e Santos produziram diversas oportunidades e pararam na grande noite dos goleiros. E que noite. Aos 28 minutos, Marcos Rocha derrubou Bruno Henrique na área. Na cobrança, Kayke bateu mal, e Victor segurou sem dar rebote. Logo depois, novo encontro entre os dois, desta feita com a bola rolando, mas o camisa 1 do Galo levou a melhor novamente. Aos 46, mais uma penalidade máxima, agora de Leandro Donizete em Cazares. Fred foi para a bola, mas Vanderlei evitou o primeiro gol do jogo.


SEGUNDO TEMPO
O ritmo frenético dos primeiros 45 minutos diminuiu um pouco no segunda etapa, mas o confronto entre Galo e Peixe seguiu aberto. A busca dos ataques para vencer dois dos melhores goleiros do campeonato continuou forte, mas ficou mais difícil com a ajuda das zagas. Kayke, tentou tirar de Victor, mas Bremer, um dos melhores em campo, salvou a meta atleticana. Do outro lado, Elias teve tudo para marcar, mas parou na defesa santista. Quando tudo parecia definido, Daniel Guedes, em cobrança de falta perfeita, fez o único gol do jogo no Independência, selando a vitória santista. Castigo para o Atlético-MG aos 48 minutos.


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!