Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quarta-feira, agosto 23, 2017

154° Homicídio em Mossoró 2017: Sucateiro é executado a tiros dentro de casa no bairro Pintos


A cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou na noite desta terça feira 22 de agosto de 2017, mais um homicídio provocado por disparos de arma de fogo. 

O crime aconteceu por volta das 20h30min dentro de uma residência, localizada na Rua Aurora ao lado da Escola Estadual Dom Jaime Câmara no bairro Costa e Silva (Pintos), onde foi vítima a pessoa de Francisco Carlos Cruz, "Oba Oba" de 50 anos de idade. 

Segundo informações repassadas pela polícia militar, a vítima trabalhava em casa como sucateiro e estava dentro da residência, quando os criminosos chegaram e possivelmente chamaram pelo seu nome na porta da frente. 

Quando ele saiu supostamente para atender o chamado os homens passaram a atirar contra o mesmo, que segundo a perícia criminal tentou correr para dentro de casa, mas foi perseguido e executado. 

O perito criminal, Eduardo Alexandre, informou que não foram visualizados sinais de arrombamento ao imóvel, o que reforça a hipótese de que a vítima teria aberto a porta para atender um possivel chamado dos criminosos 

Ainda conforme informações da perícia criminal, a vítima foi atingida com pelo menos 12 disparos de arma de fogo, possivelmente de pistola e morreu na hora.

Após a perícia no local, o corpo de Oba Oba foi removido para a base do Itep onde será necropsiado e depois liberado para ser enterrado. 

Este foi a homicídio de número 154 registrdo este ano em Mossoró e vai ser investigado pela Divisão de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP). Até o momento não há informações sobre a motivação, bem como os executores do crime.









Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Criminosos fazem arrastão na comunidade de Melancias/Apodi-RN

Na noite desta terça feira (22), é registrado um arrastão na comunidade de Melancias/Apodi-RN, dois indivíduos em uma moto 150 preta, levaram aproximadamente uns 15 celulares e dinheiro.

Além de assaltarem em dois barzinho, ainda passaram em algumas casas e tomaram os celulares.

A polícia foi acionada ao local, na qual faz buscas pelos meliantes.

Fonte: Severiano Melo News
Leia Mais ››

Mulher morre após ter penas esmagadas por caminhão no bairro Santo Antônio em Mossoró

Um acidente de proporções graves ocorreu na noite desta terça feira 22 de agosto de 2017, no cruzamento das Ruas Seis de Janeiro com João Cordeiro no bairro Santo Antônio em Mossoró, na região oeste do RN. 

Uma mulher identificada apenas como Flávia Rodrigues, 35 anos, trafegava em uma moto Biz de cor azul,quando foi atropelada e morta por um caminhão carregado de Butijões de gás de cozinha. 

O acidente ocorreu em baixo de um semáfora, mas ainda não se sabe, quem teria avançado o sinal, se a condutora da moto que morreu no local ou o condutor do caminhão que fugiu após o acidente deixando o veículo no local. 

A Polícia Rodoviária Estadual e a equipe do ITEP realizaram os procedimentos de perícia no local. O cropo da vítima que teve os membros inferiores esmagados foi removido para ser necropsiado no setor de medicina legal do Itep. 

Em 30 dias a Polícia Rodoviária Estadual deverá divulgfar o laudo apontando as causas do trágico acidente.








Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Grave acidente é registrado na BR-226 em Jucurutu

Na noite desta terça-feira, dia 22 de agosto, a Polícia Militar de Jucurutu foi acionada para uma ocorrência do tipo colisão entre carro e moto nas proximidades do trevo que dá acesso as cidades de Florânia, São Rafael e Jucurutu na BR-226. Ao chegar no local, a PM se deparou com um homem caído fora da pista de rolamento, conhecido por Jair.

O paciente afirmou que estava sentindo fortes dores e foi conduzido para o hospital de Jucurutu com várias escoriações e fraturas expostas. Jair vinha no sentido Jucurutu em uma moto Bross de cor preta quando colidiu com um veículo modelo Fiat Uno que vinha em sentido contrário. A polícia ainda fez buscas a fim de identificar o condutor do carro que se evadiu do local sem prestar socorro à vítima.

Fonte: Jair Sampaio
Leia Mais ››

Motocicleta foi furtada de frente a empresa de limpeza pública em Umarizal-RN

Roniele é funcionário da firma que trabalha na limpeza pública da cidade, e ontem pela manhã, por volta das 10:00 horas, ele foi até a empresa bater o ponto, estacionou sua motocicleta Honda Fan 125, ano 2008, placa NNK-8956, em frente ao prédio e quando saiu observou que haviam levado seu único transporte. 

Fonte: Umarizal News
Leia Mais ››

JOVEM DA ZONA RURAL DE LAGOA NOVA QUE ESTAVA DESAPARECIDO FOI ENCONTRADO MORTO

Foi encontrado sem vida nesta terça (22), Gilvan Pereira da Silva, que havia saído de casa na última quarta-feira e seus familiares buscavam o mesmo desesperadamente. Ele foi encontrado em uma fazenda de uma pessoa conhecida por Paulo Avelino, próximo a Santana do Matos. A família agradece a todos que tentaram localizá-lo, mesmo nesse momento de dor.
Gilvan morava na comunidade Macambira, no município de Lagoa Nova e era muito conhecido por todos daquela localidade.

Fonte: Blog do Jota Dantas
Leia Mais ››

Com golpes de foice e machado, jovem é assassinado em Macaíba e o principal suspeito é o próprio primo

O município de Macaíba, localizada na região Metropolitana de Natal, registrou mais um crime de homicídio. As informações foram confirmadas pela a polícia militar para a reportagem da CONNECTTV.
A guarnição foi acionada para atender uma ocorrência de encontro de cadáver na comunidade de lagoa dos Cavalos, região rural de Macaíba, na manhã desta terça-feira (22).
De acordo com o sargento Sales e o cabo Rogergal, o corpo foi encontrado boiando sobre um rio.
A polícia militar identificou o corpo com a chegada da família que reconheceu o jovem morto de 22 anos por nome de Valdo Henrique da Silva Andrade, que trabalhava como agricultor.
Um irmão da vítima relatou a PM que Valdo Henrique estava desaparecido a três dias e saiu de casa acompanhado do seu primo para beber no rio e não mas retornou.
No corpo da vítima foi constatado sinais de violência. No local do crime um machado e um a foice foram encontrados melados de sangue.

Fonte: Connect TV
Leia Mais ››

Mulher comete suicídio dentro de apartamento em condomínio no bairro Santo Antônio

Uma mulher identificada como Gilvaneide Pereira Lima de 56 anos, pôs fim a sua propria vida, no início da noite desta terça feira 22 de agosto de 2017 em Mossoró, região Oeste Potiguar. 

Segundo informações do Samu que atendeu a ocorrência, a suicida se enfocou com uma corda amarrada no armador no quarto do apartamento onde morava no condomínio Villagio Verdi localizado na Rua Prudente de Morais, próximo ao Samu no bairro Santo Antônio. 

Ainda não há informações oficiais sobre os motivos que levaram a mulher a por fim em sua própria vida,  segundo Informações preliminares  a vítima passava por problemas depressivos. 

A Polícia Militar está no local aguardando a chegada da equipe do ITEP e da Delegacia de Plantão da Polícia Civil, para realização dos procedimentos de perícia e remoção do corpo.

Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Dupla é presa pela PM por tráfico de drogas em Patu/RN

A Polícia militar por intermédio da 6ª Turma da Operação Sertão Seguro, prendeu na manhã desta terça-feira(22), as pessoas de Ramony Kelly Felix Cordeiro (Pretinho) e Josivan Barra Silva (Uaí), por tráfico de drogas na cidade de Patú-RN, com eles foi encontrado certa quantidade de uma substância conhecida por maconha, pretinho e Josivan já respondem processo por tráfico de drogas. Ambos seguiam em uma motocicleta e ao avistarem as viaturas que integram a operação Sertão Seguro (GTOs de Patu e Alexandria) tentaram se desfazer da droga, jogando na rua, não passando despercebido os Policiais militares realizaram a abordagem e encontraram, além da lançada ao chão, com os mesmos mais alguma quantidade de maconha, bem como duas armas brancas.

Ambos foram encaminhados juntamente com material apreendido à Delegacia de Polícia Civil de Patu para os procedimentos de praxe.

A operação Sertão Seguro é uma medida para reforçar o policiamento na região do alto oeste e tem obtido um ótimo resultado, transmitindo a sensação de segurança aos cidadãos de bem que circulam e residem na região.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Pacientes aguardam atendimento em macas do Samu no maior hospital público do RN

Ambulâncias do Samu estão paradas porque as macas foram utilizadas no Walfredo Gurgel (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)
"Estou vendo a hora morrer e ninguém me ajudar em nada”, disse dona Cleonice da Silva, de 57 anos, que está há 20 dias em uma maca no corredor do maior hospital público do Rio Grande do Norte. Ela deu entrada no Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel depois que caiu e fraturou o fêmur. a unidade hospitalar tem capacidade para receber 270 pacientes e abriga atualmente 390. Destes, 120 estão em macas, muitas delas espalhadas pelos corredores do hospital.
Na manhã desta terça-feira (22), a reportagem da Inter TV Cabugi esteve no local e flagrou cinco ambulâncias paradas do lado de fora da unidade, por estarem com as macas retidas no hospital. Sem se identificar, um motorista disse que a ambulância chegou a ficar sem funcionar quase quatro horas.
Com 91 anos, dona Severina, do município de Passa e Fica, chegou ao Walfredo Gurgel com o fêmur quebrado, e aguarda em uma uma maca no corredor por uma cIrurgia. A neta dela, Gerlândia Santos, fala que a avó tem passado por dificuldades. “Sempre ela reclama de dor. É difícil, não tem conforto nenhum pra ela, não tem espaço”, lamentou.
Márcia Germano acompanha o pai, Antônio, que teve um aneurisma na perna há cinco dias e que também está em uma maca no hospital. Ela diz não saber mais o que fazer. “A gente está abandonado, ninguém ajuda a gente em nada. Cada dia que passa ele corre mais risco de perder a perna e a cirurgia não sai. Ele está tomando sedativo, porque está surtando, é preciso amarrar e a gente não tem mais força para lutar. Se ele continuar tomando sedativo ele vai morrer, porque se ele passar mal não UTI tem aqui”, desabafou.

Socorrida para o Hospital Walfredo Gurgel, Rose Damiana Gomes da Silva permanece e maca no hospital (Foto: Divulgação/ família)
Socorrida para o Hospital Walfredo Gurgel, Rose Damiana Gomes da Silva permanece e maca no hospital (Foto: Divulgação/ família)

Em nota, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel informou que 40 pacientes diabéticos que precisam de intervenções vasculares e exames deveriam ser atendidos no Hospital Ruy Pereira, e, como este serviço não está sendo cumprido, foram encaminhados à maior unidade hospitalar do estado. Isso acaba, de acordo com a nota, agravando ainda mais a superlotação.
Ainda segundo a assessoria imprensa do Walfredo Gurgel, o Hospital Deoclécio Marques de Lucena firmou o compromisso de receber mensalmente uma média de 30 pacientes do HMWG, mas o acordo não tem sido cumprida.
A nota diz ainda que a violência urbana que o Rio Grande do Norte tem enfrentado e o elevado número de internações por acidentes de trânsito (moto, em sua grande maioria) também contribuem para a superlotação.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Lista tem mais de 20 mil pessoas com dinheiro “abandonado” na Justiça Federal do RN

Volume retido na Justiça Federal supera R$ 52 milhões
A Justiça Federal no Rio Grande do Norte (JFRN) disponibilizou a relação de 22.454 pessoas/empresas beneficiadas por Precatórios e Requisições de Pequeno Valor/RPVs, contendo montantes depositados há mais de dois anos e ainda não sacados pelas partes interessadas.

A lista, disponível em www.jfrn.jus.br, permitirá aos credores saberem se tem direito a valores depositados em contas judiciais.

Para saber se faz parte desse rol, basta acessar o Portal da Justiça Federal no Rio Grande do Norte e clicar no link “Precatórios/RPV”. Depois disso, é preciso digitar o número do CPF ou CNPJ, o nome completo da pessoa física ou jurídica e o número do processo judicial (se souber).

Se confirmada a existência de valores pendentes de saque, o beneficiário poderá, até 31 de agosto de 2017, dirigir-se a qualquer agência da instituição bancária onde foi realizado o depósito, munido dos seguintes documentos:

Após o dia 1º de setembro de 2017, será necessário que o beneficiário requeira no juízo onde tramitou a ação, através de seu advogado, a expedição de novo precatório ou Requisição de Pequeno Valor.



Pessoa física:

– Documento de Identificação

– CPF (dispensado caso tenha no documento de identificação)

– Comprovante de Endereço em nome do beneficiário (Validade 90 dias).  Caso o beneficiário não tenha documento em seu nome, pode trazer em nome do cônjuge, do pai, da mãe ou de imóvel alugado desde que comprovado o parentesco ou a situação.

Pessoa Jurídica

– Documento de Constituição da Empresa (contrato Social e Alterações)

– Documento dos Sócios Representantes (CPF, Identidade e Comprovante de endereço)

– CNPJ

– Certidão da Junta Comercial

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

INSS paga primeira parcela do 13º salário a partir da sexta-feira (25)

Apenas no RN, serão pagos mais de R$ 823 milhões até 8 de setembro
A Previdência Social pagará, a partir da sexta feira (25), mais de R$ 823 milhões a 576.184 aposentados e pensionistas do INSS no Rio Grande do Norte, referente a folha de pagamento do mês de agosto.

O montante inclui a primeira parcela do 13º salário. Apenas com o valor do 13º, circulará no Estado um total de R$ 260 milhões extras. O dinheiro dos benefícios pagos pela Previdência Social é fundamental para a economia de milhares de municípios brasileiros, e em sua maioria, se transforma na principal fonte de receita para o comércio.

A previsão é que aproximadamente 460 mil beneficiários, em todo o RN receberão até o próximo dia 8 de setembro, a primeira parcela do abono anual, correspondente a 50% do valor total. Em todo o país, 29,5 milhões de segurados terão direito ao salário extra.

A primeira parcela do abono é paga integralmente, ou seja, sem desconto de IR. De acordo com a legislação, o imposto é cobrado no pagamento da segunda parcela da gratificação natalina, que ocorre no início de dezembro.

Os segurados que estão recebendo auxílio-doença, terão direito ao 13º proporcional ao período no qual ficaram afastados do trabalho. Por exemplo, um benefício concedido no mês de janeiro, e ainda ativo em agosto, faz jus ao 13º, calculado sobre oito meses. Se o segurado retornar ao trabalho antes, receberá a gratificação natalina relativa ao período no qual ficou em tratamento.

LOAS – Por lei, os beneficiários que recebem benefícios assistenciais, previstos na Lei Orgânica de Assistência Social (LOAS), não têm direito ao 13º salário.

O cidadão pode ter acesso ao extrato mensal de pagamento, que está disponível para consulta no endereço eletrônico www.previdencia.gov.br ou nos terminais de autoatendimento da rede bancária, junto com o extrato de pagamento referente ao mês de agosto.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Aprovados no concurso da Prefeitura de São Rafael cobram convocação

Concursados deveram assumir cargos ocupados por contratos provisórios, temporários e cargos comissionados (Foto: Cedida).Os candidatos aprovados no concurso público realizado pela Prefeitura de São Rafael, na região Central potiguar, realizaram na manhã desta terça-feira, 22, um protesto pelas ruas da cidade exigindo a convocação. Os servidores concursados deveriam assumir cargos ocupados por contratos provisórios, temporários e cargos comissionados.

A realização de concurso público com 64 vagas para cargos de nível fundamental, médio, técnico e superior foi determinada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), através de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) assinado com a prefeitura.

“Nós não deveríamos ter de realizar um protesto para conseguir concretizar um direito nosso. Nos reunimos agora de manhã com o juiz e ele nos informou que a Prefeitura tem até o dia 13 de setembro para convocar os aprovados. Vamos aguardar que a Prefeitura cumpra o TAC assinado com o Ministério Público e convoque os aprovados no concurso”, disse Alberto Gonçalves Martins.

Realização de concurso público com 64 vagas foi determinada pelo MPRN (Foto: Cedida).
Realização de concurso público com 64 vagas foi determinada pelo MPRN (Foto: Cedida).

A remuneração das vagas do concurso chega a até R$2 mil. Confira os cargos para os quais devem ser convocados profissionais:

Nível fundamental: agente de saúde; agente de endemias; auxiliar de gabinete odontológico; auxiliar de serviços gerais; jardineiro; merendeira; motorista; operador de limpa fossa; tratorista; vigilante; operador de retroescavadeira; operador de pá carregadeira, e; operador de motoniveladora.

Nível médio e técnico: agente de vigilância sanitária; fiscal de obras; fiscal de tributos; recepcionista; secretário da procuradoria, e; técnico de enfermagem.

Nível superior: Assistente social; enfermeira; especialista em educação; fisioterapeuta; clínico geral; dentista; procurador; professores de Geograia, de Inglês e de atendimento educacional; além de psicólogo.

Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

STJ mantém prisão de assessores do governador do RN para conclusão de análise de cheques apreendidos

Robinson Faria, governador do RN (Foto: Canindé Soares)
O Superior Tribunal de Justiça prorrogou, por mais cinco dias, a prisão temporária de Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis. Os dois assessores do governador Robinson Faria (PSD) estão detidos desde a Operação Anteros, deflagrada pela Polícia Federal no dia 15 de agosto passado. A decisão do STJ se justifica na argumentação do Ministério Público Federal e da própria PF de que há necessidade de ouvir Magaly e Adelson sobre as provas coletadas durante os mandados de busca e apreensão, entre elas cheques assinados pelo chefe do Executivo.
Com a decisão, a prisão que acabaria neste domingo (20) vale por mais cinco dias, ou seja, até sexta-feira (25).
No pedido de prorrogação da prisão, a Procuradoria Geral da República e a PF afirmam que as provas colhidas durante a Operação Anteros ainda estão sendo analisadas. São smartphones, HD e pendrives, além de planilhas, tabelas e dos cheques, que ainda estão com os peritos.
Como o trabalho está em curso, MPF e PF querem tempo para interrogar Magaly Cristina e Adelson Reis sobre o material, sem “pressões ou injunções”. A manutenção da prisão evita, ainda de acordo com a acusação, a possibilidade de os dois se comunicarem e combinem depoimentos.
O Ministério Público Federal, através do Procurador-Geral da República Rodrigo Janot, se manifesta pedindo a prorrogação da prisão citando os cheques do governador.
“Permanece assente, então, a necessidade de guarnecer a instrução deste Inquérito, já que a coleta da prova oral ainda não se encerrou, já que urge confrontá-la com os achados da busca e apreensão, que incluem, como se disse, conversas por aplicativo telefônico; arquivos contendo tabelas; cheques com a assinatura do governador Robinson Mesquita de Faria e, isso, tudo, gize-se, livre da espécie de interferência que as conversas interceptadas com autorização desse Juízo indicaram que o mandatário estadual costuma articular”, alega Janot.

Operação Anteros
O governador do Rio Grande do Norte foi alvo de uma operação da Polícia Federal deflagrada na terça-feira, 15 de agosto, que investiga a suspeita de prática dos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça por parte dele e de servidores do governo potiguar.
Na ocasião, foram presos (mandados de prisão temporária de cinco dias) Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis, assistentes de confiança do governador. A primeira foi servidora na Assembleia Legislativa desde 1987, a convite de Robinson quando ele ainda era deputado estadual. Antes, Magaly trabalhava como secretária na empresa da família do governador.
A decisão do ministro do STJ Raúl Araújo que autorizou o cumprimento dos mandados informava que a ex-procuradora-geral da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Rita das Mercês Reinaldo, afirmou ao Ministério Público Federal que o governador Robinson Faria embolsou cerca de R$ 100 mil por mês, entre 2006 e 2010, através da contratação de servidores fantasmas na ALRN. A denúncia foi feita em acordo de delação premiada com o MPF.
Ainda de acordo com o documento, Robinson Faria tentou comprar o silêncio de Rita das Mercês por meio dos assessores Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis. Em junho de 2017, eles procuraram a filha de ex-procuradora e a própria Rita das Mercês, a quem ofereceram 'ajuda' financeira para pagar dívidas de condomínio dela. Rita está presa sob suspeita de envolvimento nos desvios na Assembleia Legislativa investigados pela Operação Dama de Espadas, que resultou na Operação Anteros.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Lúcio Funaro assina acordo de delação com a Procuradoria Geral da República

O operador Lúcio Funaro assinou nesta terça-feira (22) o acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República.
Ligado ao PMDB e ao ex-deputado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha, que também está preso, Funaro promete revelar novos detalhes de esquemas de corrupção envolvendo o presidente Michel Temer e políticos com foro privilegiado – a maioria do PMDB.
O operador chegou a cogitar a delação no inicío do ano, mas as negociações não avançaram e ele trocou de advogados algumas vezes.
Em maio, quando a irmã dele Roberta Funaro foi presa na operação Patmos, deflagrada a partir da delação de executivos da JBS, Funaro decidiu fazer delação e se concentrou nas tratativas, trocando novamente de advogado para começar a rascunhar os anexos – fatos e personagens que ele pretendia entregar.
Funaro contratou o mesmo escritório que defende o também doleiro Alberto Youssef. O jurista Antônio Figueiredo Basto é especialista em delações premiadas.

Imagem mostra Lúcio Funaro deixando a superintendência da PF em Brasília (Foto: Reprodução/GloboNews)
Imagem mostra Lúcio Funaro deixando a superintendência da PF em Brasília (Foto: Reprodução/GloboNews)

Transferências
No início de julho, Funaro saiu pela primeira vez do Complexo da Papuda, em Brasília, onde está preso, para passar um período na superintendência da Polícia Federal na capital.
No local, ele ficou à disposição para prestar depoimentos a delegados e a procuradores em investigações das quais é alvo e, ao mesmo tempo, começou a construir o roteiro da delação, apresentado à Procuradoria Geral da República.
Funaro saiu da PF e voltou para o presídio no último dia 11 de agosto e, nesta segunda (21), dez dias depois, foi transferido de volta para a superintendência da Polícia Federal.
A PF oferece melhor estrutura para Funaro prestar os depoimentos do acordo de delação e ser acompanhado por advogados. O pedido de transferência dele de volta para a PF foi apresentado pelo Ministério Público Federal para que o doleiro possa prestar depoimentos.
A solicitação do MP foi autorizada pela Justiça Federal de Brasília.
Depoimentos
Os depoimentos que Funaro prestou, antes mesmo da assinatura do acordo de colaboração, tiveram repercussão em várias frentes de investigações.
Um deles, o que o doleiro conta que o ex-ministro Geddel Vieira Lima sondou Raquel Pitta, esposa de Funaro, sobre a possibilidade de delação – levou Geddel a ser preso. O peemedebista já deixou a prisão.
Em outro depoimento, no último dia 7, Lúcio Funaro também relatou que fez várias entregas de "malas de dinheiro" nas mãos de Geddel em uma sala do aeroporto de Salvador (BA).
Já outro depoimento, também à Polícia Federal, foi usado na denúncia contra o presidente Michel Temer por corrupção passiva. Funaro disse que o presidente Michel Temer sabia do pagamento de propinas na Petrobras.
Nas negociações de delação premiada, ele também disse que Temer orientou a distribuição de dinheiro desviado da Caixa Econômica Federal. A assessoria do presidente nega as acusações.
Na semana passada Funaro falou com jornalistas ao sair de uma audiência na Justiça Federal em Brasília. Indagado sobre se os fatos novos poderiam envolver o presidente Michel Temer em sua delação, ele respondeu: "Também".

Fonte: G1
Leia Mais ››

TSE rejeita recursos e mantém cassação de governador e vice do Amazonas

Imagem mostra o governador afastado do Amazonas, José Melo (PROS) (Foto: Adneison Severiano/G1 AM)
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) manteve nesta terça-feira (22) a cassação do governador afastado do Amazonas, José Melo (PROS), e do vice, Henrique Oliveira (SD).
Por unanimidade, os sete ministros da Corte rejeitaram os recursos apresentados contra a perda dos mandatos, decretada em maio.
Assim, o TSE também manteve a realização de nova eleição no estado, cujo segundo turno está marcado para o próximo dia 27.
No primeiro turno, realizado no último dia 6 de agosto, os mais votados foram os ex-governadores Amazonino Mendes (PDT), que obteve 38% dos votos, e Eduardo Braga (PMDB), com 25%. Eles disputarão o segundo turno.
Atualmente, exerce o cargo de governador do Amazonas o presidente da Assembleia Legislativa, Davi Almeida (PSD).
Relembre o caso
A ação de cassação do governador e do vice foi proposta pela coligação adversária, "Renovação e Experiência", que teve como candidato Eduardo Braga (PMDB), derrotado no segundo turno.
Mesmo após cassados, em 2016, Melo e Oliveira permaneceram nos cargos por decisão do próprio Tribunal Regional Eleitoral.
Em março, o TRE negou o recurso da Coligação "Renovação e Experiência" que pedia a posse imediata de Eduardo Braga como governador e de Rebecca Garcia como vice.
Em maio, o TSE confirmou a cassação de José Melo e de Henrique Oliveira.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Vereador é baleado com cinco tiros em clínica médica em SP

Vereador foi baleado e encaminhado ao Hospital Municipal da cidade (Foto: Arquivo Pessoal)
O vereador José Eduardo Ottoni de Almeida Filho (DEM), de São Vicente, no litoral de São Paulo, foi baleado com ao menos cinco tiros na tarde desta terça-feira (22). Ele foi encaminhado para o Hospital Municipal da cidade, o antigo Crei, e depois transferido à Santa Casa de Santos.
Segundo informações preliminares divulgadas pela Polícia Militar, o crime ocorreu no Centro, na clínica de saúde que pertence ao parlamentar, conhecido como Doca, que também é médico. No local, dois rapazes com capacetes e armados entraram e atiraram contra a vítima.
A dupla fugiu após realizar os disparos, sem levar nada ou deixar pistas do paradeiro. Ainda segundo informações da PM, José Eduardo foi atingido no rosto, no braço e no tórax. Colegas de trabalho acionaram, em seguida, as equipes de emergência.

Crime ocorreu na clínica do vereador, que também é médico (Foto: Adriana Cutino/G1)

O parlamentar foi encaminhado às pressas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) até o Hospital Municipal. Segundo a Prefeitura de São Vicente, ele foi levado ao centro cirúrgico, logo após entrar na emergência, e passou por exames.
Na sequência, Doca foi transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Santos. Por meio de nota, o hospital informou que o estado de saúde do vereador é regular. Ele teve o tórax drenado, mas está estável, sem nenhuma lesão mais grave, passando por outros exames. Por enquanto, ficará em observação.
Equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil acompanham o caso. Ainda não há informações sobre o paradeiro dos suspeitos, nem a identidade deles. A motivação do crime também é apurada pela polícia. A Câmara Municipal ainda não se pronunciou sobre o ocorrido.

Clínica médica localiza-se no Centro de São Vicente, SP  (Foto: Adriana Cutino/G1)
Clínica médica localiza-se no Centro de São Vicente, SP (Foto: Adriana Cutino/G1)

José Eduardo é vereador em São Vicente, SP (Foto: Arquivo Pessoal)
José Eduardo é vereador em São Vicente, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Fonte: G1
Leia Mais ››

'Não abandonaremos a reforma da Previdência', diz Temer a empresários

Imagem mostra o presidente Michel Temer durante evento da indústria do aço, em Brasília (Foto: Alan Santos/PR)O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (22) que o governo não abandonará a proposta de reforma da Previdência Social. Temer participou da cerimônia de abertura do 28º Congresso Aço Brasil, em Brasília.
Enviada no ano passado pelo governo, a reforma está em análise no Congresso Nacional. O texto já foi aprovado por uma comissão especial da Câmara, mas ainda precisa ser analisada pelo plenário para, então, seguir para o Senado. Ainda não há data marcada para a votação.
Para o projeto ser aprovado, é necessário o apoio mínimo de 308 dos 513 deputados. Na avaliação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), porém, o governo não tem "hoje" os votos para aprovar a reforma.
"Não abandonaremos a reforma da Previdência. É uma coisa que eu peço: o engajamento dos senhores e das senhoras. Não basta que preguemos a necessidade da reforma com dados assutadores, mas o déficit deste ano é de mais de R$ 180 bilhões e, no ano que vem, mais de R$ 200 bilhões e assim sucessivamente. Num dado momento, só teremos dinheiro para pagar pensões e servidores", declarou o presidente nesta terça.
Aprovação ainda neste ano
Aos empresários do setor do aço, Temer acrescentou que o objetivo do governo é aprovar a reforma ainda neste ano.
Ele voltou a dizer que a reforma da Previdência é uma medida "popular e não populista", porque, segundo o presidente, "você produz hoje, há preocupações amanhã, mas aplausos depois de amanhã".
"O Congresso está entusiasmado com isso. Reitero o pedido de engajamento porque temos de realizá-la [a reforma] neste semestre. Quando peço engajamento, basta que na sua casa você fale isso, com os amigos, em entrevistas, porque é importante para o Brasil", completou.
Partidos do "Centrão", porém, que somam mais de 120 deputados, já avisaram a Temer que não votarão a reforma da Previdência. Além disso, líderes da base divergem sobre o teor da proposta e sobre o momento oportuno de votar as mudanças nas aposentadorias.

Segundo o secretário de Previdência Social, Marcelo Caetano, se a reforma não for aprovada, o governo apresentará medidas "mais fortes" que as já propostas ao Congresso.
Reintegra
Presente ao evento, o presidente do Conselho Diretor do Aço Brasil, Alexandre de Campos Lyra, criticou medidas tomadas pelo governo para a economia, entre as quais a manutenção da alíquota de 2% do Reintegra em 2018.
"O anúncio recente de que será mantida a alíquota do Reintegra em 2% em 2018, a redução dos índices de conteúdo local no setor de óleo e gás, chegando ao cúmulo de se propor a retroatividade para os contratos já firmados, a substituição da TJLP pela TLP e o aumento dos impostos penalizarão ainda mais a atividade industrial já bastante enfraquecida", afirmou Lyra no evento.
Em resposta, Temer, também em discurso, disse que a "primeira ideia" discutida no governo era "eliminar os 2%", porém prevaleceu a ideia de manter o percentual. O presidente afirmou, em seguida, ser possível avaliar mudança.
"Nós estamos ajustando uma conversa de todos com a área econômica do governo para verificar se é possível ainda uma alguma modificação", disse Temer.
Concessões
Durante o discurso, Temer destacou mudanças nas regras das concessões promovidas pelo governo. "Reformulamos o modelo de concessões para garantir marcos regulatórios previsíveis", disse.
"Os sucessivos ágios que temos obtido nas concessões são prova da credibilidade que, pouco a pouco, vem se restaurando em nossa economia", afirmou.
Segundo o presidente, as alterações atraíram o interesse de investidores, uma vez que o governo tirou das parcerias com a iniciativa privada "toda e qualquer visão ideológica".
"Temos uma visão universalista das nossas relações internacionais, e no, particular, no tocante a conjugação dos esforços públicos com a iniciativa privada", destacou.
Temer voltou a afirmar que o governo está colocando o "Brasil no século 21". "Estamos, modestamente, devolvendo os rumos ao país", frisou o presidente.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Prefeito de João Câmara, vice-prefeito, ex-prefeito, e vereador têm mandado caçado

DISPOSITIVO;
Ante o exposto, com fundamento nas disposições acima citadas, JULGO PARCIALMENTE PROCEDENTE a presente ação de INVESTIGAÇÃO JUDICIAL ELEITORAL - AIJE, para: a) DECLARAR a inelegibilidade dos investigados MAURÍCIO CAETANO DAMACENA (prefeito - atual)), HOLDERLIN SILVA DE ARAÚJO (vice-prefeito - atual) e LUIZ ARAÚJO DA COSTA (vereador da situação), para as eleições ao qual concorreram ou tenham sido diplomados, bem como para as que se realizarem nos oito anos seguintes ao pleito de 2016 (LC nº 64/90, artigo 1º, inciso I, alínea 'd'); b) para CASSAR os diplomas dos investigados MAURÍCIO CAETANO DAMACENA, HOLDERLIN SILVA DE ARAÚJO e LUIZ ARAÚJO DA COSTA, DECLARANDO NULOS TAIS DIPLOMAS, com fundamento no artigo 22, XIV, LC 64/90; c) para DECLARAR a inelegibilidade dos investigados ARIOSVALDO TARGINO DE ARAÚJO (Ex-prefeito Vavá), MARIA REDIVAN RODRIGUES (Ex-primeira dama - esposa de Vavá)LC nº 64/90, artigo 1º, inciso I, alínea 'd), para as eleições que se realizarem nos 8 (oito) anos subsequentes à eleição em que se verificou (pleito de 2016); d) para DECLARAR a inelegibilidade de ARISON TARGINO, ROMEIKA DE MORAIS COSTA BATISTA e IZILÂNIA RÉGIA DA SILVA, pelo prazo de oito anos a contar da eleição de 2016 (LC nº 64/90, artigo 1º, inciso I, alíneas 'd'); e) para afastar a imputação de infringência ao artigo 41-A, da Lei 9.504/1997, atribuída aos investigados MAURÍCIO CAETANO DAMACENA E HOLDERLIN DA SILVA ARAÚJO.
Registre-se que, há atos praticados pelos investigados, que configuram ato de improbidade administrativa, de modo que determino a remessa dos autos ao Ministério Público Eleitoral para os fins legais (artigo 22, XIV, LC 64/1990).
Transitada em julgado ou publicada a decisão proferida por órgão colegiado que declarar a inelegibilidade do candidato, independentemente da apresentação de recurso, para os fins do artigo 15, da LC 64/1990, comunique-se, de imediato, ao Ministério Público Eleitoral e ao Juízo Eleitoral competente.
Publique-se. Registre-se. Intimem-se.
João Câmara (RN), 21 de agosto de 2017
Mais informações: https://blogdojasao.blogspot.com.br/2017/08/bomba-na-politica-de-joao-camara-juiza.html

Fonte:  Jair Sampaio
Leia Mais ››

Mega-Sena pode pagar R$ 32 milhões nesta quarta

Mega-Sena pode pagar R$ 32 milhões nesta quarta (23) (Foto: Heloise Hamada/G1)O concurso 1.961 da Mega-Sena pode pagar um prêmio de R$ 32 milhões para quem acertar as seis dezenas. O sorteio ocorre às 20h (horário de Brasília) desta quarta (23) em Araraquara, no interior de São Paulo.
Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio, em qualquer lotérica do país. A aposta mínima custa R$ 3,50.
Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 3,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.
Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 17.517,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Programa que levou 1 milhão de cisternas ao semiárido brasileiro é premiado


O programa Cisternas, financiado desde 2003 pelo governo federal, ganhou o segundo lugar no Prêmio Internacional de Política para o Futuro (Future Policy Award, no original, em inglês), promovido pela organização sem fins lucrativos World Future Council. Os vencedores foram anunciados nessa terça-feira (22).

O projeto é executado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e tem o objetivo de promover o acesso à água para consumo humano e para a produção de alimentos pela agricultura familiar. Para isso, utiliza tecnologias de baixo custo e simples manuseio. São usadas principalmente as cisternas de placa, que armazenam a água para uso na época em que não chove na região do semiárido brasileiro. O público do programa são famílias rurais de baixa renda.

A meta era construir 1 milhão de cisternas, objetivo alcançado em 2014.

“Agora, muito menos pessoas deixam a região devido à seca e, apesar de, desde 2012, a região ter experimentado uma das piores secas já registradas, relatórios indicam que não há incidência dos piores efeitos da seca – mortalidade infantil, fome, migração em massa – que costumava ser generalizada no semiárido”, afirma a organização. A meta já foi ultrapassada em mais de 250 mil unidades desde então.

“A vitória do Brasil no Prêmio Prata de Política para o Futuro 2017 está enviando uma mensagem forte e empoderadora: eles mostram como um país vulnerável à desertificação e às mudanças climáticas pode encontrar uma maneira inteligente e altamente eficaz de enfrentar com sucesso um desafio global “, afirmou a diretora e vice-presidente do Conselho de Administração da entidade, Alexandra Wandel, em material divulgado por sua assessoria de comunicação.

Em primeiro lugar ficou a Etiópia. Na região de Tigray, o país está restaurando a terra em uma “escala massiva” com a ajuda da juventude, segundo a World Future Council. Como resultado, conforme a organização alemã, a erosão diminuiu significativamente, os níveis dos lençóis de água foram reestabelecidos e a retomada da agricultura sustentável deu uma “contribuição significativa” para a suficiência alimentar e o crescimento econômico da área.

O Brasil dividiu o segundo lugar com a China, que fez uma lei para prevenir e controlar a desertificação e conseguiu reverter o problema ambiental nos últimos quinze anos. No terceiro lugar, os países premiados foram a Austrália, a Jordânia e o Níger.

Prêmio

O Prêmio Política para o Futuro homenageia políticas com um tema específico em cada edição. Este ano, em parceria com a Convenção das Nações Unidas de Combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos das Secas (UNCCD), foram avaliadas ações que contribuem para a “proteção da vida e dos meios de subsistência nas terras secas” e combatem a desertificação.

Foram destacadas 27 iniciativas de 18 países. Os vencedores serão premiados na 13ª Sessão da Conferência das Partes da UNCCD, que será realizada entre 6 e 16 de setembro, em Ordos, na China.

Fonte: Agência Brasil
Leia Mais ››

Pais viralizam ao levar faixa sincera a formatura: 'Não era o que queríamos'

Faixa 'sincerona' viralizou após a formatura da jovem (Foto: Arquivo Pessoal)Os pais da jornalista Maysa Ferreira, de 22 anos, viralizaram nas redes sociais após uma homenagem muito sincera que fizeram para a filha durante a entrada dela na cerimônia de formatura. Os dois levaram uma faixa onde estava escrito: "Maysa, não era o que queríamos, mas formou. Seus pais". Aos risos, a jovem garante que tudo não passou de uma brincadeira.
"No ano passado a minha irmã se formou em nutrição e eles levaram uma faixa 'Não fez mais do que a sua obrigação'. Todo mundo achou muito engraçado e eles prometeram fazer uma parecida para mim, mas não me contaram a mensagem", conta Maysa.
A formatura, na Universidade Federal do Tocantins, foi na noite da última sexta-feira (18) e desde então a foto vem sendo compartilhada na web.
Os pais da jovem, Ailton Cunha e Erlaine Ferreira, sempre sonharam com outra profissão para a filha, mas nunca deixaram de apoiar o sonho dela. "Eles queriam que eu fizesse direito. Como eu sempre gostei muito de ler, eles achavam que direito era a minha cara", explica a jornalista. "Mas eles sempre apoiaram e sempre tiveram orgulho de dizer que eu estava na faculdade pra todo mundo".
Um detalhe curioso é que a jovem não se imaginava fazendo jornalismo até o final do ensino médio. "Eu pensava em fazer história, que sempre foi uma paixão, ou direito mesmo. Mas quando eu descobri que existia jornalismo na UFT decidi prestar o Enem".
Ainda procurando emprego, a jovem tem sonhos para o futuro. "O sonho mesmo é fazer uma especialização em jornalismo de moda. Falar sobre moda e atuar nessa área", diz. "Mas o que surgir eu estou topando", completa rindo.

Fonte: G1
Leia Mais ››

210 mil já passaram por pente-fino do INSS; 80% dos benefícios foram cancelados

Quase 80% dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que já passaram pelo pente-fino tiveram o auxílio-doença cancelados.
Segundo balanço mais atualizado do Ministério do Desenvolvimento Social, até 4 de agosto haviam sido realizadas 210.649 perícias, que terminaram com 168.396 benefícios cancelados.
Outras 20.304 pessoas que não compareceram ao chamado de revisão também vão deixar de receber o seguro.
Além disso, 33.798 auxílios-doença foram convertidos em aposentadoria por invalidez, 1.892 em auxílio-acidente, 1.105 em aposentadoria por invalidez com acréscimo de 25% no valor do benefício.
Outras 5.458 pessoas foram encaminhadas para reabilitação profissional e terão de voltar a trabalhar.
A economia estimada com a revisão dos benefícios até agora é de R$ 2,7 bilhões por ano. Ao todo, 530.191 benefícios de auxílio-doença serão revisados.
Quem vai ter o benefício revisado pelo INSS receberá uma carta de convocação. Depois disso, o segurado terá cinco dias úteis para agendar a perícia, somente pelo telefone 135.
Aqueles que receberem a carta e não agendarem a perícia terão o benefício suspenso. Os que tiverem o benefício suspenso terão 60 dias para marcar a perícia. Passado este prazo, caso não se manifestem, o auxílio-doença será cortado.
Próxima fase
Os aposentados por invalidez também terão os benefícios revisados. Serão convocados cerca de 1 milhão de beneficiários que estão sem perícia há mais de dois anos.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Pastor é suspeito de liderar quadrilha armada que assaltava igrejas em SP: 'Agem com violência'

Pastor que atuava em Igreja evangélica de Cubatão está foragido (Foto: Divulgação/Polícia Civil)Um pastor evangélico de Cubatão (SP) é suspeito de ser o chefe de uma quadrilha que assaltava igrejas e templos em cidades do litoral e interior de São Paulo. Segundo a Polícia Civil, ele entrava nas igrejas, pedia uma benção ao religioso que atuava no local e obtia informações sobre o dízimo e objetos valiosos. Em seguida, a quadrilha invadia o templo e roubava os fiéis e o dinheiro da igreja. O pastor e outros integrantes da quadrilha são considerados foragidos, após o pedido de prisão temporária do grupo ser deferido pela Justiça.
De acordo com a polícia, as investigações começaram em abril, quando a quadrilha assaltou uma igreja em Cubatão. Após colher informações, a equipe do delegado Antonio Messias, titular da cidade, descobriu que o grupo era liderado por Givanildo Borges, pastor da Igreja Mundial do Poder de Deus na Vila dos Pescadores, em Cubatão.
“Eles escolhiam a igreja, chegavam no fim do culto evangélico, com veículos roubados ou furtados, e esperavam o local esvaziar. O pastor entrava na igreja com alguns fiéis, que ficavam organizando a igreja após o culto. Esse pastor entrava, se dirigia ao pastor do local e pedia uma benção, dizia que estava com problemas, fazia uma oração e aproveitava para fazer uma verificação do ambiente, ver onde havia objetos de valor”, afirma Messias.

Roberth Lincoln Barroso Oliveira, o ‘Chuchu’, fazia parte da quadrilha (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Roberth Lincoln Barroso Oliveira, o ‘Chuchu’, fazia parte da quadrilha (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Segundo o delegado, após a falsa benção, o pastor se encontrava com os comparsas nos carros e repassava as informações aos outros criminosos sobre o dízimo e objetos valiosos. O grupo entrava na igreja e roubava os fiéis e o dízimo. Depois, voltavam para os veículos e fugiam.
A quadrilha efetuou roubos em outras cidades do estado. Ao todo, foram seis crimes em templos evangélicos, sendo um na Igreja Mundial do Poder de Deus, da qual o pastor Givanildo fazia parte, e outros cinco na Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), nas cidades de Peruíbe, São Roque, Cubatão, Guarujá e Mongaguá. O grupo também efetuou um roubo a uma empresa de produtos eletrônicos em Santos e a uma residência em Bertioga.
“Em São Roque, foi em uma Igreja Mundial, a mesma rede onde ele trabalhava. Quando abordaram os fiéis, um deles era guarda municipal e estava com uma arma. Quando eles descobriram, pegaram a arma e apontaram para ele, mas, por sorte, a arma não disparou, falhou. Eles agrediram o guarda, que ficou três dias internado e está afastado até hoje. Eles agem com muita violência contra os fiéis e andam armados”, diz Messias.

Felipe Marcolino dos Santos, conhecido como 'Vovô' (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Felipe Marcolino dos Santos, conhecido como 'Vovô' (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Segundo a polícia, durante as investigações, os agentes foram até o quarto utilizado por Givanildo na Igreja Mundial, em Cubatão. Eles não localizaram o pastor no local, mas encontraram cinco notebooks que foram roubados da empresa de eletrônicos, em Santos.
Ainda de acordo com as autoridades, a quadrilha é formada por Felipe Marcolino dos Santos, conhecido como "Vovô", Roberth Lincoln Barroso Oliveira, o "Chuchu", e Guilherme Augusto da Silva Júnior, o "Didi", além do pastor. Didi foi preso em Mongaguá, porém, os outros integrantes da quadrilha continuam soltos.
O G1 entrou em contato com a Igreja Mundial do Poder de Deus. Por telefone, o diretor jurídico da igreja, Rodrigo Braga, informou que, "por enquanto, não tem informações concretas e reais que possam condenar o rapaz. Há cerca de um mês, aproximadamente, esse então pastor abandou a igreja. Foi quando tomamos conhecimento de que ele estava foragido, diante da acusação de integrar essa quadrilha que furtava as igrejas. Após o sumiço, houve o desligamento dele como pastor, mas não temos nenhuma informação concreta do paradeiro”.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Brasil é #1 no ranking da violência contra professores: entenda os dados e o que se sabe sobre o tema

Professora Marcia Friggi (Foto: Reprodução/Facebook)O soco desferido por um aluno contra o rosto de Marcia Friggi reabriu o debate sobre a violência contra os professores em sala de aula. Entretanto, o retrato da violência contra os docentes deixa o Brasil fora de foco. Os dados globais mais recentes colocam o país como o mais violento contra esses profissionais. Além disso, estudiosos do tema apontam que faltam levantamentos internos que promovam o diagnóstico do problema.
Uma pesquisa feita em 2015 pelo Sindicato dos Professores do Estado de São Paulo (Apeoesp) apontou que 44% dos docentes que atuavam no estado disseram já ter sofrido algum tipo de agressão. Entre as agressões que 84% dos professores afirmam já ter presenciado, 74% falam em agressão verbal, 60% em bullying, 53% em vandalismo e 52% em agressão física.
Para a socióloga Miriam Abramovay, especialista em violências nas escolas e juventudes, é significativo a falta de dados sobre o tema. "Praticamente nunca foi feito nenhuma pesquisa específica só com os professores. Isso mostra que o tema não é prioritário, como se a violencia não tivesse impacto no ensino, no aprendizado e no cotidiano da escola", afirma.
Brasil #1 no ranking da violência
Uma pesquisa global da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) com mais de 100 mil professores e diretores de escola do segundo ciclo do ensino fundamental e do ensino médio (alunos de 11 a 16 anos) põe Brasil no topo de um ranking de violência em escolas. O levantamento é o mais importante do tipo e considera dados de 2013. Uma nova rodada está em elaboração e os resultados devem ser divulgados apenas em 2019.
Na enquete da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), 12,5% dos professores ouvidos no Brasil disseram ser vítimas de agressões verbais ou de intimidação de alunos pelo menos uma vez por semana.
Trata-se do índice mais alto entre os 34 países pesquisados - a média entre eles é de 3,4%. Depois do Brasil, vem a Estônia, com 11%, e a Austrália com 9,7%.
Na Coreia do Sul, na Malásia e na Romênia, o índice é zero.
Impunidade
A pesquisadora Rosemeyre de Oliveira, da PUC-SP, atribui a violência nas escolas à impunidade dos estudantes. “O aluno que agride o professor sabe que vai ser aprovado. Pode ser transferido de colégio - às vezes é apenas suspenso por oito dias”, diz. “Os regimentos escolares não costumam sequer prever esse tipo de crime. Aí, quando ele ocorre, nada acontece.”
Para as vítimas, no entanto, as consequências costumam ser severas. Rosemeyre investiga o trabalho dos professores readaptados – aqueles que foram afastados da sala de aula e reinseridos em outra atividade escolar, como na secretaria ou na biblioteca. “A maior parte precisa deixar de atuar nas classes porque tem estresse pós-traumático. Há docentes que foram baleados por alunos, agredidos ou ameaçados”, explica. “Quando assumem outras funções, as vítimas são vistas com preconceito até pelos próprios colegas.”
Rosemeyre, inclusive, é professora readaptada em um colégio estadual da periferia de São Paulo. Ela deixou de atuar em sala de aula quando foi ameaçada, em 2009, por um aluno de ensino médio que estava armado. “Tentei voltar para o trabalho várias vezes, mas não conseguia. É progressivo. Sofria antes de ir à escola. Era afastada pela psiquiatra, a licença terminava e eu não me sentia capaz de retomar o trabalho. Até que desisti. Fui readaptada em 2012. Hoje, trabalho na secretaria”, conta. “A vítima se sente cada vez mais excluída. Eu ainda direcionei isso para a pesquisa acadêmica, para mostrar pelo que a gente passa.”
Violências na escola
Para a socióloga Miriam Abramovay, especialista em violências nas escolas e juventudes, o que ocorre nas escolas deve ser sempre avaliado no plural: violências. Miram foi uma das coordenadoras de um estudo da Unesco em 2002 que avaliou diferentes manifestações do problema.
Ela lembra que as pesquisas mostram que o aluno muitas vezes também é vítima. "A escola exerce uma violência institucional muito forte sobre seus alunos e professores", lembra. Com pesquisas atualmente em andamento no Rio Grande do Sul e no Ceará, ela lembra que muitas vezes o alunos se torna rebelde e agressivo por não se sentir donos do espaços. "Não conseguem participar", afirma.
Sem fazer juízos sobre o caso específico em Santa Catarina, ela lembra que os levantamentos apontam que um dos principais gatilhos para a violência contra as professoras e os professores está justamente no momento em que um aluno é retirado de sala de aula. "Em geral, você cria situações limites que não precisavam ser criadas. Tem que redescutir, para ver como se pode viver melhor", diz a pesquisadora, novamente fazendo a ressalva de que não está analisando o caso específico de Santa Catarina.
"Geração cristal" + "Síndrome do imperador"
A colunista do G1 e especialista em educação, Andrea Ramal, lembra uma declaração da professora agredida em Santa Catarina para refletir sobre o papel dos pais e da sociedade na proteção do professor. Em seu depoimento, a professora escreveu: “Esta é a geração de cristal: de quem não se pode cobrar nada, que não tem noção de nada”.
"A análise (da professora) é coerente com alertas de psicólogos contemporâneos que defendem que os pais estão outorgando poder demais para os filhos. Não estabelecer limites, quase nunca dizer “não” e fazer todas as vontades de crianças e adolescentes são ingredientes-bomba. Derivam na “síndrome do imperador”, um comportamento disfuncional em que os filhos estabelecem suas exigências e caprichos sobre a autoridade dos pais, controlando-os psicologicamente e podendo chegar, não raro, a agressões físicas", afirma Ramal.

Fonte: G1
Leia Mais ››