Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

domingo, agosto 13, 2017

Ainda dá? Atlético-GO vence o Coritiba e ganha ânimo para acreditar na permanência

Se a missão é complicada, nada melhor do que uma vitória na abertura do segundo turno para aumentar as esperanças rubro-negras contra o rebaixamento. Com gol de Jorginho no segundo tempo, o Atlético-GO venceu o Coritiba por 1 a 0 no Olímpico, em Goiânia, e ganhou sobrevida para tentar reagir na Série A. O Dragão teve leve superioridade durante toda a partida, enquanto o Coxa jamais engrenou.


PANORAMA
Com a vitória, o Atlético-GO chega a 15 pontos, permanece na lanterna, mas se aproxima dos concorrentes na luta contra a degola. O Coritiba estaciona nos 25 pontos e permanece na parte intermediária. Na próxima rodada, o Dragão visita o Flamengo, sábado, na Ilha. O Coxa recebe o Santos, domingo, no Couto Pereira.

LANCE CAPITAL
O único gol da partida saiu aos 17 minutos do segundo tempo. Após cobrança de lateral, a bola caiu nos pés de Jorginho dentro da área do Coritiba. Ele limpou para a perna canhota, que não é a boa, e bateu. O chute sofreu desvio e entrou.

INÍCIO MORNO
O primeiro tempo foi quente apenas na temperatura. Pouco inspirados, Atlético-GO e Coritiba começaram sem intensidade, e o jogo foi morno. Mesmo com mais posse, o Dragão não conseguiu criar uma grande chance. A melhor oportunidade foi aos 18 minutos, quando William Matheus quase fez gol contra ao desviar de cabeça na área. O Coxa arriscou alguns contra-ataques, mas só levou perigo em chute cruzado de Léo, aos 22. O goleiro Felipe fez a defesa em dois tempos.


SEGUNDO TEMPO
A leve superioridade do Atlético-GO continuou na etapa final, mas desta vez o time conseguiu ser mais incisivo. Após cobrança de lateral, a bola sobrou para Jorginho, que limpou para a perna canhota e marcou. Em desvantagem, o Coritiba tentou sair mais para o ataque, mas acabou dando espaços para o Dragão. A equipe visitante chegou perto do empate apenas na bola aérea, como em um cabeceio do zagueiro Márcio. De resto, foi o Rubro-Negro que continuou ditando o ritmo até o apito final.

Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!