Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

terça-feira, agosto 08, 2017

Ônibus escolar colide contra casa em Rio Largo e deixa mais de 20 crianças e adolescentes feridos

Um ônibus escolar colidiu contra o muro de um imóvel e deixou mais de 20 crianças e adolescentes feridos em Rio Largo, município da Região Metropolitana de Maceió, nesta segunda-feira (7).
As vítimas foram levadas para o Hospital Geral Dr. Ib Gatto Falcão, naquele município, a maioria com escoriações e outros ferimentos leves. Segundo o hospital, 7 estavam em estado mais grave e foram levadas para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió.
O acidente foi registrado na Rua Tavares Bastos. O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foram acionados para socorrer as vítimas.
Entre os feridos graves encaminhados ao HGE também está o motorista do ônibus, identificado Wellington Bezerra dos Santos, 30. Ele ficou preso às ferragens do veículo, mas estava consciente e conseguiu se comunicar com a equipe de socorro.

Segundo o supervisor da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito de Maceió (SMTT) de Rio Largo, Pedro Henrique, a suspeita é de que o freio do veículo falhou, o motorista perdeu o controle e, em seguida, o ônibus acabou atingindo o imóvel. Com o choque, o coletivo ficou muito danificado.
De acordo com o agente, o ônibus foi locado pela prefeitura e levava alunos de escola municipal. Ele ainda informou que o responsável pela garagem de ônibus do município informou à SMTT que o veículo passou por uma revisão há 8 dias.

A prefeitura confirma que o ônibus era alugado, mas ainda não disse se ele havia passado por revisão.
A casa atingida pelo ônibus foi interditada pela Defesa Civil e sua estrutura foi danificada. No primeiro andar tem uma parte residencial e a outra funciona um centro de terapia. Ninguém da casa se feriu. A reportagem aguarda um posicionamento da prefeitura.
Os guardas de trânsito bloquearam algumas ruas que ficam próximas ao acidente para não atrapalhar o resgate dos feridos.
"O muro cedeu e estava pressionando as pernas do motorista. Existia o risco da parede ceder ainda mais, mas o ônibus estava apoiando a estrutura e permitiu nosso trabalho. Vamos trabalhar agora na retirada do veículo", disse o capitão Barros, do Corpo de Bombeiros.

Parte da frente do ônibus foi a que ficou mais destruída com a colisão (Foto: Natália Normande/G1)
Parte da frente do ônibus foi a que ficou mais destruída com a colisão (Foto: Natália Normande/G1)

Estado de saúde das vítimas
A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) informou que ao menos 55 pessoas foram atendidas no Hospital Ib Gatto Falcão, em Rio Largo.
Funcionários da unidade de saúde ouvidos pela reportagem disseram que nem todas essas pessoas estavam no ônibus. Algumas são parentes e amigos das vítimas, que passaram mal no local do acidente, após tomarem conhecimento do que aconteceu.
A União Municipal dos Estudantes Secundaristas de Rio Largo (Umese) divulgou uma lista com 27 nomes de alunos que teriam ficado feridos no acidente, mas a identificação das vítimas não foi confirmada.

O HGE divulgou o estado de saúde das vítimas atendidas na unidade. Leandro Lopes, 49, sofreu trauma na região lombar. Já o motorista sofreu trauma leve na perna direita e escoriações no rosto.
Juciele de Lima Omena, 27, também sofreu um trauma na região lombar e teve um corte no braço direito.
Outros quatro adolescentes, com idades entre 12 e 17 anos, sofreram traumas leves. Um deles precisou passar por exames de imagem. O estado de todos é considerado estável.
Nota oficial da Prefeitura de Rio Largo
O prefeito de Rio Largo Gilberto Gonçalves emitiu na noite desta segunda-feira (7) uma nota lamentando o acidente com o transportes escolar. Veja abaixo a nota na íntegra.
O prefeito Gilberto Gonçalves lamenta o acidente ocorrido hoje em Rio Largo com um dos ônibus locados pela Prefeitura à empresa Transloc, que vitimou 33 estudantes, e solicitou à Secretaria Municipal de Educação apuração imediata dos motivos que levaram ao acidente para que as providências cabíveis sejam tomadas.
Felizmente, não houve vítima fatal e a atenção aos feridos foi dada com a maior rapidez possível, com o deslocamento de ambulâncias ao local do acidente e o encaminhamento dos estudantes ao hospital estadual Ib Gatto, onde receberam os primeiros socorros.

Com o impacto, ônibus ficou destruído (Foto: Natália Normande/G1)
Com o impacto, ônibus ficou destruído (Foto: Natália Normande/G1)

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!