RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quinta-feira, agosto 10, 2017

Quadrilha de ataque a bancos no Nordeste é desarticulada com prisões na Paraíba

Após a prisão de dois integrantes de uma quadrilha de ataques a bancos no Nordeste, a Polícia Civil da Paraíba prendeu um terceiro suspeito no bairro de Manaíra, em João Pessoa, na quarta-feira (9). Segundo a polícia, o suspeito tinha um mandado de prisão expedido pelo juiz de Paulista, cidade do Sertão paraibano. Ele é apontado como responsável por explosões e arrombamentos a bancos da Paraíba e do Rio Grande do Norte.
Na terça-feira, a operação da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de João Pessoa em parceria com a Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) da Polícia Civil do Rio Grande do Norte havia prendido dois integrantes da quadrilha. O líder do grupo, um dos presos na operação, era fugitivo da penitenciária de Alcaçuz no Rio Grande do Norte.
De acordo com as investigações, a quadrilha tinha atuação da Bahia ao Ceará. O líder estava cumprindo pena no presídio de Alcaçuz quando fugiu em janeiro deste ano. Desde então, estava sendo procurado pela polícia. No dia 29 de julho, ele escapou de um cerco policial realizado na cidade de São José de Mipibu, no Rio Grande do Norte.
Na granja onde estava escondido, foram encontrados materiais usados pelo grupo nas ações criminosas, entre eles explosivos. A investigação apontou que o chefe da quadrilha participou dos roubos a agências bancárias nas cidades de Monte Alegre e Belém, na Paraíba, e do roubo a um carro forte no município de São Pedro, no Rio Grande do Norte.
O segundo integrante da quadrilha, preso também na Paraíba, era pago para esconder em uma casa na cidade de Goianinha, no Rio Grande do Norte, o dinheiro roubado das agências, explosivos, armas e materiais usados nas ações. A casa servia de ponto de encontro e apoio para o bando.
Carro roubado e armas são apreendidas
Na casa onde os dois foram presos na terça-feira (8), a Polícia Civil apreendeu um veículo roubado, uma submetralhadora 9mm, munições, uma grande quantidade de grampos, uma impressora, uma CNH falsa, duas identidades falsas, aparelhos celulares, cadernos com anotações e relógios.
O chefe da quadrilha e outro homem preso junto com ele foram encaminhados para o Rio Grande do Norte. A dupla foi autuada em flagrante pelos crimes de receptação de veículo roubado, posse de arma de fogo de uso restrito, associação criminosa e adulteração de sinais identificadores de veículos. O terceiro deve passar pela audiência de custódia nesta quinta-feira (10).

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!