RÁDIO CIDADE AO VIVO

sábado, março 18, 2017

Chá de Bebê da Sheyla Keyth


Hoje o blog Cidade News Itaú participou de evento atípico aos que costumamos participar, no entanto, a turma do “corta pra nós” levam alegria e diversão em suas noites de brincadeiras.

Motivos? Basta qualquer um! Para essa turma se juntar e curtir a uma tarde ou uma noite baste ter uma motivação, e claro! Isso é o que não falta.

Depois de vários encontros, hoje a turma se reuniu para homenagear a grávida Sheyla Keyth que está em seu sétimo mês de gestação.

Neste sábado a turma do “Corta pra nós” se reunião para celebrar o chá de bebê da Sheyla Keyth e dar as boas vindas ao novo componente da família.

Nem todas as participantes do grupo podem participar dos eventos, mas mesmo assim, cada novo encontro a alegria é o ingrediente principal, que vem acompanhado de comidas e bebidas.



E não é que teve até discurso!

A mamãe repleta de felicidade agradeceu o carinho que as amigas tem, e ao organizar tamanha festa, que inclusive fizeram a maior algazarra na entrega dos presentes, fazendo a tímida mãe, “soltar a franga” e cair na diversão.

O grupo forma por mulheres quando se juntam todos já podem imaginar em que isso vai findar, ou seja, um verdadeiro “corta pra elas”...

Felicidades a mamãe Sheyla Keyth, ao Papai Alex Brasil e toda família que com alegria irão receber mais uma benção de Deus aumentando a família do casal, passando de duas (Nicole e Alexia) para três filhos com a chegada do Alex Nicolas.





Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Tentativa de assalto termina com suspeito baleado no Nova Betânia em Mossoró


Um adolescente foi encontrado caído e baleado, no início da manhã deste sábado 18 de março, nas proximidades do viaduto que dar acesso a Universidade Potiguar (UNP), no bairro Nova Betânia em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. 

Populares informaram à polícia militar, que o menor teria tomado uma moto de assalto e quando fugia foi baleado por um desconhecido que presenciou o ato criminoso. 

Ainda de acordo com populares, após ser baleado, o infrator, abandonou a moto e correu, mas caiu do outro lado da pista. Uma Unidade de Suporte Avançado do Samu socorreu o menor para o Hospistal Regional Tarcísio Maia com ferimento no braço e pernas. 

A motocicleta foi encaminhada pela Polícia Militar para a Delegacia de Polícia Civil de Plantão, onde serão adotadas as medidas cabíveis.




Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Agricultor é morto com tiro de escopeta na cabeça enquanto dormia na zona rural de Baraúna


O crime com requintes de crueldade, aconteceu na comunidade de Poço Novo, na zonz rural de Baraúna, na região oeste do Rio Grande do Norte. 

Um agricultor ainda não identificado foi morto enquanto dormia em uma rede no quinta de sua residência. O mesmo foi atingido com tiros de escopeta calibre 12 e teve a cabeça esfacelada. 

A equipe do ITEP de Mossoró está se deslocando neste momento,para a localidade, onde fará a perícia e em seguida a remoção do corpo para a sede do órgão onde será examinado pelo médico legista. 

A PM de Baraúna está isolando o local e até o momento não tem informação sobre a motivação do crime, nem os possíveis executores.

Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Revista na Cadeia Pública de Mossoró encontra celulares, armas e droga


Agentes Penitenciários com apoio do Grupo Tático Operacional (GTO) e Força Tática (FT) do 2º BPM, realizaram na noite desta sexta feira 17 de março, uma revista na Cadeia Pública Pública de Mossoró com objetivo de retirar de circulação ilícitos dentro da unidade. 

Segundo o diretor do presídio, José Fernandes, a revista se estendeu aos pavilhões das duas facções criminosas, (PCC e Sindicato RN), onde foi encontrado um vasto material proibido. 

As equipes de buscas localizaram, celulares com carregadores, armas brancas e algumas trouxinhas de maconha. todos os detentos foram retirados das celas e levados para uma quadra interna da unidade prisional.



Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Suspeita de matar adolescente em micareta é presa no interior de Pernambuco


Um soldado da Polícia Militar de Pernambuco prendeu, nesta sexta-feira (18) no Alto Sertão Pernambucano, Joyce Soares, 19 anos, Suspeita de ter assassinado Maria Raquel Silva de Almeida, 15 anos, no dia 18 de fevereiro deste ano no bairro Nossa Senhora de Nazaré, Zona Oeste de Natal. O crime ocorreu durante um evento carnavalesco, onde Joyce desferiu à vítima com um golpe de faca, matando-a.

Através de investigações realizadas por equipes de policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a qual foi comandada pelo delegado Reginaldo Soares, o mandado de prisão preventiva da mulher foi expedido.

Joyce estava sendo procurada pela Polícia Civil do Rio Grande do Norte, quando foi reconhecida por um soldado da Polícia Militar de Pernambuco após tê-la visto em uma matéria jornalística de cunho nacional acerca do crime. Ela foi presa e será transferida para Natal, onde ficará à disposição da Justiça.

Fonte: Portal BO
Leia Mais ››

Mecânico que foi baleado em Apodi se salvou dentro do banheiro


O mecânico conhecido por Chico, alvo de um ataque a tiros na noite desta sexta-feira em Apodi, se salvou dentro do banheiro de sua residência. Ele teria corrido, logo após ser atingido por dois disparos no tórax.

Segundo testemunhas, a vítima estava deitada na área de sua casa, no bairro Bicentenário, quando dois suspeitos de moto se aproximaram e começaram a atirar. Foram ouvidos pelo menos 10 disparos.

No ataque, Chico foi atingido por dois disparos na região do tórax. Para salvar sua vida, ele correu para dentro de casa e se escondeu dentro do banheiro.

Os atiradores fugiram com destino ignorado, deixando diversas perfurações nas paredes da casa. Ambos os suspeitos estavam de capacetes e não foram reconhecidos. A Polícia Militar realiza buscas para tentar prendê-los.

Chico foi socorrido ao Hospital Regional Hélio Morais Marinho, em Apodi, onde recebeu os primeiros atendimentos médicos. Ele foi transferido pelo SAMU até o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró. Seu estado de saúde é considerado grave.

Para a PM, o motivo do ataque ainda é desconhecido. Várias hipóteses surgiram nas redes sociais, mas nenhuma delas foi confirmada.

Vizinhos alegam que a vítima é uma pessoa boa e trabalhadora.

O caso será investigado pelo delegado Renato Oliveira, titular da Delegacia de Polícia Civil de Apodi.

Parede da casa ficou crivada de bala imagem whatsapp

Fonte: Blog do José Mário
Leia Mais ››

Suspeito de envolvimento em roubos a banco no RN é preso em Recife com arma e explosivos.


Carlos Doberto Cabral Silva, conhecido como “Playboy”, investigado pela Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) foi preso em Recife com material suficiente para ser usado em aproximadamente 400 explosões. Ele é investigado por ter participado de roubos e explosões em agências bancárias no Rio Grande do Norte. Na última quarta-feira (17), a Deicor recebeu a informação de que Carlos Doberto tinha sido preso em flagrante pela Polícia Militar pernambucana com dois carros roubados que estavam com placas adulteradas e com veículo blindado. No momento da prisão, ele usava uma identidade falsa com o nome de Rômulo da Silva Miranda. Diante da prisão dele em Pernambuco, uma equipe da Deicor foi até Recife, nesta quinta-feira (16), e conseguiu localizar com apoio de policiais civis da Defur da Polícia Civil de Pernambuco um espaço onde Carlos Doberto estava armazenando material que seria utilizado em explosões e roubos a bancos. No local os policiais apreenderam um fuzil calibre 556, que estava embalado; 343 espoletas; tubos de metalon; estopins; 40 cordéis detonantes; bloqueadores de sinal GPS e oxigênio. De acordo com a Deicor o material poderia ser usado em um curto espaço de tempo. Os objetos apreendidos em Recife passarão por uma perícia com o intuito de identificar a relação com outros crimes.
Roubo ao Banco do Brasil em Natal- No dia 05 de abril de 2014, uma ação da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur) recuperou R$ 131 mil dos R$ 200 mil que haviam sido roubados da agência do Banco do Brasil, localizada à avenida Engenheiro Roberto Freire, no bairro Ponta Negra, na zona Sul de Natal. O dinheiro estava com Carlos Doberto Cabral Silva, que foi preso na Vila de Ponta Negra. Com ele, os policiais também apreenderam uma identidade falsa, uma cédula falsificada no valor de R$ 100 e máquinas para confecção de cartões de crédito.





Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Acidente próximo à divisa entre PB e RN deixa duas mulheres mortas


Duas jovens de 20 e 28 anos morreram em um acidente de carro entre as cidades Bom Sucesso, no Sertão paraibano, e Alexandria, no Rio Grande do Norte, nesta sexta-feira (17). Segundo as primeiras informações divulgadas pela Polícia Civil, ainda não foi possível saber qual o sentido que as jovens viajavam, mas a suspeita é de que a motorista tenha pedido o controle da direção e o carro tenha batido contra uma rocha, às margens da rodovia.
O acidente ocorreu na rodovia estadual PB-323 e foi registrado na Polícia Civil, em Catolé do Rocha, por volta das 15h30. A jovem de 20 anos é natural de Brasília, no Distrito Federal.
Já a mulher de 28 anos é natural de Alexandria, no Rio Grande do Norte. Até as 18h desta sexta-feira, as equipes de perícia continuavam no local do acidente.
Ainda de acordo com as informações divulgadas por agentes da delegacia de Polícia Civil, em Catolé do Rocha, não foi confirmado ainda se as vítimas estavam usando o cinto de segurança, no momento do acidente. A perícia no local está sendo feita pelo Instituto de Polícia Científica (IPC), que deve divulgar um laudo no prazo de até 30 dias com informações sobre a provável causa do acidente.



Fonte: G1/Fotos Diário do Sertão
Leia Mais ››

Agentes descobrem túnel em presídio de Caicó, no interior do RN

Buraco de túnel é descoberto na Penitenciária de Caicó, RN (Foto: Divulgação)

Agentes penitenciários encontraram um túnel na Penitenciária Estadual do Seridó, em Caicó, no interior do Rio Grande do Norte. Segundo o comandante da Polícia Militar em Caicó, major Walmary Costa, a tentativa de fuga foi descoberta na tarde desta sexta-feira (17).
Os agentes fizeram uma revista na unidade e apreenderam facas artesanais e drogas. De acordo com o secretário da Justiça e Cidadania do estado, Wallber Virgolino, o procedimento padrão nessas circunstâncias é tapar o buraco com concreto.
O secretário declarou que uma sindicância será aberta para apurar o caso.


Facas artesanais são apreendidas na Penitenciária de Caicó, RN (Foto: Divulgação)Agentes apreenderam facas e drogas (Foto: Divulgação/Sejuc)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Órgão da Prefeitura de Pau dos Ferros é depredado e pichada com sigla do PCC


E os atos de vandalismo, comum nas grandes cidades, chegou a Pau dos Ferros e já causando prejuízos a população. O primeiro ato registrado na cidade foi no edifício da Central de Regulação, no bairro Princesinha do Oeste.

Em nota, a prefeitura afirmou que, na madrugada de ontem, 16, durante a ação dos marginais, as paredes do órgão foram pichadas com as siglas PCC, além disso, um dos vidros da entrada do prédio foi quebrado, dando possibilidade para que os criminosos jogassem uma garrafa contendo um líquido inflamável dentro da sala de atendimento ao público. “Funcionários que compareceram ao local atestaram que não houve registro de incêndio, o que poderia ter causado sérios danos ao patrimônio.”

A Prefeitura registrou o fato junto a Polícia Civil, que vai investigar o caso.


Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

RN lança programa de habitação para servidores; inscrições estão abertas

Resultado de imagem para RN lança programa de habitação para servidores; inscrições estão abertas

O governo do Rio Grande do Norte lançou nesta semana o programa 'Moradia Cidadã', cujo objetivo é viabilizar a aquisição da casa própria pelos servidores públicos estaduais. Atualmente, o déficit habitacional no estado é de 120 mil moradias. O estado possui cerca de 56 mil servidores ativos, 37 mil aposentados e 12 mil pensionistas.
Segundo o governo, o programa inicia com a oferta de imóveis já construídos em Natal e Mossoró e terá duas vertentes: 'Moradia Cidadã Servidor' e 'Moradia Cidadã Municípios'.
A primeira modalidade atende as demandas dos servidores públicos estaduais ativos, aposentados e pensionistas, com preços diferenciados em relação ao mercado imobiliário. Já a segunda, promete atender a demanda nas cidades do interior.
Com base nas inscrições, que poderão ser feitas a partir desta sexta-feira (17) - clique AQUI - serão ofertados apartamentos e casas (novos e usados) em todos os 167 municípios do estado.

Fonte: G1
Leia Mais ››

RN fecha fevereiro com 1.282 desempregados a mais, diz Caged

Para especialistas, preparo é fundamental para retonar ao mercado de trabalho (Foto: Reprodução EPTV)

No Rio Grande do Norte, fevereiro terminou com 1.282 desempregados a mais em relação ao mês anterior. A estatística é do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho. Só em Mossoró, maior cidade do Oeste potiguar, o saldo foi de 1.064 pessoas demitidas.
A agropecuária é o setor que mais perde empregos desde o início do ano, com 2.158 postos de trabalho a menos. Apesar disso, o setor contratou mais do que demitiu ao longo dos últimos 12 meses, segundo os dados do Caged, e teve saldo positivo de 957 vagas.
Em fevereiro, o setor de serviços teve o melhor resultado: saldo de 531 contratações, a maioria – 423 – de profissionais do ensino. Só este ano, o setor contratou 1.368 pessoas a mais do que demitiu, mas 2.175 postos de trabalho foram perdidos desde fevereiro do ano passado.
Além do setor de serviços, tiveram bons resultados – ainda que tímidos – os setores de serviços industriais de utilidade pública, com 28 vagas a mais, e de construção civil, com 82 a mais. Demitiram mais do que contrataram: extração mineral, indústria de transformação e comércio. A administração pública ficou praticamente estável, com 3 empregos a menos.
Últimos 12 meses
De acordo com a pesquisa, o RN tem hoje 12.434 desempregados a mais do que em fevereiro do ano passado. Os maiores cortes aconteceram na construção civil (-5.630 empregos), no comércio (-3.031), nos serviços (-2.175) e na indústria da transformação (-1.876). O único resultado positivo foi da agropecuária (957).
Natal teve a maior queda absoluta no número de empregados, 8.197 a menos, seguida de Mossoró, onde 3343 postos de trabalho foram cortados, segundo os dados Caged. Já Apodi (350), Nova Cruz (317), João Câmara (57), Touros (55) e Canguaretama (45) tiveram saldo positivo.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Deputados apresentam 164 emendas à proposta de reforma da Previdência


O prazo para os deputados apresentarem emendas à proposta de reforma da Previdência Social terminou no início da noite desta sexta-feira (17) e, ao todo, os parlamentares enviaram 164 sugestões de alteração ao texto original enviado pelo governo.
Dessas 164 emendas, 33 foram recusadas automaticamente porque não tinham o número mínimo de assinaturas de apoio. Com isso, caberá ao relator, Arthur Maia (PPS-BA), analisar 131 sugestões de parlamentares.
Inicialmente, o prazo para os deputados apresentarem as sugestões havia terminado na noite de terça (14), mas, a pedido do PSB, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), estendeu esse prazo. Até a última terça, 146 emendas haviam sido apresentadas.
Atualmente, a proposta de reforma da Previdência está em análise em uma comissão especial da Câmara. O grupo deverá votar o parecer de Arthur Maia e, em seguida, caberá ao plenário da Casa votar o projeto para, em seguida, o Senado analisar a reforma.
A proposta de reforma foi enviada pelo presidente Michel Temer no ano passado e prevê, entre outros pontos:
idade mínima de 65 anos para homens e mulheres poderem se aposentar;
contribuição mínima de 49 anos para o cidadão receber aposentadoria integral;
contribuição por pelo menos 25 anos para o INSS.
Entenda: as propostas de Temer para a Previdência Social
De um modo geral, as emendas apresentadas pelos deputados sugerem, por exemplo, mudanças na idade mínima, na regra de transição e na aposentadoria rural.
Uma dessas emendas, apresentada pelo líder do DEM, Efraim Filho (PB), propõe reduzir de 49 anos para 35 anos o período de contribuição necessário para o cidadão ter direito à aposentadoria integral.
Outra emenda, do deputado Betinho Gomes (PSDB-PE), também trata do tempo mínimo de contribuição para se aposentar com o valor integral, mas sugere 40 anos.
'Rebuliço' na base
As propostas apresentadas por Temer, segundo o líder da maioria, Lelo Coimbra (PMDB-ES), provocaram "rebuliço" e "inquietação" em parte dos parlamentares que integram a base de apoio do governo. A oposição também tem criticado o Palácio do Planalto.
O relator da reforma, Arthur Maia (PPS-BA), também já chegou a dizer que a regra de transição proposta pelo governo deve ser "melhor analisada".
Pela regra sugerida por Temer, homens com 50 anos ou mais e mulheres com 45 anos terão de trabalhar mais tempo para se aposentar e esse tempo a mais será equivalente à metade do período que falta para a pessoa ter direito à aposentadoria (por exemplo, se faltaria um ano pelas regras atuais, passará a faltar um ano e meio).

Fonte: G1
Leia Mais ››

Ex-prefeito foragido é encontrado em chácara em Presidente Bernardes

Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)

O ex-prefeito Júlio Omar Rodrigues, de Presidente Bernardes, que estava foragido desde fevereiro, quando o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) determinou a expedição de mandado de prisão contra ele, foi localizado em uma chácara e preso na manhã desta sexta-feira (17), no município.
De acordo com as informações da Polícia Civil, Rodrigues estava em uma propriedade de sua irmã, localizada em uma estrada de acesso entre Presidente Bernardes e Emilianópolis. O ex-prefeito aparentava estar residindo no local havia algum tempo e, ainda segundo a polícia, os agentes chegaram até ele após investigação e recebimento de informações.
Rodrigues foi encaminhado à delegacia de Presidente Bernardes para prestar depoimento e, em seguida, ser conduzido a uma unidade prisional da região.
No início da tarde desta sexta-feira (17), ele foi levado para a Cadeia de Presidente Venceslau.
O processo, movido pelo Ministério Público Estadual (MPE), apontou o suposto desvio de R$ 6 mil dos cofres públicos municipais para o pagamento a um funcionário do asilo de idosos de Presidente Bernardes, fazendo com que o TJ-SP determinasse a condenação a quatro anos, quatro meses e 15 dias de reclusão, por crime de responsabilidade.
Conforme o delegado da Polícia Civil em Presidente Bernardes, Airton Roberto Guelfi, o ex-prefeito, além de ser ouvido pelo crime de responsabilidade, também prestou esclarecimentos sobre outros três inquéritos que estão em trâmite na unidade policial. Estas investigações são referentes a processos de licitações do ano de 2013, quando Rodrigues ainda era prefeito de Presidente Bernardes.
De acordo com o delegado, a prisão do ex-prefeito foi "tranquila" e Rodrigues não ofereceu resistância à polícia. Em seu depoimento, ele se disse inocente e afirmou que espera que a defesa reverta a sua situação na Justiça.


Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)

Campana
O delegado Airton Roberto Guelfi afirmou ao G1 que a Polícia Civil tinha recebido havia cerca de 20 dias o mandado de prisão do Poder Judiciário. “Desde então, começamos a fazer as diligências para poder identificar onde ele estava. Ele não estava na casa dele, desde o início a gente sabia. As informações chegavam e a gente sempre verificando e a última informação que chegou de um colaborador nosso era de que ele poderia estar nessa propriedade rural de parentes, no entorno da cidade”, explicou.
Com a informação, os policiais iniciaram o trabalho preliminar de campana para ter certeza do paradeiro do ex-prefeito. “Não que a gente tenha visto ele, mas vimos uma movimentação que poderia corresponder justamente à questão dele. Diante disso, a gente representou para o Poder Judiciário o mandado de busca e hoje [17] de manhã chegamos lá para cumprir”, disse o delegado.
Guelfi pontuou que a prisão ocorreu de forma tranquila. “Ele não ofereceu resistência nenhuma, foi bem tranquilo. Na hora em que foi feita a identificação e falado que era a polícia, de pronto ele abriu a porta, falou que sabia e perguntou para onde ele deveria ir”, salientou ao G1.

Júlio Omar Rodrigues foi levado para a Cadeia de Presidente Venceslau (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi levado para a Cadeia de
Presidente Venceslau (Foto: Heloise Hamada/G1)
Rodrigues foi levado para a delegacia, onde foi formalizada a sua captura. “Eu tenho alguns inquéritos em investigação em relação à Prefeitura, da época em que ele era prefeito, em 2013, sobre algumas licitações e eu aproveitei para fazer oitivas em relação a esses inquéritos. Não tem nenhuma conclusão ainda sobre esses casos”, destacou o delegado.
Sobre a prisão, o ex-prefeito negou a Guelfi ter cometido algum crime. “Ele simplesmente negou. Ele disse que foi condenado injustamente e que os advogados dele estavam já providenciando a impetração de habeas-corpus em Brasília [DF]. Mas essa parte recursal para a gente não influencia em nada. A gente tem o mandado de prisão e dá o cumprimento”, complementou o delegado.
Rodrigues saiu da delegacia de Presidente Bernardes e foi levado para a Cadeia de Presidente Venceslau, de onde deve ser transferido para um Centro de Ressocialização (CR). “Essa movimentação é da Secretaria da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo [SAP]. Então, não sei onde ele deve cumprir a pena”, finalizou o delegado ao G1.
Decisão
A decisão do TJ-SP, tomada em fevereiro pela 11ª Câmara de Direito Criminal da corte paulista, deu parcial provimento a um recurso de apelação interposto pela defesa de Rodrigues, para readequar sua pena-base e diminuir sua pena privativa de liberdade final, que, em sentença de primeira instância, havia sido estabelecida em seis anos, três meses e dez dias em regime semiaberto.

Júlio Omar Rodrigues (Foto: Reprodução/TV Fronteira)Júlio Omar Rodrigues
(Foto: Reprodução/TV Fronteira)
De acordo com o TJ-SP, o mandado contra o ex-prefeito foi expedido diante do novo entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que permite a prisão de réus já condenados em segunda instância.
Júlio Omar Rodrigues, que é pai do atual prefeito Luccas Inague Rodrigues (PP), foi eleito três vezes para o cargo de chefe do Poder Executivo de Presidente Bernardes, em 1988, 1996 e 2012.
No entanto, ele não conseguiu cumprir o último mandato integralmente – para o qual havia sido eleito pelo PMDB –, após ser condenado por compra de votos pela Justiça Eleitoral. O vice-prefeito na época, José Lúcio Cauneto (PSB), assumiu o comando do Executivo em abril de 2015 e concluiu o governo até o fim de 2016, no lugar de Rodrigues.
Outro lado
O advogado Valmir da Silva Pinto Júnior, que atua na defesa do ex-prefeito, informou ao G1 nesta sexta-feira (17) que já entrou com um habeas-corpus em favor do réu no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília (DF), e aguarda uma decisão da corte para colocá-lo em liberdade.
A expectativa do advogado é de que o STJ se pronuncie sobre o caso na próxima semana.


Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)Júlio Omar Rodrigues foi preso nesta sexta-feira (17), em Presidente Bernardes (Foto: Heloise Hamada/G1)
Ex-prefeito foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil (Foto: Wellington Roberto/G1)Ex-prefeito foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil (Foto: Wellington Roberto/G1)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Procuradoria Eleitoral propõe multa a Lula e a Bolsonaro por propaganda antecipada


O vice-procurador-geral Eleitoral, Nicolao Dino, pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta sexta-feira (17) a aplicação de multa ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) por propaganda eleitoral antecipada.
No pedido, o vice-procurador não especifica o valor da multa, mas a Lei 9.504/97 estabelece que esse valor pode variar de R$ 5 mil a R$ 25 mil ou ser "equivalente ao custo da propaganda, se este for maior".
Na ação, Dino menciona vídeos publicados no YouTube que fazem referência à eleição presidencial de 2018 e defendem as candidaturas de Lula e de Bolsonaro.
Em razão desses vídeos, o vice-procurador também pediu ao TSE que as gravações sejam retirados do ar, sob pena de multa diária de R$ 10 mil.
Lula
No caso do ex-presidente, foi publicado no YouTube um vídeo no qual Lula aparece praticando exercícios físicos. Na imagem, então, aparecem as mensagens "Eu tô voltando" e "Lula 2018".
Para o vice-procurador eleitoral, a gravação revela "a pretensão do ex-presidente em anunciar a sua futura candidatura".
Procurada pelo G1, a assessoria de Lula informou: "O vídeo não é de autoria da equipe do ex-presidente e não está postado em nenhuma rede social oficial do ex-presidente. É um vídeo que surgiu na internet, como tantos outros, e isso será esclarecido ao Ministério Público."
Bolsonaro
No caso de Jair Bolsonaro, a representação da Procuradoria Geral Eleitoral menciona três vídeos, também veiculados no Youtube.
Em uma dessas gravações, segundo a PGE, o deputado aparece sendo recepcionado por pessoas em um aeroporto. Em seguida, é veiculada a mensagem "Bolsonaro 2018".
Ao G1, a assessoria de Bolsonaro informou que o deputado não se pronunciará sobre o assunto.
O que diz a procuradoria
Para Nicolao Dino, os vídeos demonstram que Bolsonaro e Lula tinham conhecimento prévio das gravações.
Ao TSE, o vice-procurador argumenta, então, que a veiculação das gravações pode causar desequilíbrio à campanha eleitoral de 2018.
A prática de campanha antecipada é proibida pela lei que regulamenta as propagandas eleitorais.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Polícia Federal prende 36 pessoas durante a Operação 'Carne Fraca'


Trinta e seis pessoas foram presas durante a Operação Carne Fraca deflagrada pela Polícia Federal (PF), na sexta-feira (17). De acordo com a PF, até esta noite de sábado (18), duas ainda estão foragidas: o empresário do frigorífico Frigobeto, Nilson Alves Ribeiro - que estaria na Itália - e o filho dele, Nilson Umberto Sacchelli Ribeiro, diretor da empresa.
Além das prisões, a Justiça Federal determinou o bloqueio de até R$ 1 bilhão das contas bancárias das 46 pessoas investigadas, e o Banco Central informou o bloqueio de pouco mais R$ 2 milhões.
Não significa necessariamente que cada um dos investigados tenha R$ 1 bilhão. Este é um teto estipulado pela Justiça.

Segundo a Polícia Federal, fiscais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) recebiam propina para liberar licenças sem realizar a fiscalização adequada nos frigoríficos. A investigação indica que eram usados produtos químicos para maquiar carne vencida, e água era injetada nos produtos para aumentar o peso.

As carnes irregulares eram vendidas no Brasil e no exterior. Há também casos de papelão em lotes de frango e carne de cabeça de porco em linguiças.
Ao todo, 22 empresas são investigadas na operação, das gigantes JBS e BRF – que controlam marcas como Seara, Perdigão e Friboi – a frigoríficos menores como Master Carnes, Souza Ramos e Peccin.
As autoridades não detalharam quais irregularidades foram cometidas por cada empresa.
As empresas afirmam que estão colaborando com as investigações e negam adulteração nos produtos. Há ainda a suspeita de que os partidos PP e PMDB eram beneficiados com propina.
Acordo para não fechar fábrica
Em São Paulo, o gerente de Relações Governamentais e Institucionais da Brasil Foods (BRF), Roney Nogueira, que teve a prisão decretada na sexta-feira, se entregou na manhã deste sábado (18) à Polícia Federal. Os advogados disseram que ele estava na África do Sul e retornou nesta madrugada. Roney será transferido para Curitiba na terça-feira (14).
De acordo com os investigadores, Roney Nogueira teria tratado de propina com Dinis Lourenço, chefe do Departamento de Inspeção do Ministério da Agricultura em Goiás. Conforme a PF, a conversa seria para impedir que o funcionamento da unidade da BRF na cidade de Mineiros fosse suspenso, por contaminação de uma bactéria. No despacho do juiz, a unidade, que processa frango e peru, aparece apenas como "Fábrica da BRF em Mineiros, Goiás."
Segundo a Polícia Federal, uma conversa gravada entre Roney Nogueira e André Baldissera, diretor da BRF, indica que Dinis Lourenço pediu apoio em uma campanha eleitoral para que a unidade continuasse funcionando. Dinis e André Baldissera também estão presos.
Veja a transcrição da conversa
Roney: eu vou contar o que ele pediu. Aí ele pediu o seguinte que hoje, ele tá, o Dinis tá pra assumir como o superintendente. Porque a bancada que cuida aqui do Ministério da Agricultura é do PDT. E para ele ficar como superintendente ou ficar no Sipoa ele tem de dar resultado para a bancada do PDT. Ele pediu apoio da BRF aí nas eleições municipais, tá.
André: ah, vamos fazer.
Roney: agora eu vou cobrar ele. Entendeu. Se ele quer a minha ajuda, ele vai ter que bater no peito e conseguir isso aí pra gente. E se não conseguir, eu não consigo nada. Entendeu?
André: essa é uma notícia muito boa.
Sipoa é o Departamento do Ministério da Agricultura responsável pela fiscalização de produtos de origem animal.
Não há informação no despacho se o apoio político foi efetivado. Mas, segundo o juiz Marcos Josegrei, a unidade de Mineiros não foi fechada, ao que tudo indica, pela influência de Roney Nogueira e André Baldissera.

A BRF é um dos maiores grupos produtores de alimentos do Brasil e dona de marcas como Sadia e Perdigão.

A Polícia Federal não informou quais marcas da empresa eram produzidas na unidade de Goiás.

Interdições após a operação
A fábrica da BRF em Mineiros foi interditada na sexta-feira pelo Ministério da Agricultura.
Neste sábado, caminhoneiros estavam parados à espera de liberação das notas fiscais para poder transportar as cargas. Na operação também foram interditadas duas unidades da Peccin Agroindústria: em Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, e em Curitiba. A Peccin produz derivados de frango, porco e embutidos em geral, com as marcas Peccin e Itali alimentos.
Outro lado
BRF
A BRF declarou que a fábrica interditada de Mineiros está habilitada pra exportar para os mercados mais exigentes do mundo, como Canadá, União Européia, Rússia e Japão e
e que isso significa que segue as diferentes normas estipuladas por esses países.
Segundo a empresa, uma auditoria do Ministério da Agricultura, no fim de fevereiro, considerou a unidade apta a manter suas operações. A companhia também afirmou que a interdição é preventiva e temporária e que vai durar até que apresente as informações que atestem a segurança e a qualidade de seus produtos, o que vai acontecer em breve, uma vez que, segundo a companhia, os processos e os padrões estão entre os mais rigorosos do mundo.
A BRF declarou, ainda, que a empresa e seus técnicos respeitam os princípios éticos e legais do Brasil e dos países para os quais exporta, que não compactua com práticas ilícitas, que está realizando uma apuração independente e que tomará medidas cabíveis, caso seja verificado qualquer ato incompatível com a legislação.

A empresa também declarou apoio à fiscalização do setor e ao direito de informação da sociedade, com base em fatos, sem generalizações que podem prejudicar a reputação de companhias idôneas e gerar alarme na população.
JBS
A JBS declarou que a qualidade é a sua maior prioridade e a razão de ter se transformado na maior empresa de proteína do mundo. Acrescentou que exporta para mais de 150 países, como Estados Unidos, Alemanha e Japão e que é auditada por missões sanitárias internacionais e por clientes.
A empresa afirmou que, no Brasil, há dois mil profissionais dedicados exclusivamente a garantir a qualidade dos produtos JBS e das marcas Friboi e Seara  e que 70 mil funcionários têm treinamento obrigatório nessa área todos os anos.
A JBS afirmou, ainda, que no despacho da Justiça não há menção a irregularidades sanitárias da empresa, que nenhuma fábrica dela foi interditada, que nenhum executivo da companhia foi alvo de medidas judiciais e que não compactua com desvios de conduta.
Por fim, a JBS afirmou que reforça o comprometimento com a qualidade de seus produtos e que reitera seu compromisso com o aprimoramento das práticas sanitárias.
Dinis Lourenço
A advogado de Diniz Lourenço disse que a suspeita contra o cliente não tem comprovação e que não vai se sustentar depois do depoimento dele.
Roney Nogueira
A defesa de Roney Nogueira afirmou que o cliente retornou ao Brasil assim que soube do decreto de prisão para prestar os esclarecimentos necessários.
André Luis Baldissera
O advogado de André Luis Baldissera afirmou que não vai se manifestar até ter acesso a todo o conteúdo do processo.
PDT
O PDT de Goiás declarou que não tem envolvimento com nenhum ministério.
Peccin
A Peccin informou que repudia o que chamou de falsas alegações que levaram às prisões de seus diretores, e que tem interesse em contribuir com as investigações.
A reportagem não conseguiu contato com as defesas de Nilson Alves Ribeiro, Nilson Sachelli Ribeiro, e com o Frigobeto.

Fonte: G1
Leia Mais ››