RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net

Ouça pelo Listen 2 My Rádio

Imagem relacionada
Loading ...
Loading ...

quarta-feira, abril 19, 2017

Trio invade residência e assalta moradores no centro de Itaú, mulher foi presa.


Na tarde desta quarta-feira, 19 abril de 2017, um trio armado, formado por dois homens e uma mulher invadiram uma residência no centro da cidade de Itaú e anunciaram o assalto.

De acordo com informações o trio chegou em uma moto, de características não repassadas a reportagem, adentraram a residência e anunciaram o assalto; os elementos subtraíram dinheiro e objetos da residência fugindo em seguida.

A ação rápida das polícias de Itaú, Rodolfo Fernandes e do GTO resultou na prisão de uma suspeita. Que segundo a Polícia, a mulher suspeita, reside na cidade de Rodolfo Fernandes.

A reportagem do cidade News entrou em contato com a Polícia, e a mesma informou que continua em diligência no intuito de capturar os demais envolvidos na ação delituosa, e apesar da prisão de uma suspeita, nenhum material foi recuperado até a publicação desta matéria.


Arlindo Maia da Redação do Cidade News
Leia Mais ››

Governador demite sogra de Francisco José Junior


Rina Márcia Benigno e Silva Ciarlini, sogra do ex-prefeito mossoroense Francisco José Júnior  (PSD), foi exonerada pelo governador Robinson Faria (PSD).

Publicação da portaria está no Diário Oficial do Estado (DOE).

Ela ocupava o comando da 12º Diretoria Regional de Educação (DIREC) no âmbito de Mossoró.

No mesmo DOE de  hoje (quarta-feira, 19), há nomeação de sua substituta, Maria Consuelo de Almeida Costa.

Governador e prefeito entraram em choque no ano passado, configurando distanciamento político. Mas Robinson preservou vários empregos de aliados de Francisco José Júnior no estado.

Fonte: Blog do BG
Leia Mais ››

Quarteto suspeito de praticarem assaltos em Pau dos Ferros/RN são presos pela Polícia civil


Na tarde desta terça-feira(18), por volta das 16h00, a Polícia Civil de Pau dos Ferros, sob o comando do delegado Andson Rodrigo, realizou uma operação para tentar prender uma dupla pilotando uma moto vermelha, armado de revólver, que teriam assaltado uma senhora na passagem molhada que liga o Centro da cidade ao bairro Alto São Geraldo, em Pau dos Ferros/RN.

A equipe de policiais recebeu informações que dois homens suspeitos teriam chegado numa moto vermelha numa casa na Travessa 25 de Março, por trás da COSERN. O policiais foram ao local e no momento da abordagem os suspeitos tentaram fugir pulando os muros das casas vizinhas. 

Dois cinco homens que estavam na casa, três foram detidos na perseguição, um quarto homem, dono da casa, foi detido mais tarde quando voltou para casa. O quinto homem não foi encontrado, mas a polícia já possui sua identificação. 

O grupo é suspeitos de praticar pequenos assaltos a celulares nas imediações da caixa econômica federal e na rua Lafaiete Diógenes. 

Com os suspeitos a polícia apreendeu uma pequena quantidade de maconha, três celulares, quatro capacetes, R$ 217 e duas motocicleta, uma delas a vermelha suspeita de ser usada em alguns assaltos.

A Polícia Civil segue a investigando analisando o material apreendido e aguardando que as vítimas venham a delegacia para fazer o reconhecimento fotográfico dos suspeitos.

Não divulgaremos fotos porque não encontramos nenhum objeto dos assaltos com as pessoas detidas, é por serem suspeitos, vamos aguardar as vítimas realizarem o reconhecimento na delegacia.

Fonte: Grupo Cidadão 190
Leia Mais ››

Doze ônibus são incendiados em ações criminosas


Doze ônibus foram incendiados em Fortaleza e Região Metropolitana durante ataques criminosos nesta quarta-feira, 19. A informação é confirmada pelo Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Fortaleza (Sindiônibus). Um motorista teve queimaduras em uma das ocorrência. Equipes do Batalhão de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio) prendeu, até o momento, um homem suspeito de participação na ação criminosa e apreendeu uma arma de fogo, no bairro José Walter.A Polícia Militar (PM) confirmou ataques nos bairros Barroso, Barra do Ceará e Edson Queiroz, em Fortaleza. Há ainda informações de ações no bairro Aerolândia, na Capital, e no município do Eusébio.
Segundo o major Hideraldo Belline, do 8º Batalhão da Polícia Militar (BPM), dois homens chegaram em uma motocicleta preta e jogaram cerca de cinco litros de gasolina dentro de um ônibus da empresa Vega. O coletivo estava parado no fim da linha, por trás do Fórum Clóvis Beviláqua, no bairro Edson Queiroz.
Os tenentes-coronéis Lima e Weberton, responsáveis pela área de patrulhamento do Barroso e da Barra do Ceará, confirmaram as ocorrências, mas não deram mais detalhes.
O comandante de Policiamento da Capital, coronel Francisco Souto, informou que a PM intensificou as abordagens nos principais corredores de ônibus da cidade, nos terminais e em paradas.


Motivação
Até o momento, não foi divulgada oficialmente a motivação para os ataques. O POVO Online apurou que as ações seriam represálias de medidas adotadas em presídios do Estado, nas últimas 24h, como transferência de presos. A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado do Ceará (Sejus) não confirmou a realização de transferência de detentos.
Terminais
O POVO Online entrou em contato com a Etufor, que informou que os terminais não serão fechados. Segundo o diretor do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários (Sintro), Geraldo Lucena, a instituição não passou orientação para os motoristas recolherem os coletivos, mas que as próprias empresas teriam dado a ordem.
Sindiônibus
Em nota à imprensa, o Sindicato informou que trabalhadores e empresários estão aterrorizados diante dos ataques registrados nesta quarta. “Diante desses fatos, estamos envidando esforços junto às autoridades do Estado para que possamos ter segurança para restabelecermos o serviço de transporte de passageiros com a total preservação da vida de trabalhadores, usuários e do patrimônio das empresas”, comunicou.

Fonte: O Povo
Leia Mais ››

Polícia prende mais um suspeito de envolvimento na morte de policial militar na Zona Sul de Natal


Policiais militares prenderam na noite desta terça-feira (18), Gideão de Andrade Rocha. Ele é um dos quatro homens indiciados pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) pelo latrocínio do policial militar Edmilson do Nascimento Oliveira Júnior, morto no dia 24 de fevereiro deste ano, no Bar do Xexéu, que fica localizado no bairro de Pirangi, Zona Sul de Natal. Gideão foi preso em cumprimento a um mandado de prisão preventiva que havia contra ele.
Na última segunda-feira (19), a DHPP indiciou Welton John Santiago de Lima, vulgo “Gaspar”; Lucas Costa de Oliveira, conhecido como “Prego”; Jackson Ventura Félix, vulgo “Bocão” e Gideão de Andrade Rocha. O único envolvido no crime que ainda estava solto era Gideão. Os outros envolvidos no latrocínio afirmaram a Polícia Civil que Gideão foi o homem responsável por recolher os objetos das vítimas que estavam no bar.
De acordo com a investigação, os suspeitos invadiram o bar armados e renderam os clientes, realizando diversos roubos, subtraindo dinheiro, celulares, bolsas e joias das vítimas. Durante a ação criminosa, o cabo Edmilson do Nascimento, que estava dentro do estabelecimento, foi atingido por disparos de arma de fogo.

Fonte: Blog do BG
Leia Mais ››

Reforma trabalhista prevê mudar feriados e pode acabar com dias enforcados; entenda


A reforma trabalhista que está sendo discutida na Câmara permite que acordos coletivos entre trabalhadores e patrões estabeleçam a troca do dia do feriado.
Segundo especialistas consultados pelo UOL, acordos estabelecendo regras para a troca de feriados não são incomuns. Com a reforma, porém, eles terão menos amarras, e o questionamento deles na Justiça será dificultado.
A medida abre a possibilidade para qualquer tipo de acordo, inclusive que estabeleça o fim das emendas de feriado, os chamados dias enforcados. Um feriado na quinta-feira poderia ser mudado para sexta-feira, por exemplo, impedindo a folga na quinta e na sexta-feira (dia enforcado). A folga seria só na sexta.
Acordo acima da lei
Um dos pontos centrais da reforma proposta pelo governo é que as convenções e acordos coletivos entre patrões e empregados possam prevalecer sobre a lei. O relatório apresentado na quarta-feira (12) pelo deputado Rogério Marinho (PSDB-RN) cita 16 pontos específicos em que isso pode acontecer, entre eles a troca do dia de feriado.
A troca do feriado não estava na proposta inicial de reforma, anunciada pelo governo no final do ano passado, mas foi incluída por Marinho.
Segundo a assessoria do deputado, as convenções poderão estabelecer, por exemplo, em dias o feriado será usufruído.
Para advogado, flexibilidade é positiva
Medeiros é coordenador da Comissão de Acompanhamento da Reforma Trabalhista da Associação dos Advogados Trabalhistas de São Paulo e, apesar de questionar diversos pontos da reforma, não vê problema na regra sobre os feriados, que considera “positiva”.
Para ele, alguns pontos da legislação que está em vigor são restritivos demais, e podem prejudicar as relações trabalhistas, ou onerar demais as empresas. A liberdade de negociação, como no caso de feriado, não seria ruim, em sua visão.
O advogado afirma que o texto do relatório que cita os feriados não é muito específico. Por isso permite que patrões e empregados façam acordos da maneira como quiserem.
Em tese, isso libera que uma categoria determine que feriados que caíssem na terça-feira ou na quinta-feira deveriam ser compensados apenas na segunda e na sexta-feira, por exemplo, acabando com as emendas ou feriadões de quatro dias.
Outro projeto prevê fim dos dias enforcados
Um outro projeto de lei, específico sobre a questão dos feriados e que não tem ligação com a reforma trabalhista, tramita atualmente no Senado.
De autoria do senador Dário Berger (PMDB-SC), o projeto prevê que alguns feriados devem ser antecipados para segunda-feira, sempre que caírem entre terça e sexta-feira.
“O objetivo central dessa singela proposição é minimizar os danos ao funcionamento das empresas, ao emprego dos trabalhadores e à arrecadação dos governos de todos os níveis da federação, causados pelo excessivo número de feriados “, diz o texto do projeto.
A proposta não se aplica a alguns feriados, como 1º de janeiro, 1º de maio, 7 de setembro e 12 de outubro. Também não seriam modificados os feriados de Natal, carnaval, Corpus Christi e Sexta-feira Santa.

Fonte: Uol
Leia Mais ››

Situação da água no RN segue crítica mesmo com as chuvas


O Relatório de Situação Volumétrica dos principais reservatórios do Estado, divulgado pelo Instituto de Gestão das Águas (Igarn), nesta quarta-feira (19), demonstra que a redução no volume das chuvas manteve a situação das reservas hídricas estaduais críticas. A boa notícia é que a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, principal reservatório do Estado, continua melhorando de volume de acordo com os gráficos de monitoramento.

Em comparação com o relatório anterior, divulgado em 13 de março, as chuvas propiciaram que o número de reservatórios secos reduzisse de 12 para 11. Em termos percentuais, atualmente 23,4% dos mananciais estão nesta situação. Já a quantidade de açudes considerados em volume morto voltou a aumentar, passando de 15 mananciais, para 18, um percentual de 38,2%. Somados os percentuais, 61,6% dos 47 reservatórios, com capacidade superior a cinco milhões de metros cúbicos, monitorados pelo Igarn, estão em situação crítica.

Ainda em comparativo com o relatório de março. A Barragem Armando Ribeiro Gonçalves teve um aumento volumétrico de pouco mais de 74 milhões de metros cúbicos, passando de 383,039 milhões para 457,425 milhões de metros cúbicos, chegando a 19% de sua capacidade total. A Barragem Santa Cruz do Apodi teve uma redução mínima, passando de 136,053 milhões de metros cúbicos para 133,719 m³, permanecendo na casa dos 22% de capacidade total. A Barragem de Umari, que não atende ao consumo humano e teve suas comportas fechadas para aumento das reservas hídricas do Estado, também aumentou de volume, passado dos 46,828 m³, no relatório de 13 de março, para atuais 57,419 milhões de metros cúbicos, 19,61% da sua capacidade total.

Importantes reservatórios da região Seridó como o Itãns, em Caicó, e Marechal Dutra (Gargalheiras), em Acari, receberam pequeno volume de água após as chuvas, entretanto permanecem com volumes inferiores a 2% de suas capacidades.

Volumes das Lagoas

A Lagoa de Extremoz continua aumentando de volume após as últimas chuvas e o início do rodízio realizado pela Companhia de Águas e Esgotos (Caern) em meados de fevereiro. Atualmente a lagoa está com 6,008 milhões de metros cúbicos, 54% de sua capacidade. No relatório de 13 de março a porcentagem correspondia a 50,52%.

Já a Lagoa do Bonfim, responsável por parte do abastecimento da Adutora Monsenhor Expedito, está com 43,459 milhões de metros cúbicos, 51,57% da sua capacidade total. A Lagoa do Jiqui, que abastece parte da zona sul de Natal está com 97,18% de sua capacidade e a Lagoa de Pium responsável pelo abastecimento de Parnamirim está com 95,80% da sua capacidade total.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

Selo fiscal em garrafões de água será obrigatório a partir de 1º de maio


A partir do dia 1º de maio, a Secretaria Estadual de Tributação (SET) passará a exigir o Selo de Controle Fiscal nos lacres dos garrafões das indústrias de água mineral e das adicionadas de sais do Rio Grande do Norte. Validado pela Vigilância Sanitária no RN (Anvisa) e pela Secretaria de Estado da Tributação (SET), o Selo só será concedido às fontes de água que estiverem em dia com as obrigações tributárias e sanitárias. “Com esta medida, prevista na Lei Estadual 10.075/2016, somente poderão vender o produto, as empresas organizadas administrativamente e com o Alvará de Controle de Segurança Sanitária expedido pela Suvisa – Subcoordenadoria de Vigilância Sanitária do RN”, explicou Fernando Amorim, Secretário Adjunto de Tributação do RN em entrevista coletiva ocorrida pela manhã, na secretaria estadual, onde também estiveram presentes o Subcoordenador da Suvisa Ivens Trindade, o Presidente do Sindicato da Água Mineral Djalma Cunha Júnior e empresários do setor.

A obrigatoriedade do Selo é válida para todos os vasilhames de 10 e 20 litros de água mineral natural ou adicionada de sais em circulação no RN, mesmo que sejam provenientes de outros estados brasileiros. O documento terá cores diferentes: será azul para as águas minerais e verde para as adicionadas de sais como forma de ajudar o consumidor a diferenciar o tipo de produto que está comprando. “Além disso, o Selo não irá gerar mais custo aos empresários porque será subsidiado pelo Governo através de compensação tributária. Custará R$ 0,10 por garrafão e devolvido através de desconto no ICMS”, complementa Amorim.  A multa em caso de entrega, transporte, recebimento, estoque, depósito de vasilhames sem o Selo de Controle Fiscal ou aplicação do selo em local irregular (deverá estar no lacre) será de R$ 30 por vasilhame, já o extravio acarreta multa de R$ 20 por unidade, este mesmo valor será cobrado caso o extravio não seja comunicado à repartição fiscal.

Vantagens

 O Selo irá facilitar o trabalho de fiscalização da Vigilância Sanitária. “Vamos visitar periodicamente as empresas legalizadas.  Se o garrafão não estiver com o documento no lacre  é porque não oferece um produto confiável”, afirma Trindade. A população será a principal fiscalizadora para denunciar garrafões sem o selo, para isso, a Secretaria de Tributação lançará em breve, um aplicativo do órgão com a opção de denúncias e também para verificação das empresas que estão regulares. Em caso de denúncia de empresa irregular, a Suvisa poderá até fechar o estabelecimento.

“Essa ferramenta de controle fiscal permitirá a isonomia das indústrias, todas terão que trabalhar de forma regular.  Com a legalidade todos ganham, tanto o consumidor quanto o próprio setor de águas”, comenta Djalma Jr..

O setor de água mineral do RN conta atualmente com 19 fontes e gera cerca de 10 mil empregos diretos e indiretos.

Fonte: Portal BO
Leia Mais ››

Campeão da Copa RN fica com 60% da renda e garante calendário em 2018


O clube campeão da Copa RN vai garantir cota dos direitos de participação da Copa do Nordeste e Copa do Brasil de 2018. A final do 2º turno do Campeonato Potiguar tem vários atrativos para os clubes, ABC e Potiguar, que fazem nesta quarta-feira, às 19h45, na Arena das Dunas, a segunda partida da decisão. O Alvinegro venceu por 4 a 0, no primeiro confronto, e pode perder até pelo mesmo placar para garantir o título. Ao time de Mossoró, o desafio de vencer por cinco gols de diferença para conseguir a façanha.

O calendário das competições nacionais e ainda está em disputa a última vaga para Série D de 2018, entre Potiguar de Mossoró e América. Além disso, o vencedor garante 60% da renda da partida. O ABC, por ter melhor índice técnico, em função da campanha na estadual, garante este percentual até com o empate. O time mossoroense só garantirá 60% em caso de vitória.

O 60% da arrecadação da venda de ingressos da decisão é decorrente da renda líquida, como todos os jogos da competição, após a retirada das despesas da partidas, descontos da operação de jogos, impostos, taxas administrativas. A Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) tem o mando de campo nas finais do turno, mas a participação dos clubes é praticamente a mesma de toda competição, só muda a forma de receber todo resultado líquido e, sim, precisa vencer para ter a maior parte da arrecadação: 60%. Nas demais partidas, exceto finais, a arrecadação é do clube mandante, ficando com renda após os descontos das despesas administrativas.

A segunda vaga para Série D de 2018 vai depender deste jogo. Assegurado para o próximo ano apenas o Globo, campeão do primeiro turno, segundo colocado geral, com 26 pontos, só atrás do ABC, com 39, no somatório dos dois turnos até o momento. O América é o terceiro, com 22, tendo ASSU e Potiguar de Mossoró com 21 pontos, cada. Com isso, caso o Potiguar perca ou empate contra o ABC, nesta quarta-feira (18), a vaga será do América. Se o Potiguar vencer o Alvinegro de Natal passa o Alvirrubro e garante seu lugar na Série D de 2018.

Fonte: Portal Noar
Leia Mais ››

Governo teme que manifestações do dia 28 contaminem reformas


O governo vai tentar votar ainda nesta quarta-feira, 19, um novo requerimento de urgência para acelerar a tramitação da reforma trabalhista na Câmara. A pressa para aprovar o texto passa pelo temor de que as manifestações convocadas pela oposição para o próximo dia 28 façam os deputados da base desistirem de apoiar o projeto.

“Eu estou avisando, se não aprovarem a urgência do projeto, a reforma pode ir para as calendas”, disse o relator do texto, deputado Rogério Marinho (PSDB-RN), usando uma expressão que significa adiar algo para uma data que nunca há de vir.

As centrais sindicais convocaram para o próximo dia 28 uma greve geral contra as reformas da previdência, trabalhista e a aprovação da Lei da Terceirização irrestrita. Um interlocutor do governo afirma que, se a mobilização for muito grande, poderá fazer com que deputados desistam de apoiar as reformas, por medo da pressão popular.

A derrota durante a votação do requerimento de urgência nesta terça-feira, 18, surpreendeu o Palácio do Planalto, que vê a aprovação da reforma trabalhista como um termômetro para o apoio que o governo vai ter nas mudanças da Previdência.

O governo precisava de 257 votos a favor, mas conseguiu apenas 230. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), assumiu a responsabilidade da derrota e disse que cometeu um erro ao colocar o projeto em votação quando não havia número suficiente de deputados no plenário.

Nesta quarta, ele afirmou que a votação serviu de alerta para a base aliada perceber que precisa “ficar mais atento para não levar susto”. O líder do governo na Câmara, deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), começou o dia ligando para líderes da Casa para garantir a aprovação da urgência.

Se não conseguir aprovar o requerimento nesta quarta, a tramitação da reforma deve atrasar, pois o texto terá que seguir prazos regimentais e poderá ser votado na comissão somente daqui a duas semanas. A ideia do governo, porém, é aprovar o projeto no plenário da Câmara já na próxima semana.

Fonte: Estadão
Leia Mais ››

'Não vou dar trégua à bandidagem', diz nova secretária de Segurança do RN

Delegada Sheila Freitas promete não dar trégua aos bandidos  (Foto: Kalina Veloso)

A delegada de Polícia Civil Sheila Freitas, que assume a Secretaria de Segurança Pública do RN nesta quarta (19), pretende "otimizar o trabalho do efetivo reduzido de policiais" para combater a criminalidade no estado. Ela assume o cargo em um momento em que o Estado registra números alarmantes de homícidios e uma crescente onda de violência. "Não vamos dar trégua para os bandidos", disse.
No período de 1º de janeiro a 19 de abril de 2016, 567 pessoas foram mortas no RN. Já no mesmo período deste ano, 746 homicídios já foram registrados – um aumento de 31,57%. A nova secretária quer fazer operações nas ruas, como blitzen, por exemplo, para aumentar a sensação de segurança da população e inibir a ação dos bandidos.
"Precisamos da presença da polícia nas ruas"
Com perfil operacional, a delegada sabe que vai enfrentar problemas como a falta de recursos, equipamentos e pessoal, mas acredita que há ações que podem resultar em melhorias rápidas e disse que pretende participar das ações da polícia nas ruas.
"Eu costumo dizer que não sou policial, eu nasci policial. E eu vou continuar indo pra rua, fazendo parte das operações. Segurança não é uma coisa que agente faça com rapidez, mas eu acredito que é possível se amenizar muita coisa e isso é urgente porque todos nós temos família e estamos todos à mercê dessa violência", disse.
"É preciso que o secretário veja in loco a situação: onde faltam policiais, equipamentos, onde está o problema"
Crise
Atualmente, o RN enfrenta uma crise sem precedentes na segurança pública, principalmente quando se trata de homicídios. Dados do OBVIO apontam para um aumento significativo no número de assassinatos registrados no estado. No período de 1º de janeiro a 19 de abril de 2016, por exemplo, 567 pessoas foram mortas no RN. Já no mesmo período deste ano, 746 homicídios já foram registrados – um aumento de 31,57%

No início do mês, uma pesquisa elaborada e divulgada pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal, revelou outro dado preocupante ao apontar Natal, a capital potiguar, como a 10ª cidade mais violenta do mundo. A lista, que possui 50 cidades, inclui 19 cidades brasileiras. Destas, Natal é a primeira, com 69,56 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes.
A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social do estado (Sesed) não havia se pronunciado a respeito da estatística até o fechamento desta reportagem.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Delator diz que Odebrecht pagou mesada de R$ 547 mil a Cunha por 3 anos


O ex-executivo da Odebrecht Benedicto Júnior afirmou em depoimento ao Ministério Público que o ex-presidente da Câmara e deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recebeu, durante três anos, pagamentos mensais de R$ 547 mil. Atualmente, o peemedebista está preso em Curitiba.
Segundo o delator, que foi presidente da Odebrecht Infraestrutura, os pagamentos foram feitos entre setembro de 2011 e agosto de 2014. O valor total pago a Cunha, de acordo com Benedicto Júnior, somou R$ 9.6 milhões.
Durante o depoimento, o ex-executivo da Odebrecht afirmou que Cunha solicitou o valor "a pretexto de campanhas políticas do PMDB" e era equivalente a 1,5% do valor da obra do Porto Maravilha, no Rio de Janeiro, liberado para a empreiteira.
Eduardo Cunha já foi denunciado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, por suspeitas de ter recebido propina de três empreiteiras que participaram das obras do Porto Maravilha - Odebrecht, OAS e Carioca Engenharia. De acordo com a denúncia, o peemedebista recebeu R$ 52 milhões em propina das três empreiteiras.
"Entre agosto e setembro de 2011, eu fui pessoalmente procurado pelo deputado Eduardo Cunha que me pediu uma reunião. Eu me encontrei com ele [...], ele fez um breve relato do que ele conhecia do Porto Maravilha, que estava em andamento, já havia sido constituído (?), tudo andando normalmente. Ele, a título de campanhas futuras, me pediu que eu fizesse pagamento da ordem de 1,5% do valor liberado para o projeto em 36 parcelas", afirmou o ex-executivo.
Ele explicou ainda que decidiu fazer os pagamentos porque Cunha "era uma pessoa relativamente importante no cenário" e porque o então deputado "tinha uma pessoa dentro do conselho" do Fundo de Investimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FI-FGTS) e a Odebrecht "não queria ter problemas nesse assunto".
"Então, concordei, avaliamos dessa forma", explicou Benedicto Júnior.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Exército entrega medalha de condecoração ao juiz Sérgio Moro

O presidente da República, Michel Temer (de costas à direita), cumprimenta o juiz federal Sérgio Moro na chegada à cerimônia em comemoração ao Dia do Exército, realizada no QG do Exército em Brasília (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

O Exército brasileiro entregou nesta quarta-feira (19) ao juiz Sérgio Moro a medalha da Ordem do Mérito Militar. O magistrado conduz, na primeira instância, em Curitiba, a Operação Lava Jato – cujos desdobramentos mais recentes implicaram diretamente oito ministros do governo Michel Temer.
A condecoração – a mais importante do Exército – foi entregue ainda a cerca de outros 100 homenageados.
O presidente Michel Temer participou do evento, que durou uma hora. Ele permaneceu sentado a maior parte do tempo.
A Ordem do Mérito Militar é uma condecoração dada a militares, cidadãos, organizações e instituições que tenham prestado relevantes serviços ao Exército brasileiro. Os nomes dos homenageados foram selecionados por uma comitiva liderada pelo Chefe do Estado-Maior do Exército, Sérgio Etchegoyen. O aval final é do ministro da Defesa, Raul Jungmann.
Segundo os critérios de concessão do título disponível no site do Exército brasileiro, os homenageados devem “distinguir-se no âmbito da Força, ou entre os seus pares, pelo valor pessoal e pelo zelo profissional e ter prestado ao Exército ou à segurança nacional serviços de relevância, em qualquer domínio”.
Ao abrir o evento, o comandante do Exército, general Eduardo Villas Boas, chamou a atenção para a “coincidência de crises extensas e profundas” pelas quais atravessa o país. Destacou o “colapso da segurança pública”, “aguda crise moral, expressa em incontáveis escândalos de corrupção”, “ineficiência” e ausência de “um mínimo de disciplina social”.
“Este momento tão grave não pode servir a disputas paralisantes; pelo contrário, ele exige, do povo e de suas lideranças, a união de esforços que nos catalise o esforço de regeneração, para restabelecer a esperança e a confiança que nos permita identificar nossos objetivos comuns e reconstruir, a partir daí, o sentido de projeto de nação que nos legaram os heróis de Guararapes”, disse o general.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Polícia indicia Marcos Harter por caso de agressão a Emilly Araújo do BBB 17

 Marcos discute com Emilly levantando o dedo  (Foto: Reprodução/TV Globo)

A polícia do Rio indiciou o médico Marcos Harter após investigação sobre o caso de agressão à estudante Emilly Araújo dentro da casa do Big Brother Brasil 17. A informação foi confirmada nesta quarta-feira (19) pela GloboNews. O médico foi indiciado por lesão corporal com base na Lei Maria da Penha.
Houve análise das imagens, das declarações prestadas e do teor do laudo pericial, que segundo a polícia não deixam dúvida quanto à autoria. Ainda de acordo com a investigação, foi constatado constatado que as lesões da vítima se deram em razão das "ações intencionais do autor".
O inquérito foi encaminhado ao Ministério Público.
Mais cedo, o ex-BBB Marcos Harter entrou com pedido de habeas corpus para suspender as investigações da Deam de Jacarepaguá. O cirurgião plástico alegou que a delegada Viviane da Costa não tem atribuição para presidir o inquérito e que a vítima, com quem teve um relacionamento no reality show, não representou contra ele. Emilly foi a campeã do Big Brother Brasil 17.
O juiz Marco Couto, da 1ª Vara Criminal de Jacarepaguá, determinou que a delegada preste esclarecimentos sobre o caso em 72 horas. Só então ele decidirá sobre a concessão ou não da liminar.
“Considerando as circunstâncias do caso concreto, entendo que o pedido de liminar deva ser examinado após a Autoridade Coatora prestar as suas informações, já que a inicial veio desamparada de qualquer cópia dos autos do inquérito policial. Por isso, oficie-se à Autoridade Policial, a fim de que preste esclarecimentos, no prazo de 72 horas, sendo certo que o pedido liminar será examinado com a chegada de tais informes”, disse o magistrado em seu despacho.
Médico diz que não teve intenção de machucar
No dia 12 de abril, Marcos Harter esteve na Deam-Jacarepaguá para prestar depoimento. Ele chegou ao local acompanhado da irmã e não deu entrevistas. Um dia antes, Harter usou a sua conta no Twitter para falar sobre a acusação. O médico alegou que nunca teve a intenção de machucar a estudante, com quem vinha mantendo uma relação amorosa.

Harter foi eliminado do Big Brother Brasil 17 no dia 10. A decisão foi baseada nas regras do reality show, que proíbem agressão física, e nas investigações da Polícia Civil do Rio.
O apresentador Tiago Leifert disse que, com a abertura do inquérito, o programa falou com Emilly pela segunda vez no confessionário. Em uma primeira conversa, ela não havia denunciado nenhuma agressão física.
"Com base nesse inquérito, tivemos uma nova conversa com a Emily, inclusive com exame médico. Desde o primeiro momento, desde que tudo aconteceu, a Globo agiu firmemente, incansavelmente, a gente envolveu advogados, especialistas, psicólogos. Conversamos muito para tomar uma decisão correta, justa. Na conversa de hoje, ficaram comprovados indícios de agressões físicas. No BBB, agressão gera expulsão, e a decisão foi tomada: o Marcos está eliminado do BBB 17", explicou o apresentador.
Emilly foi a campeã da 17ª edição do programa, que chegou ao fim na quinta-feira (13). Ela disputou a final ao lado das participantes Ieda e Vivian e ganhou R$ 1,5 milhão.
Briga após festa
Na madrugada do dia 9, Marcos e Emilly tiveram uma discussão após uma festa na casa. As câmeras registraram o momento em que Marcos grita com Emilly e a deixa contra a parede.
"Presta atenção! Presta atenção! Você só está comigo, presta atenção, só mais um pouquinho. Você só está comigo porque eu quero que você ganhe, é isso?", pergunta Marcos.
Depois, na parte externa da casa, Emilly reclama de dor no punho:
"Eu não quero saber. Olha aqui, tu me besliscou de novo, Marcos. Tu apertou meu pulso, tá doendo".
Marcos argumenta: "Tá, peraí, toda vez que você mostra isso eu tenho que mostrar as vezes que você me unhou".
Emilly rebate: "Foi uma vez".

Fonte: G1
Leia Mais ››

Curitiba registra cinco casos de tentativa de suicídio de adolescentes em uma madrugada, diz prefeitura


Curitiba registrou cinco tentativas de suicídio de adolescentes na madrugada desta terça-feira (18), de acordo com a prefeitura. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, os pacientes têm entre 13 e 15 anos. Os casos serão investigados. Os adolescentes, conforme a prefeitura, estão em casa e são acompanhados por equipes dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps) da cidade.
Nesta quarta-feira (19), a prefeitura informou que há mais três situações onde os adolescentes se auto feriram.
Diante destas ocorrências, a Prefeitura de Curitiba publicou um alerta voltado para pais e responsáveis por crianças e adolescentes e também para profissionais da área de educação e da saúde em relação ao chamado jogo Baleia Azul, que propõe 50 desafios aos adolescentes e sugere o suicídio como última etapa.
Apesar do aviso, a Prefeitura de Curitiba afirma que ainda não há confirmação de que as tentativas de suicídio estão atreladas ao jogo.
"Ainda não há confirmação se os casos têm relação com o jogo. Os casos serão investigados. Além disso, serão desenvolvidas atividades de prevenção ao suicídio nas escolas com estudantes adolescentes, faixa etária alvo do jogo. A ação envolve as secretarias municipal e estadual de Educação", afirma a prefeitura.
O secretário de Saúde de Curitiba, João Carlos Baracho, orienta os pais a conversarem com os filhos e prestarem atenção no comportamento deles. Ele informou que as famílias podem procurar os postos de saúde para conseguir ajuda.
1. Fique atento à mudança de comportamento
Uma mudança brusca de comportamento pode ser sinal de que a criança ou o adolescente esteja sofrendo com algo que não saiba lidar, segundo Elizabeth dos Reis Sanada, doutora em psicologia escolar e docente no Instituto Singularidades.
“Isolamento, mudança no apetite, o fato de o adolescente passar muito tempo fechado no quarto ou usar roupas para se esquivar de mostrar o corpo são pistas de que sofre algo que não consegue falar”, diz.
2. Compartilhe projetos de vida
Para entender se a criança ou adolescente está com problemas é fundamental que os pais se interessem por sua rotina. Elizabeth reforça que este deve ser um desejo genuíno, e não momentâneo por conta da repercussão do “Jogo da Baleia”.

“Os pais devem conhecer a rotina dos filhos, entender o que fazem, conhecer os amigos”, afirma a Elizabeth. Ela lembra que muitos adolescentes “falam” abertamente sobre a falta de motivação de viver nas redes sociais. Aos pais cabe incentivar que os filhos tenham projetos para o futuro, tracem metas como uma viagem, por exemplo, e até algo mais simples, como definir a programação do fim de semana.
3. Abra espaço para diálogo
Filhos devem se sentir acolhidos no âmbito familiar, por isso, Elizabeth reforça que é necessário que os pais revertam suas expectativas em relação a eles. “É preciso que o adolescente se sinta à vontade para falar de suas frustações e se sinta apoiado. Se ele tiver um espaço para dividir suas angústias e for escutado, tem um fator de proteção”, afirma Elizabeth.
Angela Bley, psicóloga coordenadora do instituto de psicologia do Hospital Pequeno Príncipe, diz que o adolescente com autoestima baixa, sem vínculo familiar fortalecido é mais vulnerável a cair neste tipo de armadilha. “O que tem diálogo em casa, não é criticado o tempo todo, tem autoestima melhor, tem risco menor. Deixe que ele fale sobre o jogo, o que sente, é um momento de diálogo entre a família.”
Angela reforça que muitas vezes o adolescente não tem capacidade de discernir sobre todo o conteúdo ao qual é exposto. “Por isso é importante o diálogo franco. Não pode fingir que esse tipo de coisa não existe porque ele sabe que existe.”
4. Adolescentes devem buscar aliados
O adolescente precisa buscar as pessoas em que confia para compartilhar seus anseios, seja no ambiente escolar ou familiar, segundo as especialistas. “Que ele não ceda às ameaças de quem já está em contato com o jogo e entenda que quem está a frente deles são manipuladores”, diz Elizabeth.
5. Escolas podem criar iniciativas pela vida
Assim como a família, as escolas podem ajudar a identificar situações de risco entre os alunos. “Não é qualquer criança que vai responder ao chamado de um jogo como esse, são os que têm situações de vulnerabilidade. A escola ajuda a construir laços e tem papel fundamental de perceber como os alunos se desenvolvem”, afirma Elizabeth.
Alguns colégios, já cientes da viralização do jogo, começaram a pensar em alternativas para aumentar a conscientização sobre a importância de cuidade da vida. No Colégio Fecap, que fica na Região Central de São Paulo, essa ideia virou projeto escolar: a turma de alunos do ensino médio técnico de programação de jogos digitais começou a criar uma espécie de “contra-jogo” da Baleia Azul.
“O jogo ainda está sendo produzido pelos alunos. Eles estão se reunindo e debatendo a questão. Serão 15 desafios de como desfrutar melhor da vida e celebrá-la”, conta o professor Marcelo Krokoscz, diretor do colégio.
Durante o curso, os estudantes aprender a aplicar linguagens de programação para criar jogos para computadores, videogame, internet e celulares, trabalhando desde a formação de personagens, roteiros e cenários até a programação do jogo em si. Segundo Krokoscz, a ideia é que o jogo, ainda sem prazo de lançamento, esteja disponível on-line para o público em geral.
Ele afirma que o objetivo é a ajudar os jovens a verem o lado bom da vida. “Impacta mais fortemente nossos alunos a partir do momento que eles mesmos criam um jogo a favor da vida.”

Fonte: G1
Leia Mais ››

Polícia Federal desarticula grupo criminoso que fraudava o seguro-desemprego


Cerca de 60 agentes da Polícia Federal (PF) cumprem na manhã de hoje (19) mandados judiciais na operação que objetiva de desarticular organização criminosa especializada em fraudes no seguro-desemprego.

Os mandados foram autorizados pela 1ª Vara Federal da Subseção Judiciária de Anápolis, em Goiás. Estão sendo cumpridos oito mandados de prisão preventiva, dois de de condução coercitiva, quando apessoa é levada para a delegacia para depor e, em seguida, é liberada, seis de busca e apreensão.

As ações da PF ocorrem nas cidades de Anápolis e Caldas Novas, em Goiás; Nova Lima, em Minas Gerias; São Félix do Araguaia, no Mato Grosso; e Redenção, no Pará.

Segundo a PF, os crimes “contavam com a colaboração de prepostos do Ministério do Trabalho e agente púbicos cooptados pelo grupo criminoso para alterarem os endereços dos verdadeiros beneficiários, a fim de desviar cartões”.

De acordo com as investigações, os integrantes da quadrilha usavam os cartões para sacar o dinheiro das vítimas em agências lotéricas. A PF estima que a quadrilha tenha desviado mais de R$ 3 milhões em benefícios.

Fonte: Agência Brasil
Leia Mais ››

VÍDEO MOSTRA HOMEM ARREMESSANDO DROGA DENTRO DO CDP DE ASSU-RN E SENDO PRESO


Vídeo mostra momento em que agentes penitenciários do Centro de Detenção Provisória de Assu prenderam um homem, nesta quarta-feira (19), após o mesmo ser flagrado jogando droga e um celular para dentro da unidade prisional.
O suspeito, identificado como Hustanio Silva Camara, vulgo "Nore", de 41 anos, foi filmado pela câmera de segurança do CDP. Os agentes flagraram a ação e conseguiram rapidamente deter o homem antes que ele fugisse.
A prisão foi feita pelos agentes Junior, Paulo André, Sousa e Hudson. Além de maconha e celular, a sacola arremessada pelo suspeito também tinha um pacote de fumo.


Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Em pouco mais de um mês, dobra o número de mulheres mortas no RN

Nesta quarta (19), mãe e filha foram mortas a tiros em frente de casa na Grande Natal (Foto: Marksuel Figueredo/Inter TV Cabugi)

Em pouco mais de 40 dias, o número de mulheres assassinadas do Rio Grande do Norte em 2017 mais que dobrou. Segundo dados do Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO) – instituto que contabiliza e analisa os crimes contra a vida no estado – 16 haviam sido mortas até o dia 8 de março, quando foi divulgado o último levantamento em razão do Dia Internacional da Mulher. Nesta quarta-feira (19), com mais quatro mulheres mortas, o número da violência chegou a 36.
O G1 teve acesso a dados atualizados nesta quarta pelo OBVIO. E, segundo consta no Mapa do Feminicídio, o número de assassinatos de mulheres em território potiguar vem subindo constantemente nos últimos três anos. Em 2015, de 1º de janeiro a 19 de abril, foram registrados 19 homicídios; no ano passado, 26 mulheres foram mortas no mesmo período. Agora, em 2017, chega a 36 o número de mulheres assassinadas no estado - o que representa um aumento de 38,5% em relação ao mesmo período de 2016.


Mapa do Feminicídio no RN em 19 de abril de 2017 (Foto: Divulgação/OBVIO)Mapa do Feminicídio no RN em 19 de abril de 2017 (Foto: Divulgação/OBVIO)
Mapa do Feminicídio no RN em 19 de abril de 2017 (Foto: Divulgação/OBVIO)

Quatro em um dia
Mãe e filha, Maria Terezinha Alves, 49 anos, e Marluce Alves Gonçalves, 21, foram mortas a tiros na frente de casa em Ceará-Mirim, na Grande Natal, na madrugada desta quarta-feira (19). Segundo a Polícia Militar, elas tinham envolvimento com tráfico de drogas. Já de manhã, duas jovens foram encontradas assassinadas na beira do rio Pitimbu, em Parnamirim.
Crise
Atualmente, o RN enfrenta uma crise sem precedentes na segurança pública, principalmente quando se trata de homicídios. Dados do OBVIO apontam para um aumento significativo no número de assassinatos registrados no estado. No período de 1º de janeiro a 19 de abril de 2016, por exemplo, 567 pessoas foram mortas no RN. Já no mesmo período deste ano, 746 homicídios já foram registrados – um aumento de 31,57%
No início do mês, uma pesquisa elaborada e divulgada pela ONG mexicana Conselho Cidadão para Segurança Pública e Justiça Penal, revelou outro dado preocupante ao apontar Natal, a capital potiguar, como a 10ª cidade mais violenta do mundo. A lista, que possui 50 cidades, inclui 19 cidades brasileiras. Destas, Natal é a primeira, com 69,56 homicídios para cada grupo de 100 mil habitantes.
A Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social do estado (Sesed) não havia se pronunciado a respeito da estatística até o fechamento desta reportagem.
Nesta quarta, a delegada Sheila Freitas, especializada em combate ao crime organizado, teve seu nome anunciado pelo governador Robinson Faria como a nova secretária de Segurança do estado. Ela substitui o delegado federal Caio Bezerra, que pediu exoneração na segunda-feira (17) depois de passar seis meses no cargo.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Jovens são encontradas mortas à margem de rio na Grande Natal

Corpos das duas jovens foram encontrados em uma área de mata fechada, às margens do rio Pitimbu, em Nova Parnamirim (Foto: PM/Divulgação)

Duas jovens foram assassinadas e os corpos encontrados na manhã desta quarta-feira (19) à margem do rio Pitimbu, em Parnamirim, cidade da Grande Natal. Segundo o tenente Louzada, oficial de serviço no 3º Batalhão da Polícia Militar, o local fica perto da comunidade 'Toca da Raposa', no bairro de Nova Parnamirim.
Ainda de acordo com o tenente, o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) já foi ao local para recolher os corpos. As jovens ainda não foram identificadas. O oficial não soube informar sobre possíveis suspeitos nem a motivação do crime.
A PM ainda fez buscas pela região, mas nenhum suspeito foi localizado.
4 mulheres mortas
Além das duas jovens encontradas mortas em Nova Parnamirim, a PM registrou o assassinato de outras duas mulheres nesta quarta-feira no Rio Grande do Norte. Mãe e filha foram mortas a tiros em Ceará-Mirim, cidade que também faz parte da Grande Natal.

Fonte: G1
Leia Mais ››

TCE determina que Prefeitura de Natal devolva R$ 15 milhões do Natalprev

Prefeitura de Natal - Palácio Felipe Camarão (Foto: Ricardo Araújo/G1)

Em decisão da Primeira Câmara, nesta quarta-feira (19), o Tribunal de Contas do Estado determinou ao prefeito de Natal, Carlos Eduardo, e à presidente do NatalPrev o prazo de 15 dias para devolver os R$ 15,8 milhões sacados do fundo previdenciário. Caso não haja a devolução, haverá o bloqueio do valor na conta da Prefeitura e uma multa diária, para cada um, de R$ 10 mil.
O voto do conselheiro-relator, Tarcisio Costa, foi acompanhado pelo dois outros conselheiros da Primeira Câmara: Carlos Thompson Fernandes e Adelia Sales. Em voto próprio, Thompson fez alguns acréscimos, entre eles o prazo de 15 dias a individualização das multas.
O saque de recursos do Natalprev, embora aprovado pela Câmara de Vereadores, foi proibido pelo Tribunal de Contas do Estado. Mesmo assim, a prefeitura chegou a anunciar que fará uso dos recursos e que vai recorrer da decisão do TCE.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Especialista em combate ao crime organizado, delegada é anunciada nova secretária de Segurança do RN

Delegada Sheila Freitas é a nova titular da Secretaria de Segurança  (Foto: Kalina Veloso)

A delegada Sheila Freitas, especializada em combate ao crime organizado, é a nova titular da Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social do Rio Grande do Norte (Sesed). O anúncio foi feito na manhã desta quarta-feira (19) pelas redes sociais do governador Robinson Faria. Sheila assume a pasta com a saída de Caio Bezerra, que pediu exoneração na segunda-feira (17).

"uma mulher destemida e muito corajosa"

Em carta encaminhada ao governador Robinson Faria, ele alegou que deixa a pasta por "razões de ordem estritamente particular". Além dele, o delegado geral da Polícia Civil também pediu para sair. Claiton Pinho ficou à frente da Degepol por nove meses.
Currículo
Sheila Maria Freitas de Souza Fernandes e Melo, natural de Natal, é delegada de Polícia Civil do Rio Grande do Norte desde 14 de agosto de 2000. Durante os 16 anos em que está na instituição, foi a titular da Divisão Especializada em Combate ao Crime Organizado (Deicor), de delegacias especializadas existentes na capital e de unidades da Polícia Civil no interior do Estado. O último cargo ocupado pela delegada Sheila Freitas foi a Diretoria de Polícia da Grande Natal (DPGRAN).
Em Natal, a delegada foi a titular da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (Defur), da Delegacia de Assistência ao Turista (Deatur) e da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (Deprema). Além das delegacias especializadas, foi a titular do 1o. Distrito Policial, na Cidade Alta e do 11o. Distrito Policial, bairro Cidade Satélite, em Natal. No interior do Estado, foi a titular das delegacias municipais de Caraúbas, Triunfo Potiguar, Martins e Serrinha dos Pintos.
É bacharel em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e pós-graduada em Políticas e Gestão em Segurança Pública pela Estácio de Sá/FATERN. Sheila Freitas é integrante do corpo docente da Academia de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (Acadepol).

Fonte: G1
Leia Mais ››

Irmão de Silvio Santos é alvo de operação da Polícia Federal


O empresário Henrique Abravanel, irmão do apresentador Silvio Santos, é um dos alvos da Operação Conclave da Polícia Federal. A investigação é sobre o processo de venda de ações do banco Panamericano, que era da família Abravanel, para a Caixa Econômica Federal em 2009. O banco foi vendido posteriormente para o BTG Pactual em 2011. Segundo a Polícia Federal, são cumpridos 46 mandados de busca e apreensão em cinco estados e no Distrito Federal. A apuração é sobre a prática de crimes de gestão temerária e gestão fraudulenta nos negócios.
Henrique integrou o Conselho de Administração do Panamericano quando a gestão estava nas mãos da família. A Caixa comprou 49% das ações do banco em 2009 por R$ 739 milhões. No ano seguinte descobriu-se que a instituição financeira tinha um rombo bilionário. Em 2011, a família Abravanel saiu do negócio vendendo suas ações para o BTG Pactual.
A investigação apura se o negócio gerou prejuízo ao banco público, seus correntistas e clientes. A investigação identificou três núcleos criminosos: o de agentes públicos, responsáveis pelas assinaturas de pareceres e contratos, o de consultorias, contratadas para dar legitimidade aos negócios, e o de empresários, que conheciam a real situação das empresas. Os investigados poderão responder por gestão temerária ou fraudulenta, crimes que tem penas de até 12 anos de reclusão.
O nome da operação faz referência ao processo de escolha do Papa. A PF explica que utilizou a expressão porque as negociações ocorreram de forma sigilosa em formato semelhante ao usado no Vaticano.

Fonte: O Globo
Leia Mais ››

Lista sigilosa de Fachin cita Lula, Palocci e Cunha, diz jornal


A parcela dos documentos relacionados à delação dos executivos da Odebrecht que ainda está sob sigilo contém citações ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao ex-ministro Antonio Palocci e ao ex-presidente da Câmara, deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informou o jornal 'O Estado de S. Paulo', que teve acesso a decisões do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Feeral (STF).
Esses casos ainda estão sob sigilo para preservar as investigações. Em alguns, o ministro pediu mais informações ao Ministério Público Federal. Em outros, o pedido de investigação feito pelo MPF foi enviado para outras instâncias do Judiciário. Ainda não está decidido se as investigações desses casos serão abertas ou não.
Campanhas eleitorais no exterior
As revelações dos delatores mostram como o departamento de propina da Odebrecht se estendeu a vários países. A empreiteira teria feito pagamentos mais de R$ 200 milhões, ilegalmente, em obras no exterior. Os delatores mencionaram pagamento de R$ 114,5 milhões em propina na obra do metrô de Caracas, na Venezuela. No Equador, a construção da hidrelétrica Toachi-Pilatón teve, segundo os delatores, propina de R$ 3,1 milhões.
Segundo o jornal, há relatos de pagamento de vantagens indevidas em nove campanhas eleitorais, em um total de R$ 17,43 milhões.
Nas delações, os executivos da Odebrecht falaram sobre doações de campanha no exterior negociadas pelo ex-ministro Antonio Palocci (PT).
Ele teria pedido R$ 9,3 milhões para o candidato à Presidência do Peru, Ollanta Humala, e R$ 5,3 milhões para o marqueteiro João Santana, pela campanha de Mauricio Funes à presidência de El Salvador.
Os delatores relatam ainda o pagamento indevido de R$ 15,5 milhões para Emilio Lozoya, ex-presidente da Pemex, a estatal de petróleo do México, e de R$ 62 milhões para um ministro angolano não identificado.
No caso de Angola, outra petição diz respeito à suposta atuação de Lula para favorecer a empresa do sobrinho dele Taiguara Rodrigues dos Santos.
Segundo delatores, a empresa Exergia teria sido contratada pela Odebrecht, apesar de não ter experiência no ramo.
O contrato previa a prestação de serviços entre 2011 e 2014, quando Lula já havia deixado a Presidência.
As informações e documentos referentes a essa delação serão encaminhados à Justiça Federal do Paraná, a pedido da Procuradoria Geral da República, porque fatos semelhantes já eram apurados anteriormente.
Delatores também contam que Lula e o hoje governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), atuaram para viabilizar as obras da Odebrecht no Porto de Mariel, em Cuba.
O ex-presidente Lula nega as acusações. A assessoria do petista diz que ele vem sendo acusado sem provas. O G1 não conseguiu contato com o advogado de Antonio Palocci.
PMDB
Campanhas eleitorais feitas no Brasil também estão relacionadas nas delações ainda sob sigilo.
Seis delatores fizeram referência à obra da usina hidrelétrica de Belo Monte. Esses documentos serão incluídos em inquéritos já existentes no Supremo Tribunal Federal envolvendo integrantes da cúpula do PMDB.
Delatores apontaram pagamento de R$ 2 milhões para o ex-ministro Henrique Eduardo Alves (PMDB) na campanha para o governo do Rio Grande do Norte em 2014.
Segundo os delatores, o próprio ex-candidato e o ex-deputado Eduardo Cunha teriam pedido o dinheiro à empreiteira.
A defesa de Eduardo Cunha afirma que os delatores apontam atos ilícitos sem qualquer prova do ocorrido, "em uma busca inexplicável" de envolvê-lo nos crimes da Lava Jato.

Fonte: G1
Leia Mais ››