Usuários Online

RÁDIO CIDADE AO VIVO

quinta-feira, junho 29, 2017

Oposição quer que STF mande Maia analisar pedidos de cassação de Temer


Quatro deputados da oposição protocolaram um mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal (STF) solicitando que a Corte mande o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), analisar os 21 pedidos de impeachment protocolados contra o presidente Michel Temer desde 17 de maio, data em que veio à tona o conteúdo das delações premiadas dos executivos do grupo J&F, dono do frigorífico JBS.
Na peça judicial apresentada na noite desta quarta-feira (28), Alessandro Molon (Rede-RJ), Henrique Fontana (PT-RS), Júlio Delgado (PSB-MG) e Aliel Machado (Rede-PR) pediram que a Suprema Corte conceda uma liminar (decisão provisória) para obrigar Maia a avaliar se os requerimentos reivindicando a cassação do peemedebista preenchem os requisitos básicos e formais exigidos para esse tipo de ação.
Além disso, eles solicitaram que o tribunal determine a instalação das comissões especiais responsáveis pela análise do mérito dos pedidos de impeachment que preencham os requisitos formais previstos em lei.
Responsável por autorizar a abertura de processos de impeachment apresentados contra o presidente da República, Maia ainda não apreciou nenhum dos pedidos de cassação protocolados contra Temer.
Até a última atualização desta reportagem, o sistema do STF ainda não havia sorteado qual ministro do tribunal iria relatar o caso.
"Não cabe ao presidente da Câmara fazer análise de fundo da matéria [pedido de impeachment]. Ao presidente cabe identificar se os requisitos formais estão atendidos e se existe justa causa, se há razoabilidade no pedido. Havendo isso, tem que ser criada a comissão", disse Molon ao G1.
"Não cabe ao Rodrigo analisar se houve ou não crime de responsabilidade, e sim à comissão especial", complementou o líder da Rede na Câmara.
No mandado de segurança, os quatro parlamentares oposicionistas destacam que Temer é alvo de uma denúncia no próprio tribunal por corrupção passiva.
Eles ressaltam ainda na ação os episódios relatados pelos delatores da J&F, como o fato de o ex-assessor do Planalto e ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) ter sido flagrado pela Polícia Federal (PF) recebendo uma mala com R$ 500 mil entregues por uma executivo da holding dos irmãos Batista.
Em uma conversa gravada pelo empresário Joesley Batista, Michel Temer indica Rocha Loures para ser seu interlocutor com o dono da J&F.
"A inércia da autoridade impetrada [Rodrigo Maia] cria um salvo conduto para a continuidade dos crimes de responsabilidade praticados pelo presidente da República, uma vez que transmite a impressão de que haveria uma verdadeira blindagem no Poder Legislativo que impede a investigação e fiscalização dos atos do Poder Executivo", escreveram os parlamentares da oposição no pedido de liminar.
"É urgente a concessão da segurança pleiteada para que as denúncias de crime de responsabilidade protocolizadas e destinadas à autoridade impetrada sejam apreciadas e tenham seu trâmite retomado conforme manda a legislação", enfatizaram os deputados na ação.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Temer é notificado pela Câmara sobre denúncia da PGR por corrupção passiva

O presidente da República, Michel Temer (Foto: Evaristo Sa/AFP)

O presidente Michel Temer foi notificado oficialmente nesta quinta-feira (29) pela Câmara dos Deputados sobre a denúncia da Procuradoria Geral da República pelo crime de corrupção passiva.
O documento foi levado pelo primeiro-secretário da Câmara, Giacobo (PR-PR), e entregue ao subchefe de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo do Vale Rocha.
A notificação foi entregue no Planalto após a denúncia ser lida no plenário da Câmara. O procedimento é necessário para que o processo tenha andamento na Casa.
Por se tratar do presidente da República, o Supremo Tribunal Federal (STF) somente analisará a acusação do Ministério Público se a Câmara autorizar.
O presidente tem se defendido das acusações da PGR e afirmado não há provas concretas contra ele. Temer já disse, também, que a denúncia é uma "infâmia de natureza política" e uma "peça de ficção".
Com a notificação desta quinta, a defesa de Temer terá o prazo de até 10 sessões do plenário da Câmara para se manifestar.
Depois, será aberto prazo para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) debater e votar um parecer recomendando o prosseguimento da denúncia ou a rejeição. O relator na CCJ ainda não foi definido.
Independentemente do resultado na CCJ, o parecer será votado pelo plenário da Câmara. O relatório será submetido a votação nominal e cada um dos deputados terá de anunciar o voto no microfone. Para a denúncia ser autorizada e enviada ao Supremo, é preciso o apoio mínimo de 342 dos 513 deputados.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Sargento tido como duro no combate ao crime está entre os presos na operação Calabar

Sargento PM Oliveira, tido como duro no combate ao crime: para o tráfico, era o Sobrancelhudo, que recebia propina de R$ 1 mil semanais (Foto: Reprodução/TV Globo)

Reconhecido pela postura orgulhosa de seu ofício e pela dureza no combate ao crime, o sargento da PM André Luiz de Oliveira era, para os criminosos, o Sobrancelhudo. Preso nesta quinta-feira (29), ele era um dos alvos da maior operação de combate à corrupção policial da história do estado, que começou na madrugada, na Região Metropolitana do Rio, a operação Calabar.
Oliveira é um dos 96 policiais militares suspeitos de formar um batalhão paralelo, o "batalhão da propina". Todos estão ou já estiveram lotados no 7º BPM (São Gonçalo) entre 2014 e 2016. De acordo com as investigações da Polícia Civil e do Ministério Público, o esquema movimentava R$ 1 milhão por mês.
E entre as conclusões do inquérito, algumas chamam bastante a atenção. Uma delas: os PMs do 7º BPM deixavam o tráfico de drogas atuar com total liberdade, dentro da lógica de que, quanto mais os bandidos lucram, mais propina pagam. Os policiais também faziam vista grossa para o tráfico de armas.
As investigações revelaram que, para não levantar suspeitas, policiais e traficantes combinavam algumas apreensões de drogas, para que os PMs pudessem apresentar alguma produtividade. Em quase 30 favelas de São Gonçalo havia pagamento de propinas, mas três delas se destacam no "ranking do arrego": Salgueiro, onde os policiais cobravam R$ 196 mil por mês, Martins Viana, com R$ 86 mil, e Jardim Catarina, com R$ 76 mil mensais.
Havia também cobranças mais individuais, como a da patrulha do sargento Oliveira, o Sobrancelhudo, que arrecadava R$ 1 mil por semana. O dinheiro era entregue em muitos lugares e de diversas formas: em padarias, na frente de viadutos, dentro do batalhão, escondido em copos de refresco. Depois de recolhida, a propina era distribuída para os diferentes setores do batalhão.
Investigação começou há mais de um ano
O esquema foi descoberto há quase um ano pela Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSG). A primeira pista do esquema surgiu a partir da prisão de um suspeito, apontado como responsável por recolher a propina para os policiais.

Ele foi preso em fevereiro de 2016, na Avenida do Contorno, que liga Niterói a São Gonçalo, com R$ 28 mil em espécie, que seriam propina de traficantes para policiais do 7º BPM. Na ocasião, agentes da DH avaliavam o local onde havia morrido um PM e desconfiaram de um carro que passou pelo viaduto diversas vezes. Decidiram, então, abordá-lo.
O suspeito preso aderiu à delação premiada (algo inédito no âmbito de segurança) e detalhou o esquema que envolvia centenas de policiais em mais de 50 comunidades do município. Em troca, ele obteve a redução de sua pena.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Cristiano Ronaldo posa com filhos gêmeos: "Novos amores da minha vida"

Cristiano Ronaldo posa com filhos gêmeos:

Motivo do pedido de dispensa de Cristiano Ronaldo da seleção portuguesa da Copa das Confederações após a derrota para o Chile, os filhos gêmeos do jogador do Real Madrid foram enfim conhecidos. O craque postou uma foto em suas redes sociais em que segura as crianças, que se chamariam Eva e Mateo, segundo notícia da TV SIC.
- Muito feliz por poder segurar os dois novos amores da minha vida - escreveu Cristiano Ronaldo nas suas redes sociais.
Além do casal de filhos recém-nascidos, o português também é pai de Cristiano Jr., que completou sete anos há duas semanas.
No início da noite de quarta-feira, após a derrota para o Chile na semifinal, Portugal anunciou que liberou Cristiano Ronaldo da disputa do terceiro lugar, que será realizada no próximo domingo. O pedido partiu do próprio craque para que pudesse conhecer os filhos gêmeos recém-nascidos. Segundo o jornal britânico "Daily Mail", o casal de gêmeos (Mateo e Eva) nasceu há três semanas, mas a identidade da mãe não foi revelada. Cristiano Ronaldo atualmente namora a modelo espanhola Georgina Rodríguez, de 22 anos.

Cristiano Ronaldo faz comunciado em que explicava a saída da seleção portuguesa na Copa das Confederações (Foto: Reprodução/Facebook)
Cristiano Ronaldo faz comunciado em que explicava a saída da seleção portuguesa na Copa das Confederações (Foto: Reprodução/Facebook)

Fonte: Globo Esporte
Leia Mais ››

Quais são as medidas estritas de segurança que os EUA passarão a exigir de todos os voos com destino ao paí

Passageiros usam computadores durante voo nos EUA (Foto: REUTERS/Lucas Jackson/File Photo)

Passageiros em 280 aeroportos de 105 países enfrentarão medidas mais estritas de segurança em 280 aeroportos dos 105 países com voos diretos para os Estados Unidos.
É que o governo americano acabou de anunciar que nas próximas "semanas e meses" haverá um reforço dos controles de segurança diante da ameaça de "um inimigo flexível e ágil": o terrorismo.
O principal objetivo é impedir que extremistas transportem explosivos em dispositivos eletrônicos, segundo informou na quarta-feira o Departamento de Segurança Nacional (DHS, na sigla em inglês) do país.
Muitas companhias aéreas temiam a imposição de uma proibição geral para levar equipamentos como laptops ou tablets na bagagem de mão - como ocorre com passageiros que embarcam em oito países do Oriente Médio e da África -, mas esta não houve.
O que muda?
Funcionários do DHS informaram que serão feitas operações de segurança "visíveis e invisíveis" para os passageiros em aeroportos com voos diretos para os EUA.
Os agentes de segurança aplicarão mais controles de segurança para verificar a identidade e a bagagem dos passageiros antes do embarque, segundo as novas regras apresentadas.
Dispositivos eletrônicos pessoais como tablets e computadores portáteis serão submetidos a uma revisão mais rigorosa para detectar possíveis rastros de explosivos.
Também haverá um reforço na tecnologia para detectar ameaças, assim como um uso maior de cães farejadores. Os aviões que viajam aos EUA também serão submetidos a uma maior vigilância nos aeroportos de origem.
O DHS ainda prevê aumentar o número de "pontos de inspeção prévia" como os que atualmente têm em cinco países: Irlanda, Bahamas, Bermudas, Emirados Árabes e Canadá.
São seções especiais nos aeroportos nas quais os agentes de alfândega e proteção fronteiriça realizam as mesmas inspeções de migração, alfândega e agricultura que os aeroportos dos Estados Unidos, mas antes dos passageiros embarcarem.
Apesar de não terem sido revelados mais detalhes das medidas, espera-se que elas resultem em um tempo maior para embarcar no avião.

Essa nova política afeta 280 aeroportos em 105 países, a partir dos quais partem diariamente cerca de 2.100 voos aos EUA.
No Brasil, os aeroportos afetados serão os de São Paulo (Guarulhos), Rio de Janeiro (Galeão), Brasília, Campinas, Belo Horizonte, Manaus, Recife, Salvador, Curitiba e Porto Alegre.
Cerca de 325 mil passageiros devem passar pelas novas medidas todos os dias.
Por que agora?
O DHS disse em comunicado que detectou uma "teia de aranha" de ameaças que tem como objetivo realizar atentados contra aviões com passageiros.
"É necessário colocar em prática melhores medidas de segurança para todos os voos comerciais aos Estados Unidos", disse na quarta o diretor do DHS, John Kelly.
"O DHS desenvolveu essas novas medidas de segurança melhoradas para mitigar efetivamente as ameaças à aviação com o mínimo inconveniente para os passageiros", disse o funcionário.
Desde março, os dispositivos "maiores que um smartphone" não são permitidos nas bagagens de mão de passageiros em voos procedentes de Turquia, Marrocos, Jordânia, Egito, Emirados Árabes, Catar, Arábia Saudita e Kuwait.
A medida foi adotada pelo temor de que fossem colocados explosivos em seu interior que passassem despercebidos nos controles de segurança existentes.
Porém, Kelly disse na quarta-feira que, por enquanto, a proibição não deve ser ampliada a outros países.

No ano passado, as preocupações com segurança aérea ficaram mais acentuadas quando um membro do grupo extremista Al Shabab, da Somália, conseguiu entrar em um avião em Mogadíscio com um laptpop com explosivos. Este explodiu 15 minutos depois de o avião levantar voo, abrindo um buraco na fuselagem e forçando o avião a fazer um pouso de emergência.
Quando as novas regras serão aplicadas?
O DHS disse que as companhias aéreas têm 120 dias para se adaptar às novas solicitações de segurança, caso contrário, poderão ter de proibir que seus passageiros embarquem com eletrônicos maiores que um celular (laptops, tablets, consoles de jogos, livros eletrônicos, aparelhos de DVD, câmeras fotográficas, entre outros).
"Aqueles que não adotarem esses requisitos dentro de certos prazos correm o risco de que sejam impostas restrições adicionais de segurança", diz o DHS.
Funcionários do DHS citados pelo jornal "The Washington Post" indicaram que as normas devem entrar em vigor ainda neste verão (no hemisfério norte).
Em março, quando a proibição de laptops e afins foi imposta a oito países, as companhias haviam manifestado seu temor de que isso poderia desmotivar muitos passageiros viajando a negócios, que regularmente pagam por assentos mais caros.
Mas funcionários de segurança disseram que essa proibição poderia ser retirada nesses oito países caso sigam as novas regulações anunciadas na quarta-feira.
Kelly disse que são melhorias necessárias. "Não se enganem: nossos inimigos estão trabalhando constantemente para encontrar novos métodos para disfarçar explosivos, recrutar pessoas e sequestrar aviões".
"Temos que colocar em prática novas medidas em todos os âmbitos para manter a segurança de todos os passageiros e dificultar o êxito dos terroristas", disse o diretor do DHS.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Em lágrimas, Montillo confirma adeus ao futebol: "Tirei um peso das costas"

Em lágrimas, Montillo confirma adeus ao futebol:

Mais do que um adeus ao Botafogo, a rescisão de contrato significou também a despedida de Montillo do futebol. Aos 33 anos, o meia argentino - principal contratação alvinegra para a temporada - oficializou sua aposentadoria nesta quinta-feira, em coletiva de imprensa no Nilton Santos.
Estádio do clube que o acolheu, mas que o destino quis que defendesse apenas 18 vezes e marcasse somente um gol, justamente em sua estreia, em amistoso, contra o Rio Branco-ES. Estreia promissora, que se transformou em frustração devido às seguidas lesões.
- Foi uma passagem muito rápida aqui no Botafogo, mas fui muito feliz. Vocês me ajudaram muito nessas coisas que estão acontecendo. Eu me machuquei cinco vezes seguidas, nunca tinha acontecido. Infelizmente, meu corpo começou a avisar que eu não ia ficar 100%. Tentei. Nessa última vez fiquei dois meses treinando. Fiz tudo para voltar e tentar ajudar. Não consegui. A genética não deixou eu fazer o que eu mais gosto. Sempre falei para minha esposa: “Eu vou jogar até o momento em que eu consiga dar meu máximo”. Esse momento foi agora - disse, com os olhos marejados.

Montillo em uma de suas partidas com a camisa do Botafogo (Foto: Reprodução/Twitter)

Acompanhado da esposa Melina Ianazzo e dos filhos Valentin (9 anos) e Santino (5), que tanto lhe deram forças durante o difícil período, Montillo agradeceu ao Alvinengro e não conteve as lágrimas. Ao fim, foi aplaudido por todos os presentes na coletiva.
- Foram 15 anos muito bons para eu continuar uma coisa que sei que não vai dar certo. Prefiro ficar com as coisas boas que consegui no futebol, as amizades. E a melhor lembrança que fica é dos companheiros, que nos piores momentos sempre me ajudaram com uma palavra, com um sorriso. Nunca fui egoísta, mas nesse momento vou ser. Tirar esse peso das costas. Agradeço a todos pela compreensão. Sou um cara que sempre quis o melhor para mim e para minha família. E nesse momento, o melhor é parar.

Montillo com a esposa Melina Ianazzo e os filhos Valentin e Santino (Foto: Marcelo Baltar)

Montillo admitiu que a lesão logo nos primeiros minutos da partida contra o Avaí, após dois meses de preparação para o retorno aos gramados foi a gota d'água para decidir encerrar a carreira:
- Não tenho o perfil de ficar numa maca tentando fazer uma coisa que não ia dar certo. Para o clube, e também para mim, a decisão é correta. Não vou ficar aqui cobrando um salário e esperando para ver se eu consigo jogar. Sei que não ia dar certo. Não posso treinar mais do que treinei nesses dois meses. Fiz tudo certinho e não deu certo. Chegou o momento de parar, deixar os meninos que estão vindo jogar - disse.

Lesão em Botafogo x Avaí - últimos minutos de Montillo com a camisa alvinegra (Foto: Satiro Sodré/SSPress/Botafogo )

503 jogos, 88 gols e cinco títulos
No Brasil, Walter Montillo atuou por Botafogo, e teve passagens marcantes por Santos e, principalmente, Cruzeiro. Também passou por Shangong Luneng (China), Universidad de Chile (Chile), Morelia (México) e San Lorenzo (Argentina), time onde começou em 2002. Ao todo, entrou em campo 503 vezes, marcou 88 gols e deu 116 assistências, sua especialidade.
Em 15 anos de carreira, levantou cinco taças: Copa Sul-Americana (San Lorenzo, 2002), Torneio Apertura (Universidad de Chile, 2009), Campeonato Mineiro (Cruzeiro, 2011), Copa da China e Supercopa da China (Shandong Luneng, 2014 e 2015).
Números que o próprio argentino anotava em seu computador após cada jogo. E que a partir de agora não serão mais alterados.
Confira outras declarações de Montillo na coletiva:
"Vergonha", "soco" e "morte lenta"
Fiquei com vergonha. Mas não quero ter vergonha. Consegui muita coisa na minha carreira, além do futebol. Mas senti vergonha que nunca tinha sentido. Posso jogar mal ou bem, mas não assim. Ninguém quer machucar. Sei que criei uma expectativa muito grande. Foi o último soco que tomei. Não vou alimentar uma morte lenta. Pronto, acabou. O jogador de futebol morreu. Que apareçam muitos mais Montillo.
Sequência de lesões foi um basta: "Tentei, mas não deu"
Não foi vaidade ou sacanagem. Eu tentei. Mas não deu. Peço desculpas pode não ter correspondido à expectativa dos torcedores. Fiz de tudo para voltar, mas com 3 minutos senti de novo. Nunca fiquei numa maca esperando algo acontecer. Sempre foi trabalhando e jogando bola. Dessa vez, cinco lesões em seis meses. Não é meu perfil. Meu perfil é estar em campo. Tenho que me reinventar e fazer outa coisa. Isso me fez dizer chega. Mais do que isso eu não posso fazer.
Tristeza por não poder ajudar mais o Botafogo
Fico muito triste porque o Botafogo acreditou muito em mim. Eu acreditei no Botafogo. Não é desculpa para ninguém. Acontece, já era. Outra coisa vem pela frente. Fui muito feliz na minha vida toda. Mas nesse momento eu estava sofrendo muito. O Botafogo não merece isso.
O torcedor queria ver o Montillo bem, ajudando, jogando bem. Eu não conseguia. Ajudei no começo contra o Colo-Colo, mas não consegui ajudar do jeito que eu queria. Queria agradecer aos torcedores. Mesmo sem jogar bem, ele me respeita. E isso é algo que não se compra.
No momento que não sou útil, não dá mais. Esse momento foi agora. Feliz pela decisão que tomo e triste por não jogar no Botafogo o que não joguei na carreira. O clube acreditou em mim. E eu achei que fosse conseguir coisas importantes no clube. Não consegui dentro de campo. Mas fora consegui passar para os meninos um profissionalismo que vou levar para a vida toda.
Já falei ao Botafogo que estou à disposição. Vou ficar no Rio. Não como jogador, mas de alguma outra forma.
Última tentativa
Não posso treinar mais do que treinei nesses 2 meses. Fiz três períodos (de treinos) por dia. Chegou o momento de parar e dar chance aos meninos que estão começando. Meus companheiros sempre me ajudaram com sorriso e palavras.
Em abril, tive uma conversa com Jair. Pensamos que podia ser a mudança da China para o Brasil, muito jogos. Resolvemos fazer uma preparação diferente. Fizemos um trabalho certinho, de força. Voltei após 3 meses e joguei dois minutos. Vi que tinha algo estranho. Fiz tudo o que tinha que fazer, mas no jogo joguei só 3 minutos. Deu. O Jair não concorda com a decisão. Mas falei para ele que mais posso fazer? O corpo avisa.
Ajuda do Botafogo
Me falaram que eu podia ficar à vontade treinando, mas expliquei que fiquei treinando. Eu não podia mudar nada do que fiz. São 15 anos como jogador profissional. Entendo como se trabalha. Eu fiz a pré-temporada certinha. Prefiro sair. Até agora estava com cabeça para ajudar o time. Depois do último jogo, não. Não preciso disso. Tem jogadores que são muito fortes e conseguem ir além. Eu não consigo.
Quando pediu para não receber salários
Prefiro guardar as coisas boas que fiz, conquistei, os amigos... E não com a imagem de um cara que não consegue jogar. No momento em que falei que não queria mais receber o salário, estava com a cabeça boa para treinar. O Botafogo não aceitou. Agradeço. Mas dessa vez fiquei sem força. Vi minha família sofrer muito..
Peso da família na decisão
Eu como homem da casa preciso estar com a cabeça boa. Ou a família começa a cair aos poucos. Senti que chegava em casa em todos estavam sofrendo muito. O primeiro que sofria era eu. Outro dia cheguei e os 4 começaram a chorar. Eu disse “deu”. O futebol te leva a ficar muito longe da família.
Filho com síndrome de Down
Fiquei muito tempo fora de casa, foram 3 anos difíceis na China. Todos sabem que meu filho tem Síndrome de Down. Eles precisam de mim. Mas a maior causa não foi eles. Se eu tivesse condições de jogar, eu continuaria.
Meu filho Santino precisa de muito tempo. Agora vou ter um tempo para dedicar a ele. Ele precisa ser acompanhado no dia a dia. Minha esposa sempre o levava para todos os lugares. Agora vou ser um pouquinho pai. Vamos dividir. No início o descanso vai ser bom, mas depois vai ser difícil. Vou estudar algo que queria fazer. A vida continua. Ninguém morreu porque deixou de jogar futebol
Família era contra adeus ao futebol
Minha família não aceitou. Ninguém aceitou. Só um amigo argentino que aceitou. Ele sabia o que eu estava sofrendo. Ele é ex-jogador e sofreu a mesma coisa. É muito difícil entrar no corpo e passar pelo que passei. Minha esposa sabia o que estava sofrendo. Mas falaria a mesma coisa para um amigo. Mas nesse momento fui egoísta. Minha vida toda pensai no melhor para todo mundo
Planos para a aposentadoria
Eu pensava em jogar um pouco mais. A decisão veio rápido. Mas sempre tive a cabeça boa. Na primeira semana vou descansar, curtir a família. Tenho um projeto com meu empresário. Mas não gosto de fazer as coisas apressadamente. Se quero ser treinador, tenho que estudar e me preparar.
Minha vida toda fui jogador. Não sei fazer outra coisa. Estou preparado para começar a estudar o que vou fazer. Vou descansar um ou dois meses. Tomei a decisão mais importante da minha vida. Não sei ainda se vou trabalhar com futebol. Preciso de um tempo para me preparar. No futuro a gente vê”
Vez dos mais novos
Não sou mais jogador do Botafogo. É a última vez que chego a um estádio para uma coletiva. Passo a ser um ex-jogador. Não quero tirar o lugar dos mais novos. O protagonista é quem entra em campo. Os protagonistas estarão em campo nessa noite. Com certeza vou assistir em caso hoje à noite. É claro que isso aqui é notícia, mas não quero tirar o foco do Botafogo, que tem um mês muito importante.
Choro do segurança
Quando encontrei o segurança hoje na porta, ele começou a chorar. Não falava muito com ele. Isso me deixa feliz. Esse carinho que deixo como jogador de futebol. O carinho é pelo dia a dia. Me mostrei como sou, com os pés no chão. Sou igual a todos. Respeito todo mundo. Isso me deixei muito feliz. Sair pela porta grande. Entrei e vou sair assim. Vou chorar de novo. Mas faz parte

Fonte: Globo Esporte
Leia Mais ››

Preso liga de dentro de presídio para rádio e denuncia morte de detento em Caruaru

Ligação foi realizada do presídio de Caruaru (Foto: Franklin Portugal/TV Asa Branca)

Um detento da Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, denunciou uma morte dentro do local em ligação para a Rádio Jornal. Se identificando apenas como José, ele disse que um preso estava doente, pediu atendimento nesta quarta-feira (28), foi espancado e morreu no local.
"O menino está morto aqui, pode vir até aqui, ele está morto. Nós estamos sendo oprimidos e humilhados, nós queremos nossos direitos", disse o detento em ligação para a emissora.
Por meio de nota, a Secretaria Executiva de Ressocialização (Seres), informou que "na noite desta quarta-feira, a guarda de segurança da Penitenciária Juiz Plácido de Souza (PJPS), em Caruaru, foi acionada, por volta das 21h, para conter o detento de 33 anos, que apresentava comportamento agressivo na cela. O preso foi conduzido para a permanência e, após se acalmar, encaminhado ao isolamento onde foi a óbito".
A nota diz ainda que a gerência da unidade acionou o Instituto de Criminalística e o Instituto de Medicina Legal (IML) para que sejam tomadas "providências cabíveis e que a Seres abrirá procedimento administrativo para apurar as circunstâncias em que o fato ocorreu".
Ainda na ligação para a emissora, outro preso, que não quis se identificar, disse que os detentos são maltratados. "Estamos sendo oprimidos. Eles ficam atirando, a gente não pode ficar assim, se não vai acontecer o pior. É preso batendo em preso. Muitos não tem visita" relatou.
Segundo o perito criminal Cleomarcio Miguel, não foi encontrada nenhuma marca de agressão no corpo do detento e a possibilidade de suicídio foi descartada. O IML ainda emitirá um laudo oficial.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Hospital investiga caso de mulher com suspeita de ter contraído raiva no Recife

Paciente está internada no Hospital Oswaldo Cruz, na região central do Recife (Foto: Marília Falcão/Divulgação)

Uma mulher de 30 anos está internada em estado gravíssimo na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), ligado à Universidade de Pernambuco (UPE) e referência nesses casos, no Recife. Os médicos investigam a suspeita de que ela teria contraído raiva humana de um gato, no Recife.
A investigação foi confirmada nesta quinta-feira (29) pela UPE. De acordo com a diretoria do hospital, a paciente do sexo feminino, de 30 anos, foi encaminhada do Hospital Agamenon Magalhães. Ela está no Huoc desde o dia 26 de junho, onde cehgou "já em estado muito grave e assim permanece, com alto risco de morte", segundo nota divulgada pela universidade.
Os exames necessários para o diagnótico da suspeita de raiva rumana, ainda não confirmada, foram encaminhados para o Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen) e estão a caminho de São Paulo. Ainda não há data específica para os resultados chegarem.
Raiva em humanos
A raiva é uma doença de origem viral transmitida, em geral, por mordidas de animais, arranhão ou mesmo lambida. Quando mordidas, as pessoas devem tomar vacina e soro logo após o incidente que teria ocasionado a transmissão do vírus. Mas, quando esse sistema não é bem aplicado ou o paciente não toma as vacinas, a doença se desenvolve, causando inflamações no cérebro e na medula. Quando isso acontece, a maioria dos pacientes não sobrevive.
Mordido por um morcego contaminado em 2008, um jovem pernambucano de Floresta é considerado o primeiro caso de cura de raiva humana no Brasil. Ele passou 11 meses internado justamente no Houc, onde uma técnica desenvolvida nos Estados Unidos, que salvou um paciente em 2004, conseguiu ser aplicada com sucesso pela primeira vez.
Desde 2004, não há registro de raiva canina ou felina no Recife. O último registro de raiva humana na capital ocorreu em 1998.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Sony volta a fabricar discos de vinil após quase 30 anos

Sony voltará a fabricar discos de vinil após quase 30 anos (Foto: Rivângela Gomes/G1)

A Sony anunciou nesta quinta-feira (29) que voltará a fabricar discos de vinil, devido ao aumento da demanda global pela música analógica. A mudança ocorre quase 30 anos depois de a empresa decidir cancelar sua produção do formato em 1989
A Sony Music Entertainment, braço musical do conglomerado japonês, decidiu retomar a fabricação de vinis durante o exercício em curso em suas duas fábricas situadas no Japão, conforme confirmou à agência Efe uma porta-voz da empresa, que não quis revelar o volume de produção previsto.
A empresa japonesa interrompeu a fabricação para uso doméstico dos discos em 1989, por causa da crescente fatia do mercado musical monopolizada pelos CDs, o formato físico digital que a própria Sony ajudou a desenvolver e começou a distribuir em 1982.
Renascimento do vinil
Agora, a Sony pretende se readaptar ao renascimento que vive o vinil, graças às vendas de álbuns de segunda mão e ao número crescente de novos lançamentos no antigo suporte analógico.
Além disso, a companhia instalou um novo estúdio de gravação no centro de Tóquio concebido especialmente para produzir os "masters" dos quais serão geradas as cópias em vinil e aproveitar melhor a qualidade desse formato, segundo a porta-voz.
As vendas de vinis no Japão chegaram a cerca de 800 mil unidades em 2016, oito vezes mais que em 2010, segundo dados da indústria musical do país.
Essa tendência também está sendo observada em outros lugares, como o Reino Unido - onde as vendas de vinis no ano passado chegaram a superar às de música em formato digital - e os Estados Unidos, onde 17,2 milhões de discos foram vendidos em 2016.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Acidente em Cocal com 'pau de arara' deixa cinco mortos e oito feridos

Acidente deixou cinco mortos na PI-213 (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Cinco pessoas ainda não identificadas morreram em um grave acidente com uma caminhonete e uma moto no início da manhã desta quinta-feira (29), na PI-213, altura do município de Cocal, 268 km ao Norte de Teresina. Segundo o policial civil Valter Brune, a polícia vai apurar o transporte de 12 pessoas no 'pau de arara'. O condutor pode responder por homicídio doloso qualificado.
De acordo com o policial, o veículo seguia na estrada quando um dos pneus estourou, o carro bateu de frente com uma motocicleta e saiu da rodovia. O condutor da moto morreu na hora, além de mais quatro pessoas da caminhonete.
"Os pneus estavam completamente carecas e fazendo o transporte de forma irregular, na carroceria do famoso 'pau de arara'. As pessoas vêm do interior dos municípios para a cidade e pagam barato por esse transporte, mas o condutor assume todo o risco quando usa um veículo velho, com pneus lisos e as pessoas sendo levadas de forma irregular", declarou.
Ele destacou que um inquértio será instaurado para apurar as responsabilidades sobre o acidente.
Além dos cinco mortos, que não portavam documentos e ainda não foram identificados, há oito feridos, alguns em estado grave que foram conduzidos pelo Serviço de atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao Hospital Estadual Dirceu Arcoverde, em Parnaíba, litoral do Piauí. Outros foram levados ao Hospital Municipal Joaquim Vieira de Brito, em Cocal.
O policial civil disse que o acidente poderia ter sido ainda mais grave, porque a caminhonete transportava botijões de gás que poderiam ter explodido na colisão.
"Teríamos um local de acidente ainda mais triste, mas felizmente não explodiram. Mesmo assim, esse transporte de botijões será apurado. A situação estava totalmente irregular", declarou.
Samu, Instituto Médico Legal e Polícia Civil estiveram no local. Os corpos dos mortos serão conduzidos ao IML de Parnaíba.

Feridos foram levados a hospitais de Parnaíba e Cocal (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Feridos foram levados a hospitais de Parnaíba e Cocal (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Nasce o primeiro filho de Gusttavo Lima e Andressa Suita

No Instagram, a modelo Andressa Suita postou foto de Gabriel, seu filho com o cantor Guttavo Lima (Foto: Reprodução/Instagram/andressasuita)

Nasceu nesta quarta-feira (28) o primeiro filho de Gusttavo Lima e Andressa Suita.
A modelo divulgou, no Instagram, uma foto do bebê.
Já o cantor informou em seu perfil que Andressa deu à luz Gabriel às 23h23.
Também nesta quarta, ela havia postado uma imagem em que sua barriga é beijada pelo artista.
"A vida é forte e suave pra quem escolhe o amor", escreveu.

No Instagram, o cantor Gusttavo Lima divulgou o nascimento de seu primeiro filho com a modelo Andressa Suita (Foto: Reprodução/Instagram/gusttavolima)
No Instagram, o cantor Gusttavo Lima divulgou o nascimento de seu primeiro filho com a modelo Andressa Suita (Foto: Reprodução/Instagram/gusttavolima)

Andressa Suita postou foto ao lado de Gusttavo Lima (Foto: Reprodução/Instagram/andressasuita)
Andressa Suita postou foto ao lado de Gusttavo Lima (Foto: Reprodução/Instagram/andressasuita)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Walter Alves assume a presidência do PMDB-RN


O deputado federal Walter Alves, 37 anos, é o novo presidente do PMDB no Rio Grande do Norte (PMDB-RN). Primeiro vice-presidente da legenda, Walter assume o cargo de presidente em substituição ao ex-ministro Henrique Eduardo Alves.

Walter Alves foi deputado estadual por dois mandatos (2007-2010 e 2011-2014) e, atualmente, cumpre seu primeiro mandato como deputado federal após ser eleito, em 2014, com 191.064 votos, o mais votado do estado.

O PMDB-RN é um dos maiores partidos do Rio Grande do Norte. A legenda conta hoje com um senador, um deputado federal, três deputados estaduais, 41 prefeitos, 27 vice-prefeitos e 293 vereadores.

“Assumo o partido com o compromisso de manter o PMDB-RN unido e fortalecido. Nosso trabalho em benefício da população do Rio Grande do Norte, na Câmara Federal, segue firme, com o propósito de sempre trazer melhorias para o nosso estado”, diz Walter Alves.

Fonte: Portal no Ar
Leia Mais ››

Prazo para sacar o abono salarial ano-base 2015 será prorrogado


O Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat) aprovou nesta quarta-feira  (28) um novo prazo para pagamento do abono salarial ano-base 2015. O prazo, que terminaria nesta sexta-feira (30), será reaberto em 27 de julho, e os trabalhadores terão até 28 de dezembro para retirar o dinheiro. Este é o segundo ano consecutivo em que ocorre prorrogação – no ano passado, essa mesma medida foi tomada.

A proposta foi apresentada pelo ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, a partir de um pedido dos representantes dos trabalhadores no Codefat. Ele lembrou que mais de 1,57 milhão de trabalhadores, o que corresponde a 6,49% do total de pessoas com direito ao recurso, ainda não sacaram o abono.

O valor ainda disponível chega a R$ 1,97 bilhão – um recurso importante para os trabalhadores, segundo Ronaldo Nogueira. “Estamos em um momento de recuperação da economia, mas os trabalhadores ainda estão enfrentando dificuldades, então acreditamos que essa prorrogação, principalmente neste momento, está sendo muito importante. Precisamos lembrar que esse dinheiro é um direito dos trabalhadores”, afirmou o ministro.

Direito – Tem direito ao abono salarial ano-base 2015 quem estava inscrito no PIS/Pasep há pelo menos cinco anos; trabalhou formalmente por pelo menos 30 dias em 2015 com remuneração mensal média de até dois salários mínimos; e teve seus dados informados corretamente pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

A quantia que cada trabalhador recebe varia de R$ 78 a R$ 937, dependendo do tempo em que ele trabalhou formalmente em 2015.

Abono 2016 – Na mesma reunião, o Codefat aprovou o calendário de pagamento do abono salarial ano base 2016. Os recursos vão beneficiar 24,12 milhões de trabalhadores, que poderão começar a sacar, também, no próximo dia 27 de julho. O saque inicial, neste caso, será para os nascidos em julho (PIS), que recebem pela Caixa, e para quem tem inscrição com final 0 (zero) e que recebem Pasep pelo banco do Brasil.

Qualificação – Outro tema que movimentou a reunião do Codefat foi a aprovação do Mapa de Demandas dos programas de qualificação do Ministério do Ministério do Trabalho, com seus respectivos recursos.  Elaborado pela Coordenação Geral de Qualificação e Certificação do Ministério, o Mapa reúne informações que vão ajudar os gestores públicos na promoção de cursos profissionalizantes, direcionando recursos de acordo com as demandas de cada região do país.

As decisões do Codefat passam a ter validade a partir da publicação no Diário Oficial da União, o que deve ocorrer nesta quinta-feira (29)

ABONO SALARIAL 2015

Para saber se tem direito

O Ministério do Trabalho disponibiliza uma ferramenta de consulta para os trabalhadores saberem se têm direito ao abono salarial Ano-Base 2015. Basta acessarhttp://verificasd.mtb.gov.br/abono/, digitar o número do CPF ou do PIS/Pasep e a data de nascimento e consultar.

A Central de Atendimento Alô Trabalho do Ministério do Trabalho, que atende pelo número 158, também tem informações sobre o PIS/Pasep.

Como sacar

Para sacar o abono do PIS, o trabalhador que possuir Cartão Cidadão e senha cadastrada, pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa, ou a uma Casa Lotérica. Se não tiver o Cartão Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação de documento de identificação. Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726 02 07 da Caixa.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep, precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, devem procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser obtidas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Fonte: Portal no Ar
Leia Mais ››

Com 25 toneladas de arroz roubado, três homens são presos no interior do RN

Carreta levava 25 toneladas de arroz roubado para Mossoró, na região Oeste de Mossoró (Foto: Divulgação / PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma carreta com 25 toneladas de carga roubada na BR-304, no Rio Grande do Norte, na madrugada desta quinta-feira (29). Ela seguia para Mossoró, na região Oeste, quando os motoristas e passageiros foram abordados pelos agentes federais.
Os policiais agiram após uma denúncia de que a carreta de cor branca, transportava carga suspeita de ser roubada. Junto com a Polícia Militar, a PRF realizou buscas na região e encontrou o veículo próximo a um posto de combustíveis no quilômetro 108, em Assu.
Os suspeitos foram presos e encaminhados à Delegacia de Plantão de Mossoró.
Na carroceria havia 25 toneladas de arroz, distribuídas em fardos. Não havia qualquer comprovação de origem lícita da carga, como nota fiscal. Os três homens que estavam na carreta também apresentaram versões conflitantes sobre a origem do produto, segundo a polícia.
O condutor, de 33 anos, é da zona rural de São Paulo do Potengi e estava acompanhado do proprietário do veículo, de 29 anos, e que mora Macaíba, na região Metropolitana de Natal. O outro suspeito era um homem de 61 anos, morador de Natal e que já tem passagem na polícia por receptação de produtos roubados. Ele também afirmou que já respondeu à Justiça por homicídio.
Abordado, o dono da carreta disse aos agentes que nem o caminhão nem a carga lhe pertenciam. Apesar disso, o documento do veículo identificava-o como proprietário. Ainda de acordo com da polícia, a mesma carreta já havia sido utilizada em um outro crime de receptação. Em outubro do ano passado, ela foi abordada na BR-304, em Santa Maria, transportando também carga de produtos alimentícios suspeita de origem ilícita.
Além do problema com a carga, o condutor terá que responder pela posse de 15 comprimidos de Nobésio Forte. A substância tem venda proibida e, segundo a PRF, é usada por motoristas profissionais para inibir o sono.

Carreta levava 25 toneladas de arroz roubado para Mossoró  (Foto: Divulgação / PRF)
Carreta levava 25 toneladas de arroz roubado para Mossoró (Foto: Divulgação / PRF)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Governo do RN diz ter informações de todos os 71 'desaparecidos' de Alcaçuz; pai de preso contesta

Ex-lutador de jiu-jitsu, Guilherme Ely Figueiredo da Silva, de 36 anos, estava preso no Pavilhão 4 de Alcaçuz quando estourou a rebelião (Foto: Arquivo da família)

O governo do Rio Grande do Norte afirma que já tem informações sobre todos os 71 presos de Alcaçuz apontados como ‘desaparecidos’ pelo Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT) – órgão que funciona em conjunto com o Ministério dos Direitos Humanos. No entanto, o Estado não disponibilizou as informações sobre cada um deles: se foram transferidos, se foram mortos na rebelião ou se fugiram. Passados cinco meses da matança que aconteceu na unidade, o pai de um ex-lutador de jiu-jitsu que cumpria pena por tráfico de drogas ainda não sabe onde o filho está.
O relatório, que inclusive foi enviado a órgãos internacionais, foi produzido em razão das rebeliões que terminaram com 26 detentos mortos e 56 fugitivos. Dizia o documento: “Como mencionado, há 71 pessoas que constam estar em Alcaçuz, mas que não estão. Elas podem ter tido transferência não registrada, fugas/recapturas não contabilizadas, ou óbitos não reconhecidos […]. É possível que o número de mortes se aproxime à estimativa inicial, ou seja, 90 mortos”.

Rebeliões em Alcaçuz terminaram com com 26 presos mortos (Foto: Divulgação/PM)
Rebeliões em Alcaçuz terminaram com com 26 presos mortos (Foto: Divulgação/PM)

Guilherme Ely Figueiredo da Silva, de 36 anos, estava preso no pavilhão 4 de Alcaçuz quando estourou a rebelião. Foi quando o técnico em educação Francisco Luiz recebeu uma ligação de dentro da penitenciária. “Um colega de cela do meu filho disse que tinham matado ele. Mas, depois de todo este tempo, o nome do meu filho não aprece na lista dos mortos e nem dos que fugiram”, relata o pai.
Após a divulgação do relatório, em maio, a Secretaria de Justiça e da Cidadania (Sejuc), pasta responsável pelo sistema prisional do estado, contestou as informações do mecanismo e afirmou, na ocasião, que sabia onde estavam 60 dos 'desaparecidos', e que faltava localizar os 11 restantes, incluindo Guilherme.
Agora, em nota divulgada no final da tarde desta quarta (28), a Sejuc afirmou que "não há nenhum preso (destes 71) com situação desconhecida".
"Então, onde está o meu filho?", questiona o pai de Guilherme.
Resposta
"Sobre a situação do preso Guilherme Ely Figueiredo da Silva, a Secretaria de Justiça e Cidadania informa que trabalha com a hipótese de que sua identificação corresponda a um dos três corpos carbonizados, provenientes das mortes, em janeiro, na Penitenciária de Alcaçuz e cujas amostras se encontram em Salvador, no Instituto de Medicina Legal (IML) da Bahia", respondeu a Sejuc.
Ainda segundo a secretaria, o nome de Guilherme não está na relação dos 11 que supostamente estariam desaparecidos de Alcaçuz, integrando uma lista de 71, segundo relatório do Mecanismo Nacional de Prevenção e Combate à Tortura (MNPCT). "A situação de todos esses 71 é de conhecimento da Sejuc", reafirma.

Foto mostra os presos de facções rivais em confronto na penitenciária de Alcaçuz (Foto: Andressa Anholete/AFP)
Foto mostra os presos de facções rivais em confronto na penitenciária de Alcaçuz (Foto: Andressa Anholete/AFP)

Nada de DNA
Na tentativa de descobrir se o filho realmente havia sido assassinado, Francisco procurou o Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep), em Natal, para onde foram levados os corpos dos 26 presos mortos no massacre. A esperança é que o filho, naquele momento, fosse um dos quatro corpos que ainda aguardavam identificação.
Três cadáveres, que permanecem nas geladeiras do Itep, foram encontrados completamente carbonizados e só podem ser identificados por meio de exames de DNA. Já o quarto, por não ter ninguém que o reclamasse, acabou sendo enterrado como indigente.
“Nos prometeram que assim que mandassem as amostras de DNA para o laboratório, eu seria chamado para coletar material para uma comparação genética. Só que eu ainda estou esperando”, ressaltou o pai do preso desaparecido.
No dia 18 deste mês, o Itep mandou oito amostras para exames de DNA em Salvador. O resultado deve ser divulgado após o retorno do material a Natal, previsto para o dia 8 de julho. Mas, para a decepção do seu Francisco, ele também não foi comunicado de nada disso.
“Minha filha foi ao Itep também. Pegaram todos os nossos dados. Mas, para que, se quando mandam fazer o DNA não nos chamam?”, lamentou.
No mês passado, fragmentos de ossos humanos foram descobertos enterrados em Alcaçuz. Contudo, segundo a assessoria de comunicação do Itep, “não tinha nenhuma família para confronto até então”, e que, “portanto”, amostras desses fragmentos não foram levados para Salvador.
Mandado de prisão
A Justiça também quer saber onde está Guilherme. Inclusive, por não ter certeza se ele está vivo ou morto, mandou prendê-lo.
No dia 26 de maio, consta uma movimentação no site do Tribunal de Justiça na qual a juíza Maria Nivalda Neco Torquato Lopes, titular da comarca de Nísia Floresta, onde fica localizada a penitenciária de Alcaçuz, destaca: “Verifica-se que o apenado não se encontra custodiado em nenhuma das unidades prisionais deste Estado. Há, por outro lado, informações de que o apenado pode ter morrido durante a rebelião ocorrida em Alcaçuz, em janeiro de 2017. Anoto, inclusive, que o genitor do apenado já apresentou denúncia junto ao Ministério Público competente, solicitando a abertura de procedimento para apurar eventual morte de Guilherme Ely Figueiredo da Silva. De qualquer forma, considerando que a pena imposta ao apenado é para cumprimento em regime fechado, não estando custodiado, determino a imediata expedição de mandado de prisão. Ademais, oficie-se ao Itep solicitando-se informações sobre eventual identificação de corpo e/ou exame necroscópico do apenado”.
A ordem para que o Itep ateste se Guilherme está morto foi registrada no dia 13 deste mês. E o prazo dado foi de 5 dias. Até então, pelo que consta no site do TJ, ainda não há qualquer resposta.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Casal é preso pela PM após assalto em Pau dos Ferros/RN


Na noite desta quarta-feira (28), por volta das 18h30, a Guarnição da Polícia Militar de São Miguel, composta pelo cabo Fernando e soldado Barros, prendeu um casal de Dr. Severiano que desceu a serra para praticar assaltos, subtraindo aparelhos celulares de populares em Pau dos Ferros.

Os policiais de São Miguel estavam retornando do abastecimento em Apodi quando ouviram pelo rádio da viatura que um casal tinha assaltado dois populares no bairro da Cohab, em Pau dos Ferros. Atenta, na RN 177 nas proximidades do britador do Encanto, a guarnição de deparou com um casal com as mesmas características, onde realizaram a abordagem e encontraram com o casal um revólver calibre 38 municiado, dois aparelhos celulares e um relógio que haviam sido roubados das vítimas..

Felipe Silva de Souza, 26 anos, foi preso em flagrante e a adolescente A. V. B. C., de 16 anos, apreendida, ambos são residentes em Dr. Severiano/RN.

O casal foi apresentado na delegacia de Polícia Civil para ser lavrado o flagrante de delito por assalto a mão armada e posteriormente será entregue aos sistema penitenciário para ficarem à disposição da justiça.

Se alguém tiver sido vítima dessa dupla procure a Delegacia de Polícia para denunciar.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Cientistas identificam proteína que controla metástase do câncer de pele

Lesão diagnosticada como melanoma; estudo descobriu proteína que tem papel importante na metástase desse tipo de câncer (Foto: CDC/ Carl Washington, M.D., Emory Univ. School of Medicine; Mona Saraiya, MD, MPH)

Cientistas identificaram uma proteína do câncer que controla a disseminação da doença a partir da pele para outros órgãos e sugeriram, nesta quarta-feira (28), que bloqueá-la pode ser um tratamento efetivo para combater a metástase.
Trabalhando com camundongos geneticamente modificados para desenvolver câncer de pele humana, a equipe descobriu que a proteína desempenha um papel importante na promoção, ou inibição, da metástase - quando o câncer se espalha de uma área (ou órgão) para outra.
Chamada de Midkine, a proteína é secretada por melanomas, o tipo mais grave de câncer de pele, antes de se transportar para uma parte diferente do corpo do rato e iniciar ali a formação do tumor, disseram os pesquisadores.
Em observações subsequentes em humanos, níveis elevados de Midkine nos linfonodos de pacientes com câncer de pele eram preditivos de resultados "significativamente piores", informou a equipe na revista científica "Nature".
Isso aconteceu mesmo quando não havia células tumorais nos linfonodos.
Estratégia para desenvolver medicamento
"Na Midkine encontramos uma possível estratégia que merece ser considerada para o desenvolvimento de medicamentos", disse Marisol Soengas, do Centro Nacional de Pesquisa do Câncer em Madri, coautora do estudo.
A detecção precoce é importante no melanoma. Depois que ele começa a se espalhar, o prognóstico do paciente geralmente é desfavorável.
Os cientistas acreditaram por muito tempo que o melanoma preparava os órgãos que pretendia colonizar ativando o crescimento dos vasos linfáticos transportadores de fluidos - primeiro no tumor primário, depois nos linfonodos ao redor, e assim por diante.
No entanto, remover os linfonodos próximos a um melanoma não evita metástases, o que significa que está "faltando algo" na compreensão do mecanismo de disseminação, disseram os pesquisadores.
Mudança de paradigma
O novo estudo oferece uma possível resposta.
"Quando esses tumores são agressivos, eles agem à distância muito antes do que se pensava", disseram os autores. A Midkine se transportou diretamente para o novo local do câncer independentemente da formação de vasos linfáticos em torno do tumor original.
Quando a Midkine foi inibida em tumores de ratos, a metástase também foi bloqueada, disse a equipe. "Estes resultados indicam uma mudança de paradigma no estudo da metástase do melanoma", de acordo com Soengas.
Os cientistas não sabem, no entanto, se a Midkine é transportada através do sangue, da linfa ou de ambos.
Em um comentário também publicado na Nature, Ayuko Hoshino e David Lyden, da universidade Weill Cornell Medicine, em Nova York, disseram que o estudo forneceu "percepções muito necessárias" para a predição do risco metastático.
O trabalho, eles concluíram, "pode abrir uma porta para estratégias de diagnóstico e terapêuticas que visam lidar com metástases antes delas terem a chance de surgir".

Fonte: G1
Leia Mais ››

TJ-SP rejeita recurso e ex-goleiro Edinho pode voltar a ser preso

O ex-goleiro Edinho, filho de Pelé (Foto: Reprodução/TV Globo)

A 14ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) rejeitou os embargos de declaração apresentados pelo advogado do ex-goleiro Edinho, Eugênio Malavasi. O filho de Pelé conseguiu na Justiça, em abril deste ano, um habeas corpus para responder em liberdade pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas. Porém, com a nova decisão, caso não seja apresentado novo recurso, o ex-goleiro pode voltar a ser preso.
A defesa de Edinho já foi informada sobre a rejeição do segundo embargo. Segundo Malavasi, o embargo tinha diversas teses já que cabem sempre que há obscuridade, ambiguidade, contradição e omissão. Além de rejeitar o pedido, o desembargador definiu que, após ter ultrapassado o prazo para novos embargos, o mandado de prisão de Edinho deve ser expedido imediatamente.
Malavasi diz que irá estudar a situação durante o fim de semana e, caso seja possível, até a próxima segunda-feira (29), irá apresentar novos embargos para impedir uma nova prisão do ex-goleiro.
Em fevereiro deste ano, o TJ-SP condenou Edinho e reduziu a pena de 33 anos e quatro meses de reclusão para 12 anos e dez meses em regime fechado. Os outros envolvidos no processo, com situação idêntica a Edinho, também tiveram suas penas reduzidas. Além do filho de Pelé, Clóvis Ribeiro, o "Nai"; Maurício Louzada Ghelardi, o "Soldado"; Nicolau Aun Júnior, o "Véio ou Nick"; e Ronaldo Duarte Barsotti, o "Naldinho", foram condenados pelo mesmo crime. Nai deverá cumprir pena de 15 anos de reclusão. Já Soldado e Nick irão ficar 11 anos e quatro meses na prisão. Os mandados de prisão dos três já foram expedidos. "Naldinho" está sumido e, portanto, é considerado foragido.

Ex-goleiro do Santos, filho de Pelé é preso em Praia Grande, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)
Ex-goleiro do Santos, filho de Pelé é preso em Praia Grande, SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

O caso
A primeira prisão de Edinho aconteceu em 2005. O ex-goleiro foi detido com outras 17 pessoas pela Operação Indra realizada pelo Departamento de Investigações sobre Narcóticos (Denarc), acusado de ligação com uma organização de tráfico de drogas comandada por Naldinho, na Baixada Santista. Após seis meses em prisão provisória, foi solto com liminar em habeas corpus concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Em janeiro de 2006, ele teve a prisão decretada com o aditamento da denúncia, que passou a incluir o crime de lavagem de dinheiro. Edinho obteve o direito de permanecer em liberdade por causa de uma decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ). Em fevereiro, o Ministério Público denunciou o ex-goleiro por lavagem de dinheiro, o que resultou em uma nova prisão, 47 dias após conseguir a liberdade. Depois disso, a Justiça vinha negando com frequência os pedidos de liberdade feitos por Edinho.
No dia 30 de maio de 2014, o ex-goleiro foi condenado pelos crimes de lavagem de dinheiro e associação ao tráfico de drogas após decisão da juíza Suzana Pereira da Silva, auxiliar da 1ª Vara Criminal de Praia Grande. Edinho foi preso no dia 7 de julho por não ter apresentado seu passaporte à Justiça, uma das exigências para permanecer em liberdade até a decisão final da Justiça. Eugênio Malavasi, advogado de Edinho, conseguiu um habeas corpus para liberar seu cliente.
Em novembro do mesmo ano, o ex-goleiro foi detido no Fórum de Praia Grande, após cumprir a medida cautelar que exigia que ele comparecesse mensalmente em juízo e registrasse sua rotina. Edinho foi solto no dia seguinte. A Justiça acatou o pedido de habeas corpus impetrado pela defesa.
O ex-jogador estava esperando o julgamento em liberdade e foi preso no dia 24 de fevereiro, na cadeia anexa ao 5º Distrito Policial de Santos. Ele saiu da cadeia seis dias depois, quando a prisão foi suspensa pelo ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Antonio Saldanha.
Em março, o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP) determinou a expedição do mandado de prisão do ex-goleiro. Os magistrados rejeitaram os embargos de declaração interpostos pelo advogado de Edinho, Eugênio Malavasi. O defensor, porém, entrou com um pedido de habeas corpus para evitar a prisão, que foi concedido no dia 4 de abril.

Edinho e Pelé (Foto: Divulgação/Santos Futebol Club)
Edinho e Pelé (Foto: Divulgação/Santos Futebol Club)

Fonte: G1
Leia Mais ››