RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net

Ouça pelo Listen 2 My Rádio

Imagem relacionada
Loading ...
Loading ...

terça-feira, agosto 08, 2017

FAMÍLIA PROCURA COBRADOR MOSSOROENSE DESAPARECIDO


A família do mossoroense Gulamar Targino de Oliveira, de 46 anos, faz um apelo para encontrar o cobrador que está desaparecido desde o dia 5 de agosto que encontrava-se trabalhando na cidade de Morada Nova - CE.
Segundo a esposa de Gulamar, Imaculada Pereira disse que falou com o marido por telefone na noite de sexta-feira, dia 4. Desde então, não conseguiu mais contato.
Segundo ela, o marido trabalha como cobrador há anos. Mas está na rota do município de Morada Nova, há cerca de 3 meses.
Quem tiver alguma informação sobre o Mossoresnce pode entrar em contato pelos numeros:
(84) 999470288 - Whatsapp
(84) 987863713
(84) 988033717 (Whatsapp)

Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Suspeito morto durante ação policial no Quixabeirinha em Mossoró é identificado no ITEP

O suspeito morto durante uma abordagem policial na noite desta segunda feira 07 de agosto no bairro Aeroporto II (Quixabeirinha) em Mossoró e que não portava documentos, foi identificado nesta manhã de terça feira (08) no Instituto Técnico e Científico de Perícia (ITEP). 

Trata-se de Fábio Nunes dos Santos, 22 anos de idade, que residia na Rua João Damásio no Bairro Belo Horizonte, zona sul de Mossoró. 

Familiares de Fábio Nunes foram ao ITEP com a devida documentação, onde reconheceram o corpo, que será liberado para sepultamento ainda hoje. 

Fábio Nunes dos Santos conduzia uma moto roubada e segundo a PM reagiu a uma abordagem do GTO e da Força Tática,que estavam realizando operação por trás do Aspetro na Quixabeirinha. 

Ele teria atirado contra os policiais que revidaram e o mesmo acabou sendo baleado e morreu ao chegar no HRTM pra onde foi socorrido pelos PMs. 

Familiares relataram no ITEP que Fábio trabalhava como pintor em uma oficina de pintura e lanternagem e não tinham conhecimento de seu envolvimento com ações ilícitas

Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

PM tenta fechar cerco de criminosos em guerra no Golandim

A Polícia Militar fecha o cerco aos criminosos que duelam pelo domínio do bairro Golandim, em São Gonçalo do Amarante. Desde domingo, 6, quatro assassinatos já foram registrados no local e a população está em fogo cruzado.

De acordo com uma moradora, cuja identidade ficará preservada, na segunda-feira, 7, criminosos ordenaram que a população se trancasse dentro das próprias casas a partir das 18 horas do mesmo dia. Durante a noite houve tiroteio no bairro. Disparos foram feitos contra a PM. Algumas viaturas ficaram com os pneus furados após passarem sobre grampos espalhados nas vias.

“Hoje (terça-feira, 8) foi um dia normal para a população. Estamos o tempo todo fazendo patrulhamento móvel e atentos para o que pode acontecer” falou o Tenente Coronel Marlon de Góis Bay, comandante do 11º Batalhão.

O clima de terror foi iniciado na noite do domingo com a execução de Eduardinho do Mosquito, líder do PCC no Rio Grande do Norte. Vários disparos de armas de fogo foram descarregados dentro do carro dele quando voltava da casa da mãe com a namorada. Desde então, a facção com origem em São Paulo e o Sindicato do RN duelam no bairro.

No domingo, logo após a morte de Eduardinho, outros dois homens foram mortos. Eles eram Carlos Alexandre Lemos, de 25 anos, e Daniel Pereira da Silva, de 24. Nesta terça-feira, outro homicídio foi registrado. A identidade não foi repassada à reportagem. Sabe-se que ele usava tornozeleira eletrônica.

Operações da PM estão sendo previstas para o Golandim, Mosquito e também em Ceará-Mirim.

Fonte: Portal no Ar
Leia Mais ››

UERN divulga lista de convocados na 6ª chamada no SiSU 2017

arq54c3a424a4092

A Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) divulgou o edital com a lista de convocados em sexta chamada no Sistema de Seleção Unificada (SiSU 2017). Os candidatos convocados ocuparão vagas do segundo semestre letivo de 2017 e devem procurar a universidade para a realização dos procedimentos de matrícula.

Conforme o edital, a matrícula institucional dos convocados em sexta chamada será realizada no dia 15 deste mês, na secretaria da Unidade Universitária/Faculdade do curso para o qual o candidato está sendo convocado (veja relação de locais AQUI).

As datas e os procedimentos para efetivação da matrícula curricular dos convocados para o segundo semestre de 2017 serão publicados em edital próprio no dia 09 de outubro de 2017.

Veja:




Fonte: O Mossoroense
Leia Mais ››

Irmão de chefe de facção assassinado no domingo (6) é morto em Natal

Um homem identificado como Francisco Rodrigues da Silva foi assassinado na tarde desta terça-feira (8) na Comunidade do Mosquito, Zona Oeste de Natal. Francisco Rodrigues era irmão de Joel Rodrigues da Silva, morto em 2015 dentro da cadeia, e também de Eduardo Rodrigues, executado a tiros no último domingo (6). A polícia acredita que a morte de Francisco tenha relação com a disputa entre as facções que duelam pelo comando do tráfico de drogas no RN.
De acordo com um policial do Batalhão de Choque da Polícia Militar, que não quis se identificar, pessoas que presenciaram o crime disseram que dois homens se aproximaram de Francisco em uma moto e atiraram contra ele, que morreu no local. “Aqui ninguém fala mais nada”, afirma o policial. Contudo ele diz que o assassinato tem a ver com a disputa entre as organizações criminosas.
Um dos irmãos de Francisco, Joel Rodrigues da Silva, o Joel do Mosquito, foi preso em 2015 durante a Operação Citronela, deflagrada pelo Ministério Público. Em outubro do mesmo ano, quando estava preso no Presídio Provisório Raimundo Nonato Fernandes, na Zona Norte de Natal, foi morto dentro da cela.

Joel Rodrigues da Silva, o Joel do Mosquito (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Joel Rodrigues da Silva, o Joel do Mosquito (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

No domingo passado, Eduardo Rodrigues, conhecido por Eduardinho do Mosquito, foi assassinado. Eduardo levou mais de 10 tiros dentro de um carro, momento em que trafegava pela BR-101 Norte, em São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana. A namorada dele, que dirigia o veículo, foi ferida no braço, mas conseguiu socorrê-lo até um hospital. Porém, ele morreu antes de ser atendido. Após o homicídio, foram registradas mais três mortes na cidade.

Eduardo Rodrigues, era mais conhecido como Eduardinho do Mosquito (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Eduardo Rodrigues, era mais conhecido como Eduardinho do Mosquito (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Irmão de Joel e Francisco, Eduardinho cumpria pena em regime de prisão domiciliar desde janeiro, e era tido como um dos chefes de uma facção criminosa que disputa o controle do tráfico no Rio Grande do Norte. Joel também era vinculado à mesma organização.
Na denúncia Operação Citronela, o MP indicava que Francisco Rodrigues da Silva, Eduardinho e um outro irmão gerenciavam o negócio do tráfico de entorpecentes que, à época, era comandado por Joel.
Em novembro de 2016 Francisco foi preso com maconha e crack em uma ação realizada pela PM na Comunidade do Mosquito. Na delegacia, ele negou ser o dono da droga e também que afirmou não ter qualquer ligação com o negócio ilegal do irmão falecido. Na ocasião Francisco cumpria pena em regime semiaberto.
Citronela
Eduardo Rodrigues havia sido preso em setembro de 2015 durante a operação Citronela, deflagrada pelo Ministério Público. Joel Rodrigues da Silva, o Joel do Mosquito, também foi preso na ação. Outros 23 mandados de busca e apreensão foram cumpridos. “Ao longo da investigação ficou comprovado que os criminosos eram responsáveis pela gestão de um elevado patrimônio, avaliado em mais de R$ 2 milhões, composto por automóveis de luxo, apartamentos, terrenos em condomínios de praias e em outros locais de alta valorização imobiliária, uma empresa de construção civil, dois salões de beleza e cafeteria em área nobre da capital”, afirmou o MP.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Após morte de chefe de facção e noite de medo, mais um é executado em São Gonçalo do Amarante, RN

Um homem foi morto a tiros no final da manhã desta terça-feira (8) no conjunto Novo Amarante, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. A vítima usava tornozeleira eletrônica, mas ainda não foi identificada. A Polícia Militar disse que ainda não tem pistas dos assassinos.
Este é o terceiro homicídio registrado na cidade desde a execução de um dos chefes de uma facção criminosa que disputa o domínio do tráfico de drogas no Rio Grande do Norte. Eduardo Rodrigues, o Eduardinho do Mosquito, morreu na noite do domingo (6).

Eduardo Rodrigues, era mais conhecido como Eduardinho do Mosquito (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Eduardo Rodrigues, era mais conhecido como Eduardinho do Mosquito (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Eduardo levou mais de 10 tiros dentro de um carro, momento em que trafegava pela BR-101 Norte, em São Gonçalo do Amarante. A namorada dele, que dirigia o veículo, foi ferida no braço, mas conseguiu socorrê-lo até um hospital. Porém, ele morreu antes de ser atendido. Eduardo era irmão do traficante Joel Rodrigues da Silva, o Joel do Mosquito, que comandava o comércio de entorpecentes no bairro das Quintas, Zona Oeste de Natal.
Em 2015, Eduardo e Joel foram presos em uma operação do Ministério Público que investigava um esquema milionário de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. Poucos dias depois, Joel foi encontrado morto dentro da Cadeia Pública de Natal.
Já Eduardo, foi beneficiado com prisão domiciliar em janeiro, em meio às rebeliões que vitimaram 26 detentos em Alcaçuz, maior penitenciária do estado. A polícia informou que Eduardo voltada da Favela do Mosquito, que fica nas Quintas, quando o veículo em que ele estava foi perseguido. Ela havia ido visitar a mãe, que está doente.
 Carro em que Eduardo estava ficou crivado de balas  (Foto: Divulgação/PM)
Carro em que Eduardo estava ficou crivado de balas (Foto: Divulgação/PM)

Represália
Na mesma noite da morte de Eduardinho, duas pessoas foram assassinadas a tiros no bairro Golandim, em São Gonçalo do Amarante. A polícia suspeita que Daniel Pereira da Silva, de 24 anos, e Carlos Alexandre Lemos, de 25, tenham sido vítimas de uma represália por causa da morte de Eduardo Rodrigues.
“Pode ter sido uma retaliação? Pode. No momento em que foram mortos, vizinhos disseram ter ouvido os assassinos gritarem o nome da facção da qual o Eduardo fazia parte. Estamos investigando isso”, afirmou o delegado Marcos Vinícius, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Ainda de acordo com o delegado, Daniel e Carlos Alexandre foram assassinados em endereços diferentes, mas próximos um do outro. O primeiro foi morto dentro de uma casa na rua Santa Margarida Maria. O segundo, foi baleado e tombou no meio da rua Padre Cícero.
Noite de pavor
Não bastasse a morte do chefe da facção, e os dois assassinatos ocorridos logo em seguida, os moradores de São Gonçalo do Amarante tiveram mais uma noite angustiante. Foi nesta segunda, quando criminosos trocaram tiros pelas ruas do Golandim. Não houve mortes, mas a vizinhança ligou várias vezes para a polícia assustado com o barulho dos tiros.

"Mandamos algumas viaturas para o bairro, e passamos a noite lá, para tranquilizar os moradores", disse o tenente-coronel Júlio César Vilela, assessor de comunicação da PM. "Quando chegamos não houve mais confrontos. Fizemos algumas revistas, mas não prendemos ninguém. Nossa missão foi marcar presença, dar sossego à população.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Fotos de fugitivos do RN circulam com alerta de perigo em várias cidades do país: 'estão na região'

Uma tabela com fotos de fugitivos do sistema prisional do RN circula em grupos de WhatsApp e no Facebook em diferentes cidades e regiões do país. A mensagem diz que eles 'estão na região' cometendo crimes. De acordo com a Secretaria de Justiça do RN, dos 20 fugitivos que aparecem na foto, dois foram recapturados e um morreu.
"Fugitivos...Estão na região Pedindo comida e roupa...São perigosos...Repassem por favor.. Se reconhece algum deles Disk 190 ou 153 Não lavem a calçada com o portão aberto", diz uma das mensagens que circulam acompanhadas das imagens.
A mensagem foi compartilhada por usuários do Facebook pelo menos em Suzano (SP), Americana (SP), Belford Roxo (RJ), São João de Meriti (RJ), São Manuel (RS), Inijuí (RS) e Marília (SP).
Para as autoridades estaduais, é impossível dizer se os fugitivos estão em outro município ou estado brasileiro.

Reprodução de mensagem no WhatsApp (Foto: Reprodução/ WhatsApp)
Reprodução de mensagem no WhatsApp (Foto: Reprodução/ WhatsApp)

A imagem mostra 20 dos 88 presos que escaparam da Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal, em 25 de maio de 2017. Essa foi a maior fuga da história do sistema penitenciário potiguar. As fotos foram divulgadas pela Secretaria de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte (Sejuc), na época, para ajudar na localização dos fugitivos.
De acordo com a pasta, do total de 88 foragidos, 28 foram recapturados e 2 morreram.
No caso dos 20 que aparecem na imagem compartilhada, apenas dois foram recapturados e um morreu no período em que esteve evadido, informou a secretaria ao G1. Foram presos novamente Adriano da Silva Azevedo e Carlos André de Souza. Morreu Cleinson Bruno da Costa.

Imagem de fugitivos do PEP, no RN, é compartilhada em grupos de Facebook e Whatsapp em cidades do Sul e Sudeste. 'Estão na região' (Foto: Divulgação/ Sejuc)
Imagem de fugitivos do PEP, no RN, é compartilhada em grupos de Facebook e Whatsapp em cidades do Sul e Sudeste. 'Estão na região' (Foto: Divulgação/ Sejuc)

Post no Facebook sobre fugitivos na região (Foto: Reprodução/ Facebook)
Post no Facebook sobre fugitivos na região (Foto: Reprodução/ Facebook)

Maior fuga da história
Segundo a Polícia Militar, a debandada aconteceu por volta das 4h do dia 25 de maio. Os presos fugiram por um túnel com cerca de 30 metros de extensão.
Após a descoberta da fuga, a direção da unidade pediu reforço para a segurança na área externa. Com a chegada de mais policiais, houve buscas e oito fugitivos foram recapturados perambulando pela região.
A PM também informou que pelo menos dois carros e uma motocicleta foram vistos dando apoio ao resgate dos presos. Os fugitivos também trocaram de roupa para dificultar a identificação. No estado, o sistema penitenciário adotou camisa branca e bermuda azul como uniforme padrão dos presos.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed), todas as torres de vigilância no entorno da penitenciária estavam ocupadas durante a fuga. Inclusive teria sido um guariteiros quem percebeu a movimentação, fez disparos de advertência e evitou que a debandada fosse maior.
Esta foi a segunda fuga registrada na PEP este ano. A primeira foi no dia 7 de janeiro, quando 14 detentos escaparam. Na ocasião, um buraco também foi escavado no pé do muro. Um policial militar que trabalhava em uma das guaritas da unidade, suspeito de ter facilitado a fuga, foi afastado.

Fonte: G1
Leia Mais ››

MPF diz que Cabral recebeu quase R$ 145 milhões de propina em esquema no transporte do RJ

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral deixa a sede da 7ª Vara da Justiça Federal do Rio de Janeiro, na região central do Rio de Janeiro, após ser interrogado na manhã desta segunda-feira, 10. Cabral está preso desde novembro do ano passado, acusado de chefiar um esquema de corrupção que teria movimentado centenas de milhões de reais. Em maio, o ex-governador foi transferido do Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio, para um presídio reformado em Benfica, na zona norte, onde ficava o antigo Batalhão Especial Prisional (BEP) e atualmente abriga detentos com diploma de nível superior ou acusados de não pagamento de pensão. 10/07/2017 (Foto: FÁBIO MOTTA/ESTADÃO CONTEÚDO)O ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral foi denunciado mais duas vezes pelo Ministério Público Federal por centenas de crimes de lavagem de dinheiro, contra o sistema financeiro e organização criminosa. De acordo com o órgão, há provas de que, a partir da “caixinha de propina”, 26 empresas de ônibus fizeram repasses a políticos de mais de R$ 250 milhões entre janeiro de 2013 a fevereiro de 2016. Além de Cabral, outras 24 pessoas também foram denunciadas.
As investigações apontaram que a propina da Fetranspor destinou R$ 144,7 milhões para Cabral entre julho de 2010 e outubro de 2016, além de R$ 43,4 milhões de julho de 2010 a fevereiro de 2016 ao ex-presidente do Departamento de Transportes Rodoviário do Estado do Rio de Janeiro (Detro) Rogério Onofre.
De acordo com a denúncia, os crimes contaram com a participação decisiva da Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado, que reúne 10 sindicatos, como o Rio Ônibus.
A Força-Tarefa da Lava Jato ainda pediu que, junto com a condenação dos denunciados, a Justiça determine o bloqueio de pelo menos R$ 520 milhões para reparar os danos causados pela organização com esses crimes.
Com os repasses, empresários como José Carlos lavouras, Jacob Barata Filho, Lélis Teixeira, Marcelo Traça e João Augusto Monteiro garantiam a hegemonia no setor de transportes, benefícios na política tarifária e de gestão desse serviço público.
Ainda de acordo com a denúncia, para desviar recursos e remetê-los ao exterior, a organização se estruturou em quatro núcleos interdependentes: econômico (donos de empresas de ônibus à frente da Fetranspor); administrativo (gestores do Estado que pediam vantagens indevidas pagas por empresários); financeiro-operacional (responsáveis por operações para lavar ativos); e político (ex-governador e líder da organização).
A propina era recolhida nas garagens das empresas de ônibus e, muitas vezes, guardadas em transportadoras de valores. Entre os fatos narrados na denúncia estão a concessão do aumento das passagens de ônibus intermunicipais em 7,05% e o desconto de 50% no IPVA das empresas de ônibus em janeiro de 2014.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Alemão, mentor do furto ao Banco Central, é baleado durante tentativa de fuga de presídio no Ceará

O preso Antônio Jussivan Alves, o "Alemão", mentor do furto ao Banco Central em Fortaleza em 2005, foi baleado durante uma tentativa de fuga na madrugada desta terça-feira (8) da Penitenciária Francisco Hélio Viana de Araújo, no município de Pacatuba. Segundo a polícia, ele foi ferido ao tentar escapar pelo muro do presídio.
Alemão foi atingido na região da barriga, segundo a polícia. Por volta das 6h, ele foi levado sob escolta policial para o Instituto Dr. José Frota (IJF) para receber atendimento médico. O hospital não informou o estado de saúde do preso.
A segurança no hospital foi reforçada com policiais do Comando Tático Motorizado (Cotam), Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChoque) e Guarda Municipal.

Alemão foi levado para o IJF após ser atingido durante tentativa de fuga no Ceará (Foto: Reprodução/TVM)
Alemão foi levado para o IJF após ser atingido durante tentativa de fuga no Ceará (Foto: Reprodução/TVM)

Ação de 'resgate'
A Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) confirmou que criminosos tentaram "resgatar" internos do presídio. Agentes penitenciários e a polícia intervieram e conseguiram impedir a fuga.
A Sejus acrescentou que presos ficaram feridos durante a tentativa de fuga, mas, até o momento, não informou quantos são nem os nomes deles.
Ninguém conseguiu fugir. A segurança no entorno da penitenciária foi reforçada após o caso.
Mentor do furto ao Banco Central
Alemão é apontado como um dos mentores do furto ao Banco Central, ocorrido na madrugada de 5 para 6 de agosto de 2005 em Fortaleza. Segundo a Polícia Federal, foram levados do cofre R$ 164,7 milhões (mais de três toneladas em notas de R$ 50).

Alemão foi condenado por ser um dos mentores do furto ao Banco Central (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)
Alemão foi condenado por ser um dos mentores do furto ao Banco Central (Foto: TV Verdes Mares/Reprodução)

Ele voltou a cumprir pena no sistema prisional do Ceará em março do ano passado. O preso estava em São Paulo desde julho de 2014 atendendo à determinação da Justiça paulista, que precisou ouvir Alemão para o andamento de um processo.
Alemão foi sentenciado a mais de 100 anos de prisão por diversos crimes, entre eles lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. Em 2008, ele foi sentenciado a 49 anos e dois meses na ´rimeira instância, e teve pena reformada pelo TRF-5 para 35 anos e 10 meses de prisão.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Criança de dois anos é baleada em Fortaleza por tiro disparado por policial

Moradores do Bairro Canindezinho afirmam que uma criança foi baleada durante uma abordagem policial na tarde deste domingo (6). Segundo a população local, dois adolescentes foram abordados por três policiais, um deles "bastante alterado", quando houve disparos por parte dos policiais. A criança foi baleada na perna, passou por uma cirurgia, e passa bem.
"O policial ainda puxou eles [adolescentes suspeitos] pelo braço, pra ele descer, disse que ia pegar os meninos. Bateram foto dos meninos, ameaçaram, disseram que iam pegar os meninos sem farda. Na hora que eles [policiais] desceram, os meninos falaram um palavrão com ele, ele [policial] puxou a pistola", diz uma testemunha, que não quer se identificar.
Os policiais dispararam do lado de fora do residencial, na direção do condomínio, atingido a perna de uma criança de dois anos de idade.
A menina passou por uma cirurgia ainda no domingo, e recebeu alta nesta segunda-feira (7). Após o caso, os moradores fizeram um protesto e fecharam a Avenida Osório de Paiva com pneus queimados.
Socorro
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) afirma que o policial disparou como forma de advertência, já que as pessoas supostamente reagiram a abordagem. A pasta afirma ainda que os próprios policiais prestaram socorro a criança.
A mãe da menina, que prefere não se identificar, nega a versão da secretaria. "Fugiram [os policiais]. Não apareceu nenhum policial para dar socorro à minha filha, não. Foi nossa vizinhança [que prestou socorro].
A Secretaria de Segurança Pública abriu um inquérito para apurar o caso.

Fonte: G1
Leia Mais ››

SUS inclui medicamento de alto custo para pacientes em metástase do câncer de mama

Medicamento é usado no tratamento de câncer de mama, diagnosticado após exame de mamografia (Foto: Carla Cleto/Governo de Alagoas)Em circulação há mais de 15 anos, o medicamento trastuzumabe é usado para o tratamento de um tipo específico de câncer de mama e pode dobrar a sobrevida de pessoas em metástase -- quando a doença já atinge outras áreas do corpo. O Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Ministério da Saúde, passou a abranger este público e irá fornecer a droga num prazo de 180 dias.

A decisão foi publicada pelo Diário Oficial da União na última quinta-feira (3). Em 2012, o governo havia liberado o uso para pacientes com o câncer, mas excluía os metastáticos. Hoje, mais de 3 mil pessoas com câncer de mama inicial e localmente avançado fazem o uso do trastuzumabe pelo SUS. Organizações como a Sociedade Brasileira de Oncologia Clínica (SBOC) e a Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama (Femama) reivindicavam a ampliação para acesso do medicamento a todos os tipos de pacientes.

No mercado, a droga custa cerca de R$ 10 mil a dose. Ela é usada no tratamento do câncer de mama do subtipo HER2+, o mais agressivo e que atinge um quinto das mulheres com tumor no seio. A célula cancerígena expressa o gene que leva o mesmo nome da doença, e o remédio bloqueia a ação desse gene, o que evita a proliferação.
"Estamos muito atrasados com essa aprovação. É uma droga fundamental para o tratamento deste tipo de câncer em qualquer fase e pode dobrar a sobrevida. O tratamento era feito com quimioterapia e sem ter alvo específico para o tipo da doença. Agora, vamos conseguir controlar melhor e por mais tempo", avaliou a mastologista e presidente da Femama, Maira Caleffi.

De acordo com a Femama, a droga "mudou a forma como o câncer é tratado no mundo". O trastuzumabe consta na lista básica para combater o câncer, criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para guiar governos nas escolhas de oferta em suas políticas de saúde.

Remédio será providenciado pelos órgãos de saúde em até 180 dias (Foto: Pixabay)
Remédio será providenciado pelos órgãos de saúde em até 180 dias (Foto: Pixabay)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Cabo do Exército será indiciado por agressão a duas PMs em São Januário

Um cabo do Exército foi identificado pela Polícia Civil como um dos agressores de duas policiais militares, na arquibancada de São Januário, durante o clássico entre Vasco e Flamengo, que completa um mês nesta terça-feira (8). As informações são da GloboNews, que teve acesso com exclusividade ao inquérito, que está em fase final.

Momento em que torcedor do Vasco dá um soco em uma policial militar em São Januário (Foto: Reprodução/GloboNews)
Momento em que torcedor do Vasco dá um soco em uma policial militar em São Januário (Foto: Reprodução/GloboNews)

 Confronto entre torcedores e polícia após jogo em São Januário contra o Flamengo deixou feridos; homem foi baleado e morto fora do estádio (Foto: ANTONIO MARCOS/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO) )
Confronto entre torcedores e polícia após jogo em São Januário contra o Flamengo deixou feridos; homem foi baleado e morto fora do estádio (Foto: ANTONIO MARCOS/PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO) )

Segundo a 17ª DP (São Cristóvão), o torcedor foi identificado como Igor Marcelino Coelho. Ele teria dado socos e pontapés nas PMs e será indiciado por lesão corporal, desacato e por promover tumulto em eventos esportivos, crime previsto no Estatuto do Torcedor.
"Ele era um dos mais exaltados e incitava a violência e também praticava a violência contra a força policia, o que é inadmissível", afirmou o delegado titular da 17ª DP (São Cristóvão), Marcelo Ambrósio.

O Ministério Público e a Polícia Civil ainda possuem outra investigação em curso para identificar os responsáveis pelas cenas de violência dentro e fora do estádio. O inquérito também apura se há alguma ligação entre o que aconteceu no dia do jogo com a política do clube, com eleições marcadas para novembro.
"Quem esteja banido ocupe um camarote é mostra de que a relação entre organizador e torcedor banido precisa de melhores esclarecimentos", afirmou Rodrigo Terra, promotor responsável pelo caso. O estádio foi interditado por seis meses.
Morte de torcedor
Outro inquérito apurou a morte de um torcedor do Vasco, do lado de fora do estádio, em confusão após o clássico. Segundo a investigação, o tiro que matou o torcedor David Rocha Lopes, de 27 anos, partiu da arma de um policial militar.
Como antecipou o RJTV, a Divisão de Homicídios (DH) concluiu que o PM identificado como Renan Freitas agiu em legítima defesa, após ele e outros colegas serem atacados com rojões, pedaços de pau, pedras e garrafas por um grupo de vascaínos, que ainda ameaçavam os policiais.
Imagens registradas de três ângulos diferentes mostram o confronto entre policiais e os torcedores, que podem ser vistos avançando e recuando. Um homem tenta arrancar uma barra de ferro da calçada, mas não consegue e passa a tirar pedaços de concreto, que são lançados contra os PMs.
Os policiais que eram atacados pediram apoio e homens dos batalhões de São Cristóvão e de Choque seguiram para o local. Entre os PMs que foram para São Januário estava Renan, cuja viatura começa a ser atacada assim que chega à Rua Senador Alencar, inclusive com um artefato explosivo.
Em seu depoimento, o soldado Renan contou ter sido atacado com paus e pedras e que o carro foi atingido por garrafas e morteiros. Ele disse ter ordenado aos torcedores que recuassem e ouviu como resposta gritos de "Vai morrer, polícia". O policial admitiu ter feito três disparos.

"As investigações ainda não estão encerradas, os elementos probatórios coligidos até agora indicam que os policiais agiram em legítima defesa, mas outras questões precisam ser esclarecidas, como a identificação desses integrantes de torcidas que atacaram o grupo de policiais", afirmou a delegada Marcela Ortiz.

Torcedor do Vasco, Davi morreu após jogo em São Januário (Foto: Reprodução/Tv Globo)
Torcedor do Vasco, Davi morreu após jogo em São Januário (Foto: Reprodução/Tv Globo)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Caminhão carregado com cerveja tomba, atinge poste e pega fogo em Jacareí, SP

Carga de cerveja se espalhou pela pista e PM foi ao local para evitar saques (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)Um caminhão carregado com cerveja pegou fogo no começo da manhã desta terça-feira (8) na estrada do Jaguari em Jacareí.
Segundo o Corpo de Bombeiros, o caminhão carregado de cerveja tombou, atingiu um poste de energia elétrica e foi consumido pelo fogo. A carga de cerveja ficou espalhada pela pista. As circunstâncias do que provocou o acidente ainda serão apuradas.
Uma equipe dos Bombeiros foi até o local e levou cerca de vinte minutos para conter as chamas. O motorista não ficou ferido.
Segundo a corporação, por causa da queda do poste, os moradores do bairro Pagador Andrade ficaram sem energia nesta manhã. Às 9h, a estrada seguia parcialmente interditada, por causa da carga que caiu na pista. A Polícia Militar acompanha os serviços para evitar saques.

Bombeiros foram acionados para conter as chamas em caminhão  (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Bombeiros foram acionados para conter as chamas em caminhão (Foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Vereador é preso por cobrar propina para liberar corpos em IML do Rio

Gilberto foi preso na manhã desta terça-feira (Foto: Reprodução / TV Globo)A Polícia Civil e o Ministério Público Estadual do Rio prenderam, na manhã desta terça-feira (8), o vereador Gilberto de Oliveira Lima. Ele e outros dois suspeitos faziam parte de um esquema criminoso, que, segundo o MP, cobrava propina para a libertação de corpos depois da necropsia no Instituto Médico Legal. Alguns desses corpos sequer precisava passar por esse tipo de exame.
Gilberto de Oliveira Lima também é médico perito. Segundo os investigadores, chefiou o IML de Campo Grande e liderou o grande esquema criminoso. Os agentes também prenderam também o diretor geral do Instituto Carlos Éboli (ICCE-RJ), Sérgio William Silva Miana, e o chefe de Administração do posto regional de polícia técnica de Campo Grande, Franklin Silva da Paz.
Os três foram denunciados por associação para prática criminosa e concussão. Também estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão na Câmara de Vereadores do Rio e nas residências dos acusados.
De acordo com as investigações, o vereador implantou um esquema criminoso dentro do referido posto de polícia técnica, junto com os demais denunciados. O golpe funciona, pelo menos, desde 2014 até os dias de hoje, envolvendo as empresas funerárias Santa Madalena, Fonseca, Flor de Campo Grande, Itaguaí e Rio Pax, todas da região, e os Hospitais Pedro II, Rocha Faria, Albert Schweitzer e Eduardo Rabelo. A fraude ficou popularmente conhecida como "máfia dos papa-defuntos".
Segundo a denúncia do MPRJ, as funerárias envolvidas no esquema eram autorizadas a trabalhar na preparação de corpos dentro do IML, para que eles fossem diretamente para o funeral. A prática é proibida por lei. Em troca, os três acusados recebiam propina. Para aumentar os lucros, os hospitais enviavam ao IML corpos de pessoas que tiveram morte natural, não violenta ou insuspeita e que, portanto, não precisariam passar pelo posto. Assim, a demanda era sempre alta.

A denúncia aponta que os três comandantes do esquema transformaram o Posto Pericial do IML de Campo Grande em uma lucrativa empresa de serviços funerários. No local, também estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão. As investigações mostram que até funcionários terceirizados, contratados originalmente para manutenção e limpeza do prédio, faziam, na verdade, o trabalho de auxiliares de necropsia. Eles ajudavam na lavagem, arrumação, preenchimento e maquiagem dos cadáveres para entregá-los preparados, dentro dos esquifes.
Para o Ministério Público fluminense, valendo-se do poder de seus cargos, os denunciados usaram a estrutura do posto pericial para obter vantagem econômica, de forma estável e constante, empregando recursos, equipamentos, servidores e pessoal terceirizado em prejuízo do erário público, com a realização de "autopsias" desnecessárias por ausência de razões criminais que as justificassem.
Ainda de acordo com a denúncia, o IML de Campo Grande apresenta, estatisticamente, um número de atendimentos por morte natural extraordinariamente superior ao número de perícias por morte violenta. Segundo as investigações, o posto é o único nesta situação entre os 21 órgãos semelhantes da estrutura da Polícia Civil no Estado do Rio. Em 2015, o serviço atrelado à verificação de óbitos naturais alcançou o expressivo número de 2.020 cadáveres em Campo Grande, enquanto as perícias relacionadas à morte violenta foram de 746 corpos. Em 2016, foram 2.310 mortos por causas naturais e 872 por violência.
Recentemente, os acusados vinham expandindo o esquema de arrecadação de propina para os demais postos regionais de polícia técnica no Estado do Rio de Janeiro. O MPRJ também requereu o afastamento dos três denunciados de suas funções públicas.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Doceira acusada de enviar bombons envenenados é condenada a 30 anos de prisão

A doceira Margareth Aparecida Marcondes, acusada de enviar bombons envenenados a adolescente Thalyta Teminski, em Curitiba, foi condenada a 30 anos e três meses de prisão em regime inicial fechado por quatro tentativas de homicídio. O caso aconteceu em março de 2012, em Curitiba.
O julgamento começou por volta das 13h de segunda-feira (7) e encerrou por volta das 2h desta terça (8).
Conforme a decisão do juízo, Margareth pode recorrer em liberdade e está proibida de se aproximar das vítimas, deve comprovar o endereço e atividade lícita à Justiça a cada três meses e também não pode se ausentar da comarca em que reside sem autorizaçao prévia.
A doceira chegou a ser presa e atualmente é monitorada por tornozeleira eletrônica.
O advogado dela, Luiz Cláudio Falarz, disse que não esperava uma pena tão alta e que vai pedir a nulidade da sentença porque, na opinião da defesa, não houve a materialidade do caso.
Entenda o caso
À época, a família da adolescente Thalyta Teminski havia encomendado os doces para a festa de 15 anos da garota. Antes, Margareth enviou algumas amostras para a casa da menor por meio de um taxista. A encomenda foi enviada com um bilhete que dizia para ela provar os doces.
Além de Thalyta, que chegou a ficar internada na UTI por oito dias e teve duas paradas cardíacas, outros três menores também provaram os doces e passaram mal. Todos foram levados para o hospital com quadro de intoxicação.
De acordo com a Polícia Civil, na época das investigações, a ré que era amiga da família da vítima, chegou a confessar o crime, mas não soube explicar o motivo.
Segundo as investigações, a doceira recebeu R$ 7,5 mil para fazer os doces da festa, mas gastou o dinheiro. Ela teria, então, enviado os bombons envenenados na tentativa de adiar a comemoração.

"É um alívio. Não tem nada melhor para expressar do que o meu sentimento de alívio da Justiça feita", disse Thalyta após o julgamento.
A mãe da jovem, Minéia Cristina Machado Teminski, também comemorou a sentença. "Foram dias muito difíceis, mas, graças a Deus, a Justiça foi feita. Eu justa a pena porque não foi pouco o que ela fez. Nós sofremos muito e estamos sofrendo até hoje. Não foi nada fácil o que nós passamos", disse.
Agressão ao marido
De acordo com a polícia, a doceira agrediu o ex-marido quando ele descobriu o crime. Ainda conforme a polícia, ela deu golpes de rolo de macarrão no ex-marido, que foi encontrado desacordado dentro de casa, em Joinville, Santa Catarina.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Vítima dos ataques de 11 de Setembro é identificada 16 anos depois

Uma vítima do ataque de 11 de setembro de 2001 ao World Trade Center, em Nova York, foi identificada, de acordo com médicos legistas da cidade americana.
O homem é a 1.641ª pessoa identificada de um total de 2.753 que morreram no ataque às torres gêmeas. Sua identidade - que foi confirmada através de um teste de DNA - está sendo mantida em sigilo a pedido de sua família.
Antes do anúncio de segunda-feira, havia mais de dois anos desde que a última identificação tinha sido feita. A última vítima foi identificada em março de 2015.
A identidade do homem foi confirmada pelo departamento de medicina forense de Nova York, que vinha fazendo novos testes com o DNA recuperado em 2001.
Um total de 1.112 pessoas que morreram (40%) continua sem identificação quase 16 anos depois do ataque terroristas.
Dois aviões de passageiros se chocaram contra as torres gêmeas de Nova York naquele dia, como parte de uma série de ataques coordenados contra alvos nos EUA, reivindicados pela Al-Qaeda.
Um outro avião sequestrado por terroristas caiu sobre o Pentágono, na Virgínia, e um quarto, sobre a Pensilvânia, depois que passageiros resolveram enfrentar os sequestradores.
Ao todo, os ataques de 11 de Setembro mataram quase 3 mil pessoas.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Temer quer aumentar imposto de renda em até 35%

Para fechar o Orçamento de 2018, a equipe econômica trabalha com um pacote de aumento de impostos que deve atingir principalmente os contribuintes com renda mais alta. Se adotadas em conjunto, as medidas têm potencial para reforçar o caixa em, pelo menos, R$ 35,5 bilhões.

Entre as propostas em estudo está a criação de uma alíquota de 30% ou 35% de Imposto de Renda para quem ganha mais de R$ 20 mil mensais, o que poderia garantir até R$ 4 bilhões a mais para os cofres públicos. Já a tributação de lucros e dividendos poderia render ao menos R$ 15 bilhões em 2018. Com o fim da isenção do Imposto de Renda sobre as LCA (Letra de Crédito do Agronegócio) e LCI (Letra de Crédito Imobiliário), conforme informou o Estadão/Broadcast na semana passada, serão injetados outros R$ 3 bilhões a R$ 4 bilhões na arrecadação. Uma revisão da tributação dos fundos de investimento imobiliário, que hoje são isentos da cobrança do Imposto de Renda sobre o ganho de capital, também está em análise. Além disso, investidores estrangeiros, que têm isenção para investir no mercado financeiro, podem perder essa vantagem.

O Ministério da Fazenda prepara um cardápio de propostas para apresentar ao presidente Michel Temer, que vai analisar a viabilidade política de encaminhá-las ao Congresso. Não significa que todas serão adotadas.

No caso da tributação sobre distribuição de dividendos, há resistências, dentro e fora do governo, especialmente de grupos empresariais. Mas a medida tem o apoio da Receita. Para entrar em vigor, é necessário aprovar um projeto de lei ordinária.

Algumas das propostas já foram levadas ao presidente durante a discussão que norteou a decisão do bloqueio adicional de R$ 5,9 bilhões no Orçamento deste ano junto com a alta de PIS/Cofins que incidem sobre combustíveis, mas ficaram para ser inseridas na discussão do Orçamento de 2018.

O consenso na equipe econômica é de que, sem novos aumentos de tributos, as contas não fecham no ano que vem. Depois da elevação de PIS/Cofins, os técnicos avaliam propostas que elevam a tributação para o chamado “andar de cima” como forma de obter apoio popular. As medidas precisam ser aprovadas este ano pelo Congresso para entrar em vigor em 2018 porque o governo não tem mais espaço para elevar tributos por meio de decreto, ou seja, sem a necessidade de aprovação pelos parlamentares.

Integrantes da área econômica também querem apresentar nova proposta para tributação de heranças e doações. Uma proposta desse tipo foi apresentada pela ex-presidente Dilma Rousseff, mas não vingou. Também está em discussão o congelamento ou correção menor da tabela para 2018 (hoje, escapa do Imposto de Renda quem ganha salário de até R$ 1.903). Embora difícil de ser aprovada politicamente, essa medida poderia diminuir em R$ 2,5 bilhões a perda de arrecadação no ano que vem. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Estadão
Leia Mais ››

Investigados buscam delação premiada na ‘Cidade Luz’

Pelo menos três das quinze pessoas alvejadas pela Operação Cidade Luz estão em processo de colaboração com o Ministério Público do Rio Grande do Norte.

Elas depuseram preliminarmente e estão em fase de juntar indícios para entregar ao Ministério Público para celebrar delação premiada, onde serão fixados os benefícios a que terão direito.

Um dos nomes confirmados pela reportagem é o da servidora Kelly Patrícia, primeira a ter a prisão revogada pela Justiça. Procurada, sua defesa afirmou que não comentaria o caso.

Também foi confirmado o nome de Sérgio Epaminondas. A reportagem não conseguiu localizar sua defesa.

Estão presos preventivamente ainda os empresários Allan Emmanuel e Felipe Gonçalves de Castro.

Crise 

Fontes ligadas ao caso confirmaram à reportagem que há explosivo material nas interceptações telefônicas, com citações diretas e responsabilizações a agentes políticos.

De acordo com o que foi apurado, as fraudes e a crise interna entre os membros da suposta associação criminosa se acentuaram entre 2015 e 2016 e tiveram pico durante as definições da eleição para presidente da Câmara de Vereadores de Natal.

Eleito presidente, Raniere Barbosa, também atingido pela operação, perdeu a influência que detinha sobre a Semsur no mesmo período em que o atual vice-prefeito, Álvaro Dias, se fortaleceu com o prefeito Carlos Eduardo Alves.

Nos bastidores, os grupos de Raniere e Álvaro Dias se digladiaram pela presidência da Câmara, com o vice-prefeito tentando drenar as forças de Raniere, em quem enxergava potencial adversário.

Fonte: Portal no Ar
Leia Mais ››

Guerra entre facções tira sono de moradores do Golandim pela segunda noite seguida

O bairro Golandim, em São Gonçalo do Amarante, viveu a segunda noite seguida de terror com a briga entre facções criminosas. Disparos de armas de fogo são ouvidos constantemente pelos moradores desde a execução de Eduardinho do Mosquito no último domingo, 6. Ele era chefe do PCC no estado.

Desde então, a facção com origem em São Paulo e o Sindicato do RN duelam no bairro. No domingo, logo após a morte de Eduardinho, outros dois homens foram mortos. Na noite dessa segunda-feira, 7, outro homicídio foi registrado, de acordo com informações colhidas pela reportagem, mas ainda sem confirmação oficial.

Carlos Alexandre Lemos, de 25 anos, e Daniel Pereira da Silva, de 24, foram os homens assassinados na noite do domingo após o homicídio de Eduardinho

Para impedir a entrada da Polícia Militar no bairro esta noite, os criminosos espalharam grampos nas ruas. Pelo menos duas viaturas furaram os pneus ao passar sobre os objetos. Alguns disparos foram feitos contra os policiais.

Fonte: Portal no Ar
Leia Mais ››

TIROTEIO INTENSO NO SANTO ANTÔNIO EM MOSSORÓ.

A polícia militar registrou por volta das 10:00hs uma ocorrência de disparos de arma de fogo, na rua Vivaldo Dantas de Farias no bairro Santo Antônio em Mossoró, por trás da UPA do bairro. De acordo com o que a polícia apurou no local, dois elementos tentaram contra a vida de outra pessoa que revidou e houve uma troca de tiros no local. A polícia chegou e não localizou nenhuma pessoa ferida, porém no local foi possível visualizar marcas de sangue. Na UPA do Santo Antônio, nenhum ferido deu entrada naquela unidade hospitalar. O SAMU precisou ser acionado para atender uma senhora de 50 anos que sofre de problemas cardíacos e teve que ser atendida após os tiroteio. Até fechamento da matéria não havia registro de entrada de algum baleado no HRTM ou qualquer outra UPA da cidade.

Fonte: Passando na Hora
Leia Mais ››

Suspeitos de envolvimento na morte do empresário Toni do Serra-boi em 2013 são presos pela DEFUR de Mossoró

Policiais Civis da Delegacia Especializada em Furtos e Roubos (DEFUR) de Mossoró, prenderam nesta segunda feira 07 de agosto, dois suspeitos de participação no assassinato do comerciante, Antônio Luiz de Albuquerque Neto, o Tony do Serra Boi, ocorrido no dia 20 de agosto de 2013, ao lado da Cobal, no Centro de Mossoró-RN. 

Segundo o delegado Luiz Fernando, os dois suspeitos, Alexandre Alves de Sousa, o "Alexandre Ploc" e Fabiano Rodrigues do Nascimento, foram presos por força de mandados de prisão expedidos pela justiça. 

Alexandre Ploc foi preso no bairro Santo Antônio e Fabiano Rodrigues foi preso em Serra do Mel. De acordo com o delegado Fabiano na época do crime era funcionário da empresa de Toni do Serra Boi e teria passado informações sobre o dinheiro aos criminosos. 

O empresário foi morto durante um assdalto. Ele transportava em seu veículo,  uma grande quantidade de dinheiro e foi interceptado pelos criminosos quando se dirigia a uma agência bancária para realizar o depósito. De acordo com as investigações da Delegacia de Furtos e Roubos, além de Alexandre e Fabiano outras duas pessoas, na época menores de idade, (nomes preservados) partiuciparam diretamente do latrocínio contra a o empresário. Os dois suspeitos presos pela DEFUR foram encaminhados à Cadeia Pública onde vão aguardar decisão da justiça.

Empresário foi morto ao lado da Cobal em Mossoró em 2013

Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Três jovens são arrastados de dentro de casa e executados em Ceará-Mirim

Três jovens foram mortos a tiros no final da noite desta segunda-feira (07), na rua Abílio Marinho, no conjunto Barretão, no minicípio de Ceará-Mirim, região metropolitana. Duas das vitimas estavam dormindo e eram irmãs, já o terceiro alvo dos executores foi surpreedido na porta de casa.

De acordo com a Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa os jovens mortos foram identificados como Jackson Marcelo da Silva Faustino, de 19 anos e os irmãos Alan Lucas Bernardo de Oliveira, de 17 e Adson Bernardo de Oliveira, de 15 anos. O delegado Sérgio Freitas informou que criminosos fortemente armados chegaram em um carro e uma motocicleta e invadiram as residências das vítimas. "Eles arrastaram os dois irmãos até a rua e depois atiraram, em seguida fizeram a mesma coisa com o vizinho que estava na porta da residência", disse.

O delegado ainda relatou que no momento da invasão os matadores gritavam perguntando aos jovens onde estavam as drogas e as armas. A Polícia Militar foi acionada, mas os autores do triplo homicídio conseguiram fugir. As razões para as execuções serão investigadas pela Polícia Civil da cidade.

Fonte: Portal BO
Leia Mais ››

Mulher é encontrada morta dentro de casa na Grande Natal; ex-marido é suspeito

Rosemere foi encontrada morta dentro de casa na Grande Natal (Foto: Reprodução/Facebook)Uma mulher foi encontrada morta na madrugada desta terça (8) dentro da casa onde morava em Parnamirim, na Grande Natal. O corpo de Rosemere Ferreira da Costa Silva, de 25 anos, apresentava sinais de espancamento. Segundo a polícia, o ex-marido dela é o principal suspeito do crime e está desaparecido.
De acordo com informações da polícia, o ex-marido de Rosemere, Joseilton Djalma da Silva, de 33 anos, teria ligado para uma amiga dela e contado que matou a ex-mulher e que iria cometer suicídio se jogando da ponte Newton Navarro. A polícia foi acionada e encontrou Rosemere morta dentro de casa.
O carro do suspeito foi encontrado abandonado na ponte Newton Navarro, no sentido Praia do Forte / Redinha, com a chave na ignição, som e pisca alerta ligados. Não havia nenhuma pessoa nas proximidades do veículo. O carro foi levado para a Central de Flagrantes, no bairro Cidade da esperança, em Natal.
De acordo com a polícia, o casal estava separado desde março deste ano. O Corpo de Bombeiros faz buscas pelo corpo de Josenilton.

Carro do suspeito foi encontrado abandonado na ponte Newton Navarro, em Natal (Foto: Ítalo Di Lucena/Inter TV Cabugi)
Carro do suspeito foi encontrado abandonado na ponte Newton Navarro, em Natal (Foto: Ítalo Di Lucena/Inter TV Cabugi)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Homem é encontrado caído já sem vida e outro baleado na RN-118 próximo ao Bico de Pato


Na noite desta segunda feira, 07 de agosto, por volta das 20;30hs, a polícia militar recebeu a informação de que um homem estaria caído em cima da Pista de rolamento, na RN-118, nas proximidades da comunidade das Pedrinhas, logo após o Bico de Pato, como é mais conhecido o local.
A vítima, um homem caído com perfurações por disparos de arma de fogo, e ao lado do corpo uma moto.
Ainda de acordo com as informações, elementos em um veículo tipo Hillux de cor branca teriam efetuado os disparos, atingindo uma pessoa por nome de Igor, e uma outra pessoa identificado apenas por João Neto que teria pulado da moto no momento dos disparos.
João Neto esta no matagal, cerca de 300 metros do corpo de Igor.
Versão essa que ainda será confirmada pela polícia. O GTO está no local realizando os trabalhos iniciais, já o ITEP foi acionado para a remoção do corpo de Igor para sede do órgão em Mossoró.







Fonte: Focoeolho
Leia Mais ››

ANIMAL SOLTO NA PISTA PROVOCA ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL NA RN-086 EM SANTANA DO SERIDÓ

Na noite deste Domingo (06/8) uma colisão envolvendo uma motocicleta e um animal (vaca), foi registrada na RN 086 no município de Santana do Seridó.O Parelhense Silvano Dantas, de 49 anos, que residia na Rua Tenente Jonatas Luciano, no Bairro Cruz do Monte, estava se deslocando da cidade de Equador com destino a Parelhas, quando nas proximidades de um pontilhão existente no local, o mesmo veio a colidir com um animal (vaca), que estava solto na via.
A vitima estava conduzindo uma moto de placa MNK 8764. A vitima, chegou a ser socorrida por uma ambulância da cidade de Santana do Seridó, até a Unidade Hospitalar de Parelhas onde já deu entrada sem vida.
O SAMU Parelhas também esteve na ocorrência.
A Polícia Militar foi acionada e esteve no local para as medidas necessárias. O ITEP da cidade de Caicó foi acionado para fazer a remoção do corpo.


Fonte: PM Currais Novos
Leia Mais ››