RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

domingo, dezembro 31, 2017

Prefeito Ciro Bezerra parabeniza equipe da Saúde em Confraternização de Fim de Ano


A Secretaria Municipal de Saúde de Itaú-RN realizou na noite de sexta-feira, 29 de Dezembro de 2017, a confraternização de encerramento do ano de 2017 para todos os servidores da pasta. O encontro de despedida do ano foi no Espaço Maria Bonita Restaurante e Petiscaria.



Em sua mensagem de final de ano à equipe da Saúde o Prefeito Ciro Bezerra parabenizou a equipe pelas conquistas de 2017, lamentando a falta de reconhecimento de alguns populares itauense sendo necessário o reconhecimento vir de pessoas de outros municípios.

"A saúde é onde mexe com os sentimentos do ser humano, e nós sabemos que a saúde ela tem que ser atendida da melhor forma possível principalmente para que o ser humano sinta, se não bem tratado, pelo menos bem acolhido por todos. (...) A saúde é uma das áreas mais difícil de se administrar, mas aqui no nosso município, nós estamos de parabéns, todos nós, não só eu, não só Nedilson, não só Ivan, não só os diretores das unidade básicas de saúde, nem só do nosso hospital, mas todos que estão empenhados em contribuir para que a saúde do nosso município melhore (...) A População de fora as vezes reconhece muito mais do que a própria população do nosso município, porque quem precisou dos serviços de saúde do município de Itaú, quem veio as nossas unidades básicas de saúde, quem precisou de qualquer tipo de serviço aqui da saúde, elogia, porque? porque as pessoas de fora sabe a situação que vive a saúde nos seus municípios; E as vezes a gente precisa que alguém de fora reconheça o serviço que é realizado na nossa cidade, porque as pessoas que são daqui as vezes não valorizam aquilo que tem, porque acham que aqui é o fim do mundo, as vezes não sabe como é serviço de saúde nas cidades vizinhas, e as vezes querem julgar a nossa saúde de forma errada, sem saber qual é a obrigação do município com relação a saúde e quer penalizar o município com uma obrigação que não é dele" declarou Ciro.

O Gestor continuou falando sobre o atendimento ao cidadão, para isso investiu e investe na estrutura das UBS's, do hospital e do próprio servidor para que todos tenham condições de trabalho e prestar um serviço de qualidade.

"Nós sabemos que o avanço foi muito grande, primeiro a prefeitura, nossa gestão, sempre teve a convicção de que é necessário a gente estruturar a nossa saúde, o nosso ambiente de trabalho, estruturar fisicamente os nossos prédios, para que nós possamos dá condições para que vocês trabalhem bem, e para que o cidadão que precisa dos serviços sejam bem atendidos. Por isso nós construímos as duas Unidades Básicas de Saúde hoje, que são verdadeiras clínicas particulares, que atenda o cidadão da nossa cidade, que necessita dos serviços de saúde, equipamos todas elas para que vocês possam ter equipamentos de ponta, equipamentos que condiz com a realizado e possam ter todo o aparato de ferramentas necessário para que vocês cumpram bem o seu serviço". disse Ciro.

O Prefeito encerrou dizendo estar muito feliz e que a cada dia busca o melhoramento na saúde: "A cada dia mais nós buscamos errar menos, corrigir nossos erros, e tratar melhor o nosso povo principalmente com relação a saúde, por isso estou muito feliz em estar aqui" encerrou.



O Coordenador de Saúde, Nedilson Paiva, usou a palavra gratidão em seu discursos e mensagem de final de ano, elogiando a equipe que apesar das dificuldades, a saúde do município superou tudo isso e se destaca dentre outras cidades. Afirmando que as mudanças implantadas foram de suma importância para melhorar; a comprovação e vista através ações que são desenvolvidas, principalmente pela estrutura que se tem no município de Itaú. porém encerrou dizendo que Itaú não tem a melhor saúde do mundo, mas tem a consciência que pode melhorar ainda mais.

Os funcionários de divertiram através de dinâmicas que eram presenteados com um brinde, mas que para isso, era necessário pagar uma prenda para levar o brinde.

A dinâmica foi desenvolvida pela Enfermeira Janeuma Kelly que orientou a equipe para realização das mesma.

Para finalizar o momento foi servido o jantar de confraternização.




Fonte: Assessoria de Comunicação
Leia Mais ››

Homicídio foi registrado na cidade de Equador


Na noite desta Quinta (28/12), um homicídio foi registrado na cidade de Equador.
Informações dão conta de que dois indivíduos em uma motocicleta, chegaram próximo a vitima e efetuaram cerca de cinco disparos de arma de fogo.
Ainda segundo informes, os disparos atingiram principalmente a cabeça do homem identificado como; Sebastião Francisco da Silva (Nenêm de Chagas).
Neném ainda chegou a ser socorrido mais não resistiu aos ferimentos.
Após a ação os acusados fugiram com destino ignorado.
A Polícia Militar esteve na ocorrência na tentativa de localizar os acusados.
O corpo foi encaminhado para o ITEP para os procedimentos de praxe.

Fonte: Marcos Silva
Leia Mais ››

Jovem foi encontrado morto com pernas amarradas em Assu

Na manhã de sexta-feira, 29 de dezembro, por volta das 07;30hs populares acionaram a polícia militar com informação de que um corpo teria sido encontrado nas proximidades do Rio Chopp Carr como é mais conhecido o local.
Segundo informações, a vítima é o jovem José Vinicius da Silva, 18 anos, mais conhecido por Chiquinho, residia na rua Dr. Adalberto Amorim, no bairro Vertentes em Assu.
O mesmo está com uma corda amarrada nas pernas, já na região da cabeça existe um buraco profundo, possivelmente provocado por um disparo de espingarda calibre 12.


Fonte: Focoelho
Leia Mais ››

Um segundo produtor da banda de Juninho Sanfoneiro será transferido para Natal-RN


Deram entrada cinco vítimas do grave acidente com a Van de Juninho Sanfoneiro na Urgência e Emergência do Hospital Regional do Seridó. Uma das vítimas seria um jovem de nome Jonathan, que será transferido para Natal.

De acordo com Rafael Souza, primo de Juninho Sanfoneiro e também produtor da banda, o Jonathan foi contactado de última hora no lugar do Rafael, que estava com viagem marcada para Natal e não pode ir aos shows dessa noite.

Rafael conversou com exclusividade com o Blog Jair Sampaio e confirmou que o sanfoneiro Juninho (proprietário da banda) tem dores nas pernas e braços mas passa bem. Ainda segundo Rafael, outros cinco ocupantes da Van passam bem.

Estão bem e com alta hospitalar: Zé Locão (mesário da banda), Flávio Percussionista, Matheus Baixista e Esquisito Baterista. Além destes. Uma oitava pessoa ocupava a Van, uma jovem de nome Vitória, que segundo Rafael, passa bem.


Fonte: Jair Sampaio
Leia Mais ››

Familiar confirma a ‘morte do produtor’ musical da banda de Juninho Sanfoneiro


O repórter do Correio do Seridó, Paulo Júnior, confirmou a morte do seu sobrinho Matheus Vinicius, que era o produtor musical da Banda Juninho Sanfoneiro, e se apresentaria nessa noite em São João do Sabugi e São Mamede, na Paraíba.

Informação extra-oficial dá conta que Matheus Vinicius estava na frente da Van que transportava os músicos rumo ao primeiro show da noite (em São João do Sabugi) quando um pneu do veículo estourou e ele teria sido arremessado para fora.

Matheus era sobrinho do também músico, o renomado Bené da cidade de São Fernando, inclusive, Matheus começou os trabalhos na área musical ao lado do tio e dos primos. O fato lamentável deixou triste todos os seus familiares e amigos.


Fonte: Jair Sampaio
Leia Mais ››

Fantástico promete mostrar a realidade da insegurança no RN na última edição do ano

O repórter Global Maurício Ferraz está no Rio Grande do Norte montando uma reportagem especial para a última edição do Fantástico (ano 2017) que vai ao ar nesse domingo, 31 de dezembro, e promete mostrar os bastidores da insegurança no estado.

Ao lado do Subtenente Eliabe, presidente da associação de policiais militares norte-riograndense, o repórter fez um raio-x sobre a insegurança no estado, que perpetua há meses e sempre foi o tema oposto de discurso usado pelo atual governador Robinson Faria. 

Fonte: Jair Sampaio
Leia Mais ››

Acidente com Van de banda de forró de Caicó se envolve em acidente com óbito


A Van que transporta a banda de Juninho Sanfoneiro se envolveu em um grave acidente na estrada que liga Caicó a São do Sabugi e deixou uma vítima fatal no local do sinistro, segundo uma testemunha que conversou com o Blog Jair Sampaio.

Fonte: Jair Sampaio
Leia Mais ››

Morador do Bairro Paredões em Mossoró é assassinado a tiros e facadas após festa em Tibau/RN

Lucas Lautentino Soares, 29 anos de idade, que residia na Rua Anatália de Melo Alves, no Bairro Paredões em Mossoró, foi assassinado na madrugada de hoje, domingo 31 de dezembro de 2017, após a festa do Grafith na cidade-Praia de Tibau, distante 38 KM de Mossoró, no Litoral Oeste Potiguar. 

Segundo informações do Sgt Miguel, comandante do Pilotão da PM naquela cidade, o crime aconteceu por volta das 04h30min e a vítima, foi atingida com cerca de dois disparos de arma de fogo nas costas. 

Além dos tiros, Lucas Luarentino também sofreu perfurações por arma brancal (faca ou punhal). Ainda de acordo com Sgt Miguel, os suspeitos do crime foram presos quando tentavam fugir para Mossoró, em uma moto POP, numa ação rápida dos policiais militares da cidade e do Grupo Tático Rodoviário (TOR) do 2º DPRE. 

A arma de fogo usada no crime foi apreeendida. O corpo de Lucas laurentino Soares, foi removido pela equipe do Instituto Tácnico-Científico de Perícia (ITEP) e será necropsiado na base do órgão em Mossoró. 

Segundo a Polícia, vítima e acusados, todos tem registros no sistema do Tribunal de Justiça do RN e são ligados as facções criminosas rivais, PCC X Sindicato do crime.



Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Justiça autoriza governo do RN a remanejar R$ 225 milhões para pagar servidores da Segurança

Policiais do RN estão aquartelados em protesto contra atrasos de salário. Arquivo: 19/12/2017 (Foto: Polícia Militar/Divulgação)O desembargador Cornélio Alves, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, autorizou o governo do estado a remanejar R$ 225,7 milhões para pagamento dos salários dos servidores da Segurança Pública. A decisão foi tomada no plantão judiciário deste sábado (30), atendendo a um mandado de segurança enviado à Justiça pelas associações de subtenentes e sargentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros, pela Associação dos Delegados de Polícia do RN e Sindicato dos Policiais Civis e Servidores da Segurança Pública.

Policiais Militares e bombeiros estão aquartelados no estado desde o dia 19 de dezembro, em protesto contra atraso de salários. Eles afirmam que só deixarão os batalhões com viaturas e equipamentos em condições de uso. A partir do dia 20, policiais civis também passaram a trabalhar apenas em escala de plantão.

A paralisação das forças de segurança pública causou aumento da violência no estado, que recebeu reforço de tropas da Força Nacional e neste final de semana passou a receber militares das Forças Armadas. O Governo Federal mandou 2.800 homens e mulheres ao estado.

No pedido feito à Justiça, as associações e sindicatos destacaram o atraso no pagamento dos salários, que é considerada verba alimentar, e argumentaram que ela tem prioridade entre as obrigações do governo. Afirmaram ainda que os servidores tinham dificuldade até mesmo de chegar ao local de trabalho por falta de recursos.

Por isso, colocando o Estado como parte coautora no processo, os servidores solicitaram que a Justiça autorizasse o governo a usar valores recebidos do Fundo Nacional de Saúde (R$ 180 milhões), somado a um saldo não executado no orçamento de 2017, para pagar os salários de novembro, dezembro e o 13º.

O magistrado deferiu o pedido com a ressalva de que o estado terá 10 meses, a contar do início de 2018, para repor o dinheiro usado.


"Pelo exposto, defiro o pedido liminar para determinar que a autoridade coautora adote as medidas administrativas necessárias ao pagamento da folha de pessoal, utilizando os recursos indicados nos autos, para quitação dos salários dos meses de novembro e dezembro de 2017 dos servidores representados pelos Sindicatos, bem assim o décimo terceiro salário do ano, devendo, contudo o impetrato, após utilização de tal verba, promover, nos próximos 10 meses, a contar do início do exercício financeiro de 2018, a reposição de tal quantia", determinou o desembargador.

Na decisão, Cornélio Alves ainda pontuou que o Estado não discordou da medida nos autos, nem rebateu as argumentações dos sindicatos. Além disso, considerou que a possibilidade d uma intervenção federal diante dos contantes atrasos de salários autoriza a Justiça a tomar medidas "não tão drásticas" como esta.

Pagamento
Na sexta (29) a administração estadual pagou apenas o salário de novembro servidores que recebem até R$ 4 mil. Mais de 80% da polícia foi contemplada, porém a paralisação dos militares continou. O pagamento do restante dos servidores será feito na primeira semana de janeiro, segundo informou o governo em nota, sem especificar o dia.

O próprio governador anunciou nas redes sociais, no dia 21 de dezembro, que o RN receberia R$ 600 milhões do governo federal e divulgou caledário de pagamento dos salários de novembro, dezembro e 13º. Mas o Ministério da Fazenda negou o repasse após recomendação do Ministério Público de Contas. Com isso, a gestão não conseguiu cumprir o calendário.

Na terça (26), a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, afirmou que está em estudo no Ministério da Fazenda e no Banco Mundial um plano para ajudar o Rio Grande do Norte. Segundo ela, a ajuda não envolverá recursos da União, mas, sim, um empréstimo do Banco Mundial ao estado.

Apesar disso, o governo do RN pediu ao ministro da Fazenda Henrique Meirelles que reconsidere a decisão de não enviar ajuda financeira no valor de R$ 600 milhões ao Rio Grande do Norte e ainda entrou com um recurso de embargo de declaração no Tribunal de Contas da União. O objetivo, segundo a administração, é esclarecer a decisão do TCU que tinha sido favorável à transferência de auxílio do governo federal aos estados em crise fiscal, entre eles o RN.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Comandante do Exército se diz preocupado com 'constante emprego' de militares em ações de segurança pública

Comandante do Exército, o general Eduardo Villas Bôas utilizou as redes sociais para dizer que está preocupado com o "constante emprego" das Forças Armadas em ações de segurança pública. Em uma publicação no Twitter neste sábado (30), Villas Bôas voltou a se manifestar sobre o assunto, afirmando que os números da violência no país mostram que a segurança pública precisa ser tratada pelos governos estaduais "como prioridade zero".

Na última sexta (29), o governo federal autorizou o envio de 2 mil homens das Forças Armadas para o Rio Grande do Norte, estado que assiste a uma escalada da violência por conta da greve de policiais militares e civis.

Essa é a terceira vez só em 2017 que o Rio Grande do Norte recebe o apoio do Exército para fazer o patrulhamento das ruas. Os militares ajudarão na segurança na Grande Natal e em Mossoró, onde ataques, saques e arrastões estão acontecendo com maior frequência desde que a polícia deixou de atuar.

"Preocupa-me o constante emprego do @exercitooficial em “intervenções” (GLO) nos Estados. Só no RN, as FA já foram usadas 3 X, em 18 meses. A segurança pública precisa ser tratada pelos Estados com prioridade “Zero”. Os números da violência corroboram as minhas palavras", escreveu o general na rede social.

O comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas (Foto: Geraldo Magela, Agência Senado)
O comandante do Exército, general Eduardo Dias da Costa Villas Bôas (Foto: Geraldo Magela, Agência Senado)

Realizadas exclusivamente por ordem expressa da presidência da República, as missões da Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ocorrem nos casos em que há, segundo o Ministério da Defesa, "o esgotamento das forças tradicionais de segurança pública, em graves situações de perturbação da ordem".

Nessas ações, as Forças Armadas "agem de forma episódica, em área restrita e por tempo limitado, com o objetivo de preservar a ordem pública, a integridade da população e garantir o funcionamento regular das instituições".

Críticas recorrentes
A manifestação deste final de semana do comandante do Exército contra o uso das Forças Armadas na segurança pública não é a primeira crítica pública de Eduardo Villas Bôas em relação ao assunto.

Em junho, em uma audiência pública em uma comissão do Senado, o general havia usado um tom ainda mais duro. À época, ele afirmou que o uso de militares em atividades de segurança pública é "desgastante, perigoso e inócuo". Na ocasião, ele defendeu que o uso deste modelo, por meio de decretos presidenciais, seja repensado.

O próprio ministro da Defesa, Raul Jungmann, também já se manifestou contra os decretos de Garantia da Lei e da Ordem. Em uma audiência no Senado em junho, Jungmann destacou que há uma "banalização" do uso das Forças Armadas para ações de segurança pública por meio de decretos de GLO.


Dois meses depois, em um evento com oficias das Forças Armadas, o presidente Michel Temer pediu paciência aos militares por conta das constantes ações de segurança pública exercidas nos últimos anos pelas tropas. Segundo o peemedebista, os decretos de Garantia da Lei e da Ordem estão "muito na moda".

"Tenho certeza de que os senhores seguirão exercendo com competência, sob a égide do Ministério da Defesa, as funções que lhes atribui a Carta Magna: a defesa da pátria, a garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa destes, aliás está muito na moda, a garantia da lei e da ordem", enfatizou o presidente aos militares.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann (esq), sinalizou na quinta (28) permanência das Forças Armadas no Rio de Janeiro ao longo de 2018 (Foto: Bernardo Caram, G1)
O ministro da Defesa, Raul Jungmann (esq), sinalizou na quinta (28) permanência das Forças Armadas no Rio de Janeiro ao longo de 2018 (Foto: Bernardo Caram, G1)

Decretos de GLO
Em 28 de julho, Temer assinou um decreto de GLO para autorizar a atuação de tropas das Forças Armadas na segurança pública do Rio de Janeiro. Os militares passaram a auxiliar as tropas estaduais em operações para combater o crime organizado.

Quatro dias antes, o presidente também havia autorizado a presença de militares nas ruas do Amazonas para reforçar a segurança na realização das eleições do estado. Na última quinta (28), o ministro da Defesa sinalizou que as Forças Armadas devem permanecer no estado até o final de 2018.

Em regra, o envio dos militares para atuar em ações de segurança pública ocorrem a partir de pedidos de governadores, como nos casos do Rio de Janeiro e do Rio Grande do Norte. No entanto, em maio, Temer gerou polêmica ao autorizar a presença das Forças Armadas nas ruas de Brasília, mesmo sem solicitação do governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg.

O decreto foi assinado durante uma manifestação na qual milhares de pessoas ocuparam a Esplanada dos Ministérios, na região central de Brasília, para protestar contra o governo. Em meio ao protesto, houve confrontos entre manifestantes e policiais, vidros de prédios foram quebrados e algumas pessoas atearam fogo a objetos.

Alvejado por críticas, o presidente da República revogou o decreto de GLO menos de 24 horas depois de autorizar a presença de militares nas ruas da capital federal.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Motociclista embriagado provoca acidente em José da Penha/RN

Um motociclista de 24 anos provocou um acidente de transito na Rua Antônio Agostinho de Araújo nas proximidades do Estádio de Futebol, na tarde deste sábado(30), em José da Penha. O homem estaria transitando em uma motocicleta Honda Titan, de cor verde, quando colidiu na lateral de um veículo Kia Cerato, de cor cinza, pertencente a um ex-prefeito de Riacho de Santana-RN. O teste do bafômetro apontou para 0.89 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

O homem residente no Sítio Boi Redondo, na zona rural de José da Penha-RN foi preso pelos militares e conduzido a DRPC em Pau dos Ferros e apresentado a Autoridade Policial plantonista, após ser autuado em flagrante de delito, foi arbitrando a fiança no valor de R$ 500 reais, para responder ao processo em liberdade.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Homem tem moto furtada enquanto fazia compras em feira livre de Pau dos Ferros/RN


Um homem residente no Sítio Aroeira, zona rural do município de São Francisco do Oeste-RN, disse que estacionou sua moto Honda/C100 Biz,  2002-2003, de cor vermelha, placa MYE 6451/RN, na manhã deste sábado(30), por volta das 09h  e foi fazer compras.

Segundo a vítima, ele estacionou a morto próximo ao posto de combustíveis, no centro da cidade de Pau dos Ferros-RN, para ir fazer compras e quando retornou, minutos depois, a sua moto não estava mais no local.

O mesmo procurou a polícia e registrou o roubo na Delegacia de Polícia Civil que está investigando o caso.


Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

Homem é morto a tiros dentro de bar no Centro de Luís Gomes-RN

Dois homens chegaram no bar em uma motocicleta e de características não repassadas a Polícia, um adentrou no estabelecimento e atirou contra um uiraunense, de 31 anos de idade, que residia há poucos meses na Rua da Caixa D'água em Luís Gomes-RN. 

O uiraunense foi morto dentro de um bar, localizado na Rua Honório Bernardino, no Centro de Luís Gomes, por volta das 18h30, desta sexta-feira(29). Segundo informações da Polícia. A vítima foi identificada como Jaelson da Costa Andrade.

Após o crime os suspeitos fugiram, e ainda não foram identificados.

Uma equipe do ITEP-RN compareceu ao local e fez a remoção do corpo para sede do órgão para necropsia. 

O caso será investigado pela Delegacia de Polícia civil.

Fonte: Nosso Paraná RN
Leia Mais ››

249° Homicídio em Mossoró 2017: Enfermeira suspeita de envolvimento na morte do servidor da UERN é executada a tiros no Abolição I

A violência continua em alta na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte. Mossoró, localizada na região Oeste do estado, registra mais um homicídio (Feminicídio), neste ano de 2017. 

O crime aconteceu por volta das 16h00min, na Rua Francisco das Chagas, região da Baixinha no Conjunto Abolição I. A vítima, a enfermeira Ivonete Tintino da Silva, 40 anos de idade foi executada em via pública com cerca de cinco disparos de arma de fogo. 

A Polícia apurou no local, através de testemunhas que a enfermeira chegava na casa de familiares e quando se aproximou da residência, um veículo não identificado chegou e um dos ocupantes atirou várias vezes contra a vítima que morreu na hora. Os criminosos que até o momento não foram identificados fugiram em sentido ignorado. 

Segundo informações da polícia a enfermeira era suspeita de participação no assassinato do servidor da Universidade Regional do Rio Grande do Norte, Hiroito Falcão, morto durante um assalto em sua residência no Conjunto Abolição I no início do ano. 

Ainda de acordo com a polícia civil, Ivonete trabalhava cuidando de uma pessoa doente na casa de Hiroito e teria repassado informações para o marido dela Pedro Henrique da Silva, acusado de envolvimento no crime. 

Ivonete Tintino, a marido dela Pedro Henrique da Silva e Jefferson Batista, foram presos durante a investigação do crime, conduzida pela Delegacia de Furtos e roubos (DEFUR), onde confessaram perante seus advogados participação no latrocínio (Roubo seguido de morte). 

Há alguns dias atrás, os três participaram de uma audiência de instrução na justiça, onde negaram envolvimento no crime e alegaram que foram pressionados a confessar o crime na polícia civil. 

A audiência também seria de julgamento, mas diante dos depoimentos dos acusados, negando participação no latrocínio o processo voltou a estaca zero e por insufiência de provas, não houve o julgamento, apenas a audiência de instrução. 

A justiça acatou pedido do advogado de Ivonete e concedeu a soltura dela para que a mesma respondesse o processo em liberdade. Já em relação a Pedro Henrique e Jefferson Batista o pedido de soltura foi negado pela justiça e os dois continuam presos. 

Ivonete Tintino é a terceira pessoa que teve o nome citado pela investigação policial na morte de Hiroito falcão, a ser assassinada. Felipe Rodolfo da Silva, irmão de pedro Henrique da Silva, foi o primeiro a ser morto. Ele foi executado com vários tiros de pistola, em frente ao ITEP, no dia 14 de junho passado, quando iria realizar exames naquele órgão pericial. 

O segundo a ser assassinado, foi João Pereira da Silva, "João Neto", executado dentro do seu carro, na noite de terceira feira, 26 desse mês na Rua Juvenal Lamartine no bairro Bom jardim. Segundo a investigação ele teria empresatado o carro que foi usado pelos assaltantes que mataram Hiroito falcão. 

O corpo de Ivonete Tintino da Silva, foi recolhido, após a perícia no local do crime e encaminhado a base do ITEP onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento. 

Com mais um crime de homicídio registrado em Mossoró, a cidade passa a contabilizar 249 assassinatos neste ano de 2017. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e proteção à Pessoa (DHPP).




Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

Motociclista morre ao ser colhido por carro na BR 304 próximo ao antigo puxa-boi em Mossoró

O acidente foi registrado por volta das 15h00min de hoje, sábado 30 de dezembro de 2017, na BR 304 sentido Fortaleza, nas proximidades do anti Puxa-boi em Mossoró RN. 

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, Jorge Ivan Batista da Silva,35 anos, que morava na zona rural, conduzia sua moto Pop 100 de cor vermelha e placa OJX-4685 por uma estrada vicinal e ao entrar de vez na rodovia foi colhido por um carro Onix de cor branca, dirigido por uma mulher que trafegava em direção a Mossoró. 

Jorge Ivan morreu no local. A condutora do carro, após acionar o socorro médico e a Polícia Rodoviária federal, evadiu-se do local, foi até a Polícia Civil e se apresentou na Delegacia de Plantão. Após ser ouvida pelo delegado Fernando Antônio, foi liberada. 

O corpo da vítima foi recolhido pelo rabecão e encaminhado a base do ITEP onde será necropsiado e depois liberado para os familiares providenciarem o sepultamento. Este foi o segundo acidente com vítima fatal neste sábado (30) em Mossoró.





Fonte: Fim da Linha
Leia Mais ››

RN registra 87 mortes violentas desde o início da paralisação de policiais

O Rio Grande do Norte registrou 87 homicídios desde o início da paralisação da Polícia Militar, no último dia 19 de dezembro, até a tarde deste sábado (30). O número representa um aumento de 40,3% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram contabilizadas 62 mortes violentas. Os dados são do Observatório da Violência Letal Intensional (Obvio) – instituto de contabiliza as mortes violentas no estado.

Esta sexta-feira (29) foi o dia mais violento, registrado pelas forças de segurança do Rio Grande do Norte, ao longo dos 12 dias de paralisação. No site do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), foram contadas 15 mortes violentas por arma de fogo, ao longo do dia. De acordo com o Obvio, foram 17 casos nas 24 horas. Ainda segundo a organização, após a morte de 26 presos na Penitenciária de Alcaçuz, em janeiro, esse foi o dia mais violento do ano no estado.

Neste sábado (30), tanto o Itep quanto o instituto contabilizaram cinco mortes violentas até o final da tarde.

O reforço de 2,8 mil militares das Forças Armadas começou a chegar no estado nesta sexta. Apesar da presença de um efetivo de 720 homens nas ruas de Natal, a noite foi violenta nas ruas da capital.

Até então, o dia com o maior número de homicídios durante a paralisação da PM havia sido o sábado (23), que registrou 11 mortos, segundo o Obvio.

Crimes
Na madrugada deste sábado (30), um homem foi morto com sete tiros dentro do maior pronto-socorro da região Oeste potiguar, no município de Mossoró. Ele era suspeito de ter atirado em um agente penitenciário durante uma tentativa de assalto, na noite da sexta (29).

Também ferido na troca de tiros, ele aguardava um exame de Raio-X no Hospital Regional Tarcísio Maia, quando recebeu sete tiros.

Do dia 19 até as 7h deste sábado (30), o estado teve 586 crimes classificados como arrombamentos, roubos e assaltos, de acordo com dados oficiais da Secretaria de Estado da Segurança Pública (Sesed).

Os casos, porém, são apenas aqueles notificados e confirmados pelos órgãos oficiais. Na sexta, o estado registrou 37 roubos e três furtos. Não houve registro de arrombamentos.

Suspeito de balear agente foi executado dentro do maior hospital de Mossoró, na região Oeste do RN  (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)
Suspeito de balear agente foi executado dentro do maior hospital de Mossoró, na região Oeste do RN (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)

Paralisação
Policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte estão aquartelados desde a terça-feira (19). Policiais civis trabalham em regime de plantão desde quarta (20). As categorias reivindicam, além de melhores condições de trabalho, o pagamento dos salários e 13º. O governo anunciou que pagou os salários de novembro a mais e 80% da categoria nesta sexta-feira (29), mas o movimento foi mantido.


No domingo (24), a Justiça já tinha considerado a paralisação ilegal. Mesmo assim, os militares mantiveram o aquartelamento. Com a falta de políciais nas ruas, o estado registrou aumento de furtos, assaltos e roubos, especialmente na capital e em município da região metropolitana da capital e em Mossoró, segunda maior cidade do estado.

Nesta sexta (29), o Ministério da Defesa anunciou o envio de 2 mil militares das Forças Armadas para reforçar o patrulhamento ostensivo no RN. O número foi ampliado para 2,8 mil neste sábado, segundo anúncio do ministro Raul Jungmann. Desde o início da crise na segurança, o governo federal enviou cem homens da Força Nacional para auxiliar no patrulhamento. Eles se juntaram aos 120 integrantes da Força Nacional que já atuavam no estado.

O governador Robinson Faria (PSD) transferiu ao Exército a responsabilidade pela coordenação das forças de segurança estadual, em decreto publicado neste sábado (30).

Fonte: G1
Leia Mais ››

Mega-Sena da Virada vai pagar R$ 280 milhões; lotéricas abrem no domingo

Uma combinação de seis números que vale o maior prêmio da história da Mega-Sena. São R$ 280 milhões. Quem ganha um salário mínimo, por exemplo, teria que trabalhar - e viver - quase 25 mil anos sem gastar um centavo para juntar tudo isso. Uma bolada!

Edson sempre aposta junto com a família. É a estratégia deles para atrair a sorte: “Já pegamos umas quinas aí duas vezes já”.

As apostas podem ser feitas até domingo (31), às 14h, e, até lá, cada um tenta desvendar certos sinais. “Vocês estão filmando tantas lotéricas e acharam de vir justo aqui”, reflete uma apostadora.

Uma chance em 50 milhões. Esta é a probabilidade de se ganhar na Mega-Sena fazendo uma aposta com seis dezenas. É mais fácil ser atingido por um raio ou um asteroide grande cair na Terra do que acertar a combinação premiada. Todo mundo que está na fila sabe que é difícil. Mas ninguém desanima.

“Pior é não jogar, se não joga, não tem chance nenhuma. Pelo menos, o mínimo de chance que tiver. Vai que um asteroide desse cai na minha cabeça”, argumenta Jairo dos Santos.

Dona Margarida, que mora em Belo Horizonte, diz que joga os mesmos números há 20 anos.

Em Mato Grosso do Sul, teve gente que cruzou a fronteira com o Paraguai para tentar a sorte nas lotéricas brasileiras. E tem quem pense em ir muito mais longe se ganhar o prêmio.

“Vou pegar um disco voador, vou para o Júpiter para esquecer da Terra, vou virar jupitano”, brinca um apostador.

Fonte: Jornal Nacional
Leia Mais ››

Polícia prende suspeito de matar jovem e esconder corpo em geladeira

Samantha sumiu após sair de uma festa em Itatiba na madrugada de segunda-feira (25) (Foto: Facebook/Reprodução)

A Polícia Civil prendeu, nesta sexta-feira (29), o suspeito de matar a jovem Samantha Farias, de 20 anos, encontrada em uma geladeira, às margens da estrada Domingos Stoco, no bairro Palmeirinha, em Itatiba (SP), na segunda-feira (25).

Ao G1, o delegado responsável pelo caso, Osvaldo Roberto Cândido, informou que Fabiano Pereira de Souza, de 35 anos, era amigo de Samantha e que os dois foram vistos juntos um dia antes do crime.

O rapaz teve a prisão temporária decretada e se apresentou na delegacia junto do advogado. Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista (SP), onde deve permanecer por 30 dias, e responderá por homicídio.

O suspeito foi localizado após a averiguação de imagens de monitoramento de toda a cidade, além dos depoimentos das últimas pessoas que entraram em contato com a vítima.

Samantha foi vista pela última vez na lanchonete de um posto de combustíveis com amigos. A vítima deixou o estabelecimento no carro do suspeito e os dois seguiram para o apartamento de Fabiano.

Câmeras de monitoramento flagraram homem transportando geladeira em Itatiba  (Foto: Bárbara Leão/Jornal da Região)
Câmeras de monitoramento flagraram homem transportando geladeira em Itatiba (Foto: Bárbara Leão/Jornal da Região)

As câmeras de segurança apontaram que Samantha apenas entrou na casa do suspeito, mas não saiu do local. Algumas horas depois, Fabiano deixou o apartamento em outro veículo, o carro de seu pai.


O delegado solicitou buscas na casa de Fabiano, onde nada foi encontrado, e na residência do pai dele, onde foi localizada uma arma de fogo.

Segundo a Polícia Militar, um pedestre que passava pela via, que liga Itatiba a Valinhos (SP), viu o eletrodoméstico deixado na estrada e, ao abrir, encontrou o corpo de Samantha. A perícia esteve no local e verificou que havia um ferimento de disparo de arma no tórax.

Corpo de jovem foi encontrado dentro de geladeira em Itatiba (Foto: Itatiba News/Divulgação )
Corpo de jovem foi encontrado dentro de geladeira em Itatiba (Foto: Itatiba News/Divulgação )

Depoimento
Em depoimento ao delegado, Fabiano negou que tenha cometido o crime. "Ele diz que ela se matou, que se trancou no quarto do apartamento dele e atirou, e ele escondeu a arma", afirma Osvaldo. A polícia também esclareceu que os dois não mantinham um relacionamento amoroso.

*Colaborou sob supervisão de Ana Paula Yabiku

Fonte: G1
Leia Mais ››

Família de SC pede ajuda ao Itamaraty para libertar brasileiro preso na Venezuela

Brasileiro mora em Los Angeles e foi para Venezuela para ajudar crianças, segundo família (Foto: Facebook/Reprodução)Uma família de Santa Catarina pediu ajuda do governo brasileiro para libertar o designer gráfico Jonatan Diniz, de 31 anos, que está preso na Venezuela. Familiares tentam contato com ele há dias, mas sem sucesso. Segundo o líder chavista Diosdado Cabello, em discurso transmitido pela TV na quarta-feira (27), o rapaz faria parte de uma organização criminosa e, por essa razão, foi detido.

A família nega a acusação de Cabello. Na noite deste sábado (30), o Itamaraty confirmou a detenção de Diniz e disse que acompanha o caso, mas não informou como estaria uma possível negociação para a libertação dele.

“A gente não tem contato. A polícia nem identificou o local onde ele está sendo mantido”, diz o irmão do brasileiro, Juliano Diniz, de 34 anos, que mora em Balneário Camboriú, no Litoral catarinense. A última vez que o brasileiro e a família fizeram contato foi na terça-feira (26). Depois, ele não respondeu nem vizualizou mais as mensagens enviadas pela mãe.

Segundo Juliano, na madrugada de quarta (27) a família foi procurada por uma amiga de Jonatan informando que ele tinha sido preso com três venezuelanos. Ela estaria com Jonatan quando ele e trio foram abordados por policiais. Então, a família procurou o Itamaraty e a Embaixada do Brasil no país vizinho.


“Ele foi há uma semana para lá só pra fazer o Natal dessas crianças que estão morrendo de fome na Venezuela. Estava super animado. Ele pediu doações para toda família, para os amigos, publicou a entrega nas redes sociais e expôs a situação do país”, explica o irmão.

Jonatan fez postagens fazendo campanha  (Foto: Facebook/Reprodução)
Jonatan fez postagens fazendo campanha (Foto: Facebook/Reprodução)

Grupo de ajuda
O líder chavista Diosdado Cabello disse em discurso transmitido pela TV na noite de quarta-feira (27) que Jonatan é “diretor da ONG denominada ‘Time for Change’”. Na transmissão, Cabello ainda teria dito que a ONG “servia de fachada para promover por redes sociais supostas atividades de entrega de alimentos a pessoas em situação de rua na Venezuela para obter financiamento em moeda nacional e estrangeira, dólares”.

A família nega essas informações. "Tudo invenção, não tem fundamento algum. É que ele sempre se posicionou pela situação de lá”, afirma o irmão de Jonatan.

Juliano diz que a ONG mencionada por Cabello não existe. “Não existe ONG nenhuma, falaram dessa ONG só pra incriminar. Ele tinha um grupo de amigos, que conheceu na época que morou lá, e que se deram esse nome, o Jonatan que criou, mas não é uma ONG, não tem CNPJ, nada, é um grupo de ajuda”, afirma.


Jonatan vive há pelo menos um ano em Los Angeles, nos Estados Unidos, onde trabalha como prestador de serviço. Segundo a família, antes de mudar para os Estados Unidos, ele morou desde os 4 anos em Balneário Camboriú.

"Desde a faculdade ele gostava de viajar, já esteve antes na Venezuela quando se apaixonou por uma menina de lá. Passou um tempo lá e conheceu a realidade. Quando terminou o relacionamento, voltou para os Estados Unidos e ficou planejando isso, de voltar para ajudar as crianças", diz o irmão. Ainda segundo ele, o irmão tentou levar brinquedos dos EUA para a Venezuela, mas foi impedido no aeroporto.

Em nota, o Itamaraty disse que está assessorando os familiares de Jonatan. “O Consulado do Brasil em Caracas acompanha o caso e está em contato com autoridades locais e com a família do nacional para prestar a assistência consular cabível”, informou. O G1 não conseguiu contato com a Embaixada brasileira em Caracas nem com a Embaixada da Venezuela em Brasília.

Fonte: G1
Leia Mais ››

Dezessete presas fogem do 8º Distrito Policial de Curitiba

Dezessete presas fugiram, na tarde deste sábado (30), do 8º Distrito Policial (D.P.) de Curitiba, que fica no bairro Portão.

De acordo com a Polícia Civil, o policial de plantão foi até a carceragem para retirar mantimentos das detentas. Neste momento, as presas dominaram o policial, o agrediram e fugiram. Ele sofreu escoriações, mas passa bem.

17 presas fugiram do 8º D.P. de Curitiba neste sábado (30)  (Foto: Carolina Wolf/RPC)
17 presas fugiram do 8º D.P. de Curitiba neste sábado (30) (Foto: Carolina Wolf/RPC)

Antes da fuga, que aconteceu por volta das 15h, a delegacia estava com 38 detentas. A capacidade no 8º D.P., segundo a Polícia Civil, é para 20 presas.

O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) foi acionado para realizar as buscas. Até a publicação desta reportagem, nenhuma presa havia sido recapturada.

8º D.P. fica no bairro Portão (Foto: Carolina Wolf/RPC)
8º D.P. fica no bairro Portão (Foto: Carolina Wolf/RPC)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Presos fazem buraco na parede e fogem da Cadeia Pública de Guarapuava

Dez presos fugiram da Cadeia Pública de Guarapuava, na região sul do Paraná, por volta das 5h deste sábado (30), depois de fazer um buraco na parede da carceragem, segundo o Departamento Penitenciário (Depen) do estado.

A movimentação dos presos foi flagrada pela equipe de plantão, que chamou reforço policial.

O Depen informou que dois presos foram recapturados ainda nos arredores da cadeira. Por volta das 19h30, outro detento foi recapturado. Sete continuavam foragidos.

Cadeia Pública de Guarapuava (Foto: Giovan Valiati/RPC)
Cadeia Pública de Guarapuava (Foto: Giovan Valiati/RPC)

Ainda de acordo com o Depen, o buraco na carceragem já foi reparado. Um procedimento administrativo será aberto para apurar o caso.

A Cadeia Pública foi projetada para 166 presos e, atualmente, abriga 336.

Sábado é o dia de visitas de familiares aos presos. Apesar da fuga, as visitas não foram canceladas.

Presos fazem buraco na parede e fogem da Cadeia Pública de Guarapuava (Foto: Giovan Valiati/RPC)
Presos fazem buraco na parede e fogem da Cadeia Pública de Guarapuava (Foto: Giovan Valiati/RPC

Fonte: G1
Leia Mais ››

Criminosos explodem caixas eletrônicos e trocam tiros com a polícia em Alumínio

Criminosos armados trocaram tiros com policiais após atacarem uma agência bancária em Alumínio (SP), na madrugada deste sábado (30). A suspeita é de que cinco homens participaram da ação e explodiram dois caixas eletrônicos, segundo a Polícia Militar.

Ainda conforme a corporação, o grupo conseguiu levar cerca de R$ 50 mil. Durante a fuga, os ladrões trocaram tiros com uma viatura da PM de Mairinque. Ninguém ficou ferido.

Grupo explode caixas eletrônicos e troca tiros com a polícia em Alumínio (Foto: Polícia Militar/Divulgação)
Grupo explode caixas eletrônicos e troca tiros com a polícia em Alumínio (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Com a explosão, os vidros da agência ficaram quebrados e parte do forro cedeu. Os suspeitos conseguiram fugir e ainda não foram identificados, segundo a polícia.

Em nota, o Santander confirmou o roubo ocorrido na agência de Alumínio e acrescentou que "está colaborando com as investigações policiais".

Tentativa de assalto foi na madrugada deste sábado (30) (Foto: Arquivo pessoal/Marcos Pereira da Silva)

Durante a fuga, o grupo entrou em confronto com os policiais (Foto: Arquivo pessoal/Marcos Pereira da Silva)
Durante a fuga, o grupo entrou em confronto com os policiais (Foto: Arquivo pessoal/Marcos Pereira da Silva)

Fonte: G1
Leia Mais ››

Governo do Congo corta internet e serviço de SMS antes de protestos agendados

O presidente da República Democrática do Congo, Joseph Kabila, durante discurso na ONU em 25 de setembro de 2014 (Foto: Reuters/Lucas Jackson/File Photo)O governo da República Democrática do Congo ordenou que os serviços de telecomunicações do país cortassem a internet e os serviços de SMS do país antes dos protestos contra o governo marcados para domingo, 31.

"É uma medida de segurança de Estado em resposta a violência que está sendo preparada. O governo tem o dever de tomar as medidas para proteger a vida do povo do Congo", declarou o Ministro das telecomunicações Emery Okundji.

Ativistas católicos organizaram protestos nas maiores cidade do país para o domingo, 31, para exigir que o presidente Joseph Kabila se comprometa a não mudar a consituição para tentar um terceiro mandato e que libere presos políticos.

Pela constituição do Congo, Kabila teria que deixar o cargo em dezembro de 2016, quando seu mandato acabou, mas uma eleição para substituí-lo foi adiada diversas vezes e está agendada para dezembro de 2018.

Okunji mandou uma carta para o provedores de internet e serviços de telefonia e SMS por volta das 18h (horário local) na capital, Kinshasa, até que novas ordens fossem enviadas. Apesar do aviso, alguns usuários ainda tinham acesso mais de duas horas depois do decreto.

As autoridades do Congo proibiram os protestos de domingo, que foram apoiados pela maiorias do líderes de oposição, e avisaram que aglomerações com mais de cinco pessoas serão dispersadas.

Fonte: G1
Leia Mais ››