RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

segunda-feira, abril 17, 2017

América-MG e Cruzeiro fazem jogo disputado e empatam na primeira semifinal: 1 a 1


Com um público modesto no Independência, América-MG e Cruzeiro entraram em campo, neste domingo, para os primeiros 90 minutos da semifinal do Campeonato Mineiro. Na casa americana, foi mesmo o Coelho que criou as melhores chances. Parou em Rafael e na falta de capricho nas finalizações, e conseguiu fazer apenas um gol, com Messias. O Cruzeiro, por sua vez, desgastado pela sequência de jogos decisivos, também só marcou uma vez, com Thiago Neves, e manteve a vantagem na disputa. Por ter feito melhor campanha na primeira fase, joga a segunda partida, no Mineirão, com a vantagem do empate. Em caso de vitória de um dos lados, o vencedor pega Atlético-MG ou URT na final.

PRIMEIRO TEMPO
O Cruzeiro iniciou a partida com mais ímpeto ofensivo que o América-MG. Com a marcação adiantada, a Raposa pressionou o Coelho nos primeiros minutos. Logo depois, porém, o jogo se equilibrou, e o time da casa teve as melhores chances de sair na frente. Renan Oliveira e Blanco ficaram cara a cara com Rafael, mas desperdiçaram. O Cruzeiro teve boas oportunidades arriscando de longe - principalmente em um belo chute de Thiago Neves, que obrigou João Ricardo a fazer boa defesa. A marcação forte foi a marca do jogo. Bem postadas, as duas defesas fechavam bem os espaços do adversário, enquanto os ataques não conseguiram superar o bloqueio. Resultado: o placar parcial do fim do primeiro tempo foi mesmo o empate sem gols.


SEGUNDO TEMPO
Nos primeiros 15 minutos da etapa final, os times pouco criaram situações reais de perigo. Aos 16, porém, em um lance de bola parada, a defesa do Cruzeiro vacilou, e Messias aproveitou e abriu o placar. O time de Mano Menezes partiu para cima para empatar, e o jogo ganhou em emoção. O gol da igualdade, inclusive, não demorou para sair. Aos 22, Diogo Barbosa recebeu de Ariel Cabral e cruzou rasteiro para Thiago Neves. Debaixo das traves, como um centroavante, ele empurrou e guardou: 1 a 1. Daí para frente, os dois treinadores mexeram e procuraram alternativas para vencer o jogo. Ábila, por exemplo, entrou para tentar marcar o gol da vitória celeste. Não saiu. O Coelho ainda teve duas excelentes chances nos últimos minutos, mas Rafael apareceu bem mais uma vez e garantiu o empate. A decisão ficou mesmo para o segundo jogo, no Mineirão.


GARANTIU O RESULTADO
O goleiro Rafael, fazendo uma excelente temporada pelo Cruzeiro até aqui, apareceu bem mais uma vez no duelo contra o América-MG. Com exceção do lance do gol americano, quando a defesa toda vacilou e deixou a bola atravessar a área e encontrar o pé de Messias, o camisa 12 foi muito bem sempre que solicitado. Duas defesas foram as mais importantes: a primeira em uma finalização de Gustavo Blanco, no primeiro tempo, em um chute muito próximo ao gol. Rafael demonstrou bom reflexo e espalmou para escanteio. A segunda foi no último lance do jogo. O América-MG levantou uma bola na área em um lance de lateral, Mike desviou de cabeça, e o goleiro foi buscar em mais uma bela defesa, garantindo o empate e a vantagem celeste para o jogo decisivo.


DESTAQUE AMERICANO
O volante Gustavo Blanco tem se mostrado uma grata surpresa para o América-MG. Contratado por empréstimo junto ao Bahia, o jogador de 22 anos fez mais um excelente jogo. Além de dar conta do recado na marcação, Blanco apareceu com frequência no ataque, colaborou com a criação de jogadas e quase marcou o gol da vitória. Aos 45 do segundo tempo, surgiu como um atacante na área e desviou de cabeça, buscando o canto de Rafael. A bola saiu tirando tinta da trave, mas a atuação do garoto merece ser ressaltada.


Fonte: Globo Esporte

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!