RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

terça-feira, julho 25, 2017

Família de bióloga morta em acidente na BA envolvendo Liedson diz que processará ex-jogador por alta velocidade

Bióloga Viviane Magalhães Andrade morreu em acidente envolvendo o ex-jogador Liedson (Foto: Reprodução/TV Bahia)A família da bióloga Viviane Magalhães Andrade, de 33 anos, que morreu após o carro que dirigia ser atingido pelo veículo do ex-jogador Liedson, na BA-887, perto da cidade de Valença, na Bahia, deve entrar com um processo na Justiça contra o ex-atleta. Outra ação deve ser movida contra montadora do carro de Viviane, porque, segundo o advogado dos parentes da vítima, os airbags não foram acionados no momento do acidente.
Viviane, que morava com os familiares no bairro da Boca do Rio, era a caçula de três irmãos. Ela dirigia o veículo no momento da batida. O marido dela, Daniel Porto Cabral, também estava no carro, mas sobreviveu. Ele ainda não chegou a ser ouvido pela polícia, por estar bastante abalado, assim como os demais familiares.
"Todos os elementos colhidos com a outra vítima, que é o esposo de Viviane, levam a crer que houve uma ultrapassagem indevida com um excesso de velocidade por parte do jogador. E a perícia vai confirmar isso", destacou o advogado Diego Benevides.
O inquérito que investiga o caso, realizado pela delegacia de Valença, deve ficar pronto em um prazo de 30 dias. Nesta terça-feira (25), será realizada a missa de sétimo dia da morte da bióloga.

Os familiares afirmaram que Viviane estava esperando o primeiro filho e aguardam que o laudo do Departamento de Polícia Técnica (DPT) confirme a gravidez. "Encontramos um teste de farmácia que ela fez e que deu resultado positivo. Ela já estava se preparando para engravidar", disse a prima da bióloga, Mariana Pinto.
Muito abalado, o marido da vítima preferiu não falar sobre o acidente. Para os familiares, agora, restam apenas as lembranças. "Ela era uma pessoa doce, que gostava de beijar. Não tinha uma pessoa que ela não beijasse. Beijava todos, todos. De meu pai, que não é de muitos abraços, ela conseguia arrancar sorrisos e abraços", diz Larissa Andrade, irmã de Viviane.

Ex-jogador nega culpa

Liedson prestou depoimento e negou que tivesse culpa no acidente e contou que foi surpreendido pela vítima. (Foto: Reprodução/ TV Bahia)
Liedson prestou depoimento e negou que tivesse culpa no acidente e contou que foi surpreendido pela vítima. (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

O ex-jogador Liedson foi interrogado pela Polícia Civil da Bahia nesta segunda-feira (24). Ele foi ouvido na sede da 5ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin), em Valença, cinco dias após ter o interrogatório adiado por estar abalado por conta do ocorrido.
A informação foi confirmada ao G1 pelo delegado José Raimundo, titular da unidade. O acidente ocorreu no dia 18 de julho. De acordo com o delegado, o ex-jogador contou que passava na rodovia por volta das 10h quando foi surpreendido pela vítima, que segundo ele saiu de uma estrada vicinal e entrou na principal rapidamente.

"Liedson disse que avistou ela tentando entrar na rodovia, mas como sabia que a passagem era preferencial para ele, não parou. Ele disse que confiou que ela esperaria ele passar, mas ela não parou. Ele disse que ela entrou rapidamente na pista e que ele tentou tirar o carro dele da direção do dela, mas não conseguiu e bateu na lateral do carro. Ele disse que ele estava a 90 km/h", contou o delegado.
Segundo José Raimundo, Liedson contou ainda que, após o acidente, saiu do carro onde viajava com a mulher e prestou socorro à vítima e ao marido dela.
"Liedson contou que, depois que bateu o carro, o airbag abriu e o carro saiu da pista. O veículo foi parar em um pasto. Ele tirou o cinto de segurança com a mulher dele e, juntos, saíram do carro pela porta do motorista, porque o lado do carro onde ela estava não abriu. Ele disse que foram para a rodovia para ver o que havia acontecido e encontraram o marido da vítima tentando acordá-la, na pista. O Liedson disse que tentou chamar o Samu [Serviço Móvel de Urgência], mas a ligação não completou e ele pediu a outra pessoa. Ele levou a mulher [dele] para uma clínica ortopédica, mas um advogado ficou acompanhando a vítima [motorista que morreu]", contou.
Segundo o delegado, o ex-jogador foi liberado após o interrogatório, e os relatos dele foram anexados ao inquérito policial que apura o acidente. Segundo o delegado, o marido da vítima também seria interrogado nesta segunda-feira, mas não conseguiu, porque ainda está abalado. Outras testemunhas devem ser ouvidas ainda nesta semana.
Segundo a polícia, Liedson pode ser indiciado por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Caso

Carro de Liedson bateu na lateral do veículo dirigido por Viviane, em Valença, na Bahia (Foto: Reprodução/ TV Bahia)
Carro de Liedson bateu na lateral do veículo dirigido por Viviane, em Valença, na Bahia (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

A colisão causou a morte de Viviane Magalhães de Andrade, de 34 anos, e deixou o marido da vítima, Liedson e a mulher dele com ferimentos leves. A BA-887, onde houve o acidente, liga a sede do município de Valença à praia do Guaibim, no Baixo Sul da Bahia.
A vítima chegou a ser socorrida para a Santa Casa de Misericórdia de Valença, onde morreu. Segundo a polícia, testemunhas disseram, no local do acidente, que Viviane teria feito uma manobra imprudente ao cruzar em uma rotatória, batendo no veículo de Liedson, que estava na faixa preferencial.
A polícia informou ainda que o ex-jogador passou por exame toxicológico e não tinha ingerido bebida alcoólica.
O ex-jogador tem 39 anos, é natural de Cairu e, desde que encerrou a carreira, mora no Guaibim – ambas no Baixo Sul baiano. Ele começou a jogar profissionalmente na cidade baiana de Poções e posteriormente atuou no Flamengo, Corinthians, Sporting, Porto, entre outros times.

Viviane chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução/ TV Bahia)
Viviane chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu aos ferimentos (Foto: Reprodução/ TV Bahia)

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!