RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quarta-feira, julho 19, 2017

Justiça desportiva confirma Sport campeão pernambucano de 2017

Decisão unânime: TJD-PE ratificou título do Sport por 8 votos a 0

O Tribunal de Justiça Desportiva de Pernambuco (TJD-PE) confirmou o Sport como campeão estadual de 2017, em julgamento realizado na noite desta terça-feira (18), em Recife. A decisão foi unânime.

Por oito votos a zero, os auditores julgaram improcedente o recurso de Luciano, goleiro do Salgueiro, que havia pedido o cancelamento da partida de volta, marcada pela anulação polêmica de um gol do time do interior do estado. Ele alegava que o árbitro assistente estava mal posicionado quando deu saída de bola em cobrança de escanteio.

No último dia 6, o presidente em exercício do TJD-PE, Vitor Freitas Andrade Vieira, ordenara a Federação Pernambucana de Futebol a não homologar o resultado da decisão, Salgueiro 0 x 1 Sport, realizada no dia 28 de junho. Na primeira partida, as equipes empataram em 1 a 1, na Ilha do Retiro.

Desde então, o resultado da final estava sob suspensão. Nesta terça, porém, a maioria absoluta do colegiado decidiu ratificar o título estadual do Sport.

A polêmica

Aos 24 minutos do segundo tempo da partida de volta da final do Pernambucano, quando o jogo ainda estava empatado em zero, o Salgueiro abriu o placar contra o Sport após cobrança de escanteio. O bandeirinha, no entanto, deu saída de bola na cobrança do tiro de canto. 

Em dúvida, a equipe de arbitragem acionou o recurso de vídeo, operado pelo experiente Péricles Bassols, que deixou recentemente o quadro da Fifa. Após minutos de paralisação, o juiz confirmou a marcação do assistente, anulando o gol do Salgueiro.

No fim da partida, o Sport anotou seu gol, conquistando o taça em Salgueiro. Poucos dias depois, o goleiro reserva do time sertanejo, Luciano, entrou com ação pedindo anulação da partida. Daí em diante, a decisão foi parar no Tribunal. 

Fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!