RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

sexta-feira, agosto 11, 2017

Mossoroense que estava desaparecido foi encontrado morto e enterrado em matagal no interior do Ceará


Em menos de 24 horas do achado do corpo de Gulamar Targino de Oliveira "Galego de Mossoró", que estava desaparecido desde o dia 5 desse mês, a Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá, desvenda o crime, prende um suspeito e identifica outro comparsa. 

Conforme o Delegado Regional, Dr. Marcos Vinicius, o cobrador de crediários de uma firma de Mossoró, no Rio Grande do Norte, foi dado como desaparecido no último sábado, 05 de agosto. A vítima estava fazendo cobranças em sua motocicleta na zona rural do Município de Ibaretama, onde foi vítima de latrocínio.

Acrescenta o delegado que a vítima deixou de dar notícias aos seus familiares, que usaram as redes sociais para fazer apela para localiza-la. A motocicleta do cobrador também desapareceu. Com as investigações, dois nomes foram apontados como executores do crime, o popular João Marcílio de Melo que foi preso nesta quinta feira (10),e outro que por enquanto a polícia não pode passar maiores detalhes. 

O inspetor David, Thiago e sua equipe se deslocaram até a localidade de Pedra e Cal, em Ibaretama, lá chegando, conseguiram identificar os possíveis autores do crime. Ao perceberam a presença da polícia, eles fugiram para a mata. Os agentes ficaram durante toda a quarta-feira, 09, na localidade. 

Pela manhã de hoje, 10, a equipe caiu em campo e receberam informações de possíveis locais onde o corpo poderia estar. A motocicleta de Marcilio já estava com algumas peças da moto da vítima, como aro, pneus, assim, a polícia não tem dúvida de sua autoria. 

Policiais civis e populares perceberam um aglomerado de matos e ao retirarem, começaram a cavar, encontrando o corpo enterrado. 

De acordo com Polícia Civil, o trabalhador teve a sua motocicleta roubada e não satisfeitos com o roubo, os criminosos mataram o rapaz e de forma cruel, eles ainda enterram o cadáver em um matagal. 

Mais uma vez, a equipe da Polícia Civil de Quixadá desvenda um crime bárbaro em poucas horas, recebendo ainda mais a confiança depositada pela população, que pode colaborar fazendo denúncias.


João Marcílio de Melo um dos suspeitos do crime já está preso 

Fonte: Fim da Linha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!