RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

quarta-feira, agosto 09, 2017

Polícia atira em veículo após perseguição na Bélgica

Esquadrão antibomba é chamado para revistar carro em que polícia disparou após perseguição nesta terça-feira (8) (Foto: REUTERS/Francois Lenoir)A polícia atirou em um veículo após perseguição em alta velocidade em Molenbeek, na região de Bruxelas, na Bélgica, nesta terça-feira (8), de acordo com a Associated Press. O motorista disse aos policiais que transportava explosivos dentro do carro. De acordo com as primeiras informações, o veículo tinha placa da Alemanha.
Após interceptarem o veículo, as autoridades afirmaram que a denúncia era falsa e que não foram encontrados explosivos. O motorista não estava armado e parecia "mentalmente instável", segundo a agência Reuters.
O site belga RTBF, citando a agência de notícias Belga, diz se tratar de um homem nascido em Ruanda em 1981, que viveu na Bélgica até 2009, ano em que se mudou para a Alemanha. Ele não era conhecido pela polícia e apresentou um comportamento "desequilibrado" ao ser detido, com um discurso "incoerente".
A porta-voz do procurador de Bruxelas, Ine Van Wymersch, disse à Associated Press que a polícia fez um disparo contra o carro. "Quando eles tiraram a pessoa [do carro], ele imediatamente disse que havia explosivos dentro", afirmou Van Wymersch. Segundo ela, o homem estava sozinho e ninguém ficou ferido.
Especialistas em eliminação de bombas foram chamados ao local, e a polícia isolou a área. Algumas pessoas ficaram trancadas no comércio local como precaução. Segundo a porta-voz da polícia de Bruxelas, Dorothee Cattrysse, entre 400 e 500 pessoas ficaram mantidas em lojas.
Bruxelas está em alerta desde que 32 pessoas foram mortas em ataques suicidas em 206. Muitos suspeitos ligados a esses ataques, e ao de novembro de 2015 em Paris, moravam ou costumavam transitar por Molenbeek.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!