RÁDIO CIDADE AO VIVO

Ouça pela Rádios Net ou clique na imagem abaixo

Ouça pelo Listen 2 My Rádio ou clique na imagem abaixo

Imagem relacionada
Loading ...

sexta-feira, agosto 04, 2017

Primeira Dama saí em favor do município e afirma desequilíbrio da oposição.

Diante da certidão apresenta pelos vereadores Gildo Pinheiro e Arivan Brasil, atestando que os mesmos não pediram a demissão dos funcionários público, a Primeira Dama, Jaíra Martins descreve a atitude dos vereadores, nas redes sociais, como cegos e perdidos, se perdendo em suas próprias palavras, primeiro por lançarem nota a população itauense totalmente desconexa com a denúncia feita por eles ao Ministério Público, retrocedendo a um episódio do ano passado, cujas lembranças não são nada agradáveis para eles próprios, remetendo a população a lembranças de erros e tropeços de um grupo totalmente descontrolado, atirando contra o próprio pé, atitude sendo repetida a cada nova ação que os vereadores tentam enfraquecer a administração municipal, em vão.

De acordo com a Primeira Dama “A oposição parece mais perdida que cego em tiroteio. O que diz não se escreve e tenta mudar os fatos para encobrir a verdadeira realidade. Ontem (02) soltaram uma nota dizendo que fizeram a denúncia no Ministério Público, depois, vem com uma certidão tentando maliciosamente justificar que inexistia qualquer denúncia quanto a rescisão dos contratos e espalharam por toda cidade, mais uma vez tentando enganar o povo. Só que pra decepção deles, o próprio Ministério Público, logo em seguida, emitiu uma certidão atestando a denúncia deles quanto a contratação dos funcionários e ao  pedido de providências.
Depois dessa denúncia, como informado pela prefeitura em nota, o Ministério Público apresentou promoção pedindo as providências, tudo isso, com base na denúncia dos vereadores”. Disparou Jaíra pedindo para que os cidadãos vejam as fotos e definam quem falta com a verdade.




Através das imagens chamando a atenção para a determinação do saneamento do Processo, ou seja, a providência tomada pelo Ministério Público, a fim de eliminar os vícios, irregularidades ou nulidades processuais e preparar o processo para receber a sentença; diante da questão tão pedida pelos vereadores, podendo confirmar o ato de ludibriar a população no item 3 da promoção:

3) Quais são as funções públicas desempenhadas, qual a quantidade de contratos temporários, quem são os titulares cujos contratos irregulares se pretende rescindir com a correspondente substituição por concursados, quando foram celebrados os respectivos contratos e sucessivas renovações.


Arlindo Maia da Redação do Cidade News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é muito importante para nós, comente essa matéria!